681818171876702
Loading...

Padre Fábio Melo criticou a idolatria à Maria, largou os católicos e se bandeou para o lado dos crentes?


REDAÇÃO

O disse-me-disse acerca do Padre Fábio de Melo está alvoraçando os católicos e os crentes na internet. Muitos dão como certa a saída litigiosa do padre da TV Canção Nova e até a sua debandada para o lado dos protestantes! 

Alguns sites católicos o acusam de heresia, juntamente com o padre Joãozinho, por suposta defesa da doutrina luterana da “consubstanciação”, referente a Eucaristia - significando acreditar que o corpo e sangue de Cristo continuam pão e vinho mesmo após a consagração- em contraposição à ortodoxia católica na doutrina da TRANSUBSTANCIAÇÃO, em pleno vigor na ICAR  desde o Concílio de Trento.  A “notícia” é velha e já foi negada  (AQUI) em declaração feita por padre Joãozinho em nome dos dois sacerdotes, contudo, nas redes sociais, de tempos em tempos, o boato ganha força, como é o caso presente.

A nova “heresia” atribuída ao Padre Fábio de Melo é a critica veemente ao marianismo, à idolatria e ao afastamento de certos arraiais católicos do Evangelho do Reino e da centralidade de Jesus Cristo. Para Melo, muitos católicos são cativos de falsas doutrinas, idolatria vazia que não salva pessoa.

O estopim foi aceso pelos crentes nas redes sociais


Some-se a polêmica anterior referente a Eucaristia, ao já conhecido criticismo de Melo em questões relacionadas ao apego da Igreja ao dinheiro e à religiosidade vazia com mais o recente vídeo e está criado o clima que para muitos católicos, em especial os mais conservadores antevejam o rompimento do padre com a Santa Madre Igreja.

Ainda bem que os evangélicos não são idólatras!

Genizah conversou com alguns interlocutores católicos privilegiados e o consenso é que a polêmica em relação ao padre Melo é artificial. Pura especulação. O sacerdote, sempre defendeu as ideias expostas no vídeo a seguir, o que já lhe rendeu antagonismo público com o outro padre-estrela, o padre Marcelo Rossi, um marianista apaixonado, saltitante incentivador de idolatria aeróbica religiosa. 

O fato é que existe mesmo um segmento representativo entre os católicos que denuncia a idolatria e se apoia na doutrina da salvação pela fé. Católicos muito felizes com declaração conjunta que a Igreja Romana e os luteranos firmaram a alguns anos. (Leia aqui a declaração conjunta da ICAR e Igreja Luterana no site do Vaticano ). Contudo, não há nada que indique que esta aproximação em relação a doutrina da Graça, indique qualquer concessão da ICAR acerca da doutrina da Eucaristia.

Já em relação ao marianismo, embora muito distante do impulso dado ao movimento por João Paulo II, o papa Francisco já deu sinais de sua grande devoção ao papel superlativo da grande intercessora, “mãe de Deus”. 

Papa Francisco apalpando imagem de Maria

A reação dos crentes nas redes sociais

O alvoroço principal na rede está entre os católicos, contudo, tudo indica que foram  os crentes que jogaram gasolina neste fogo enfurecendo católicos e acalorando o debate.

O mais interessante, e surpreendente, é a reação diversificada dos crentes às "notícias" nas redes sociais. Há desde  "glóriadeus" e "babilônia_se_rendeu", aos céticos e desconfiados, não esquecendo dos teóricos da conspiração e daqueles que já confessam simpatia pelo padre e revelando possuir CDs do sacerdote-bonitão. Será que irão trocar o Malafaia pelo ex-padre e futuro pastor galã?

Jesus é todo Amor e paciência...

Assista o vídeo do polêmica do pastor (Ops!) padre Melo:







Petição,  Desagravo e apoio

(ATUALIZAÇÃO 24/O2)

Uma petição pública no site AVAAZ endereçada a Emissora Canção Nova já está circulando nas redes sociais pedindo o afastamento do Padre Fábio de Melo do Programa Direção Espiritual.

Uma das razões, seria o vídeo acima, e que rapidamente se tornou popular nas redes sociais. Suas declarações que não chegam a dois minutos, atingem em cheio um dos dogmas da Igreja Católica e motivo de divisão há séculos entre católicos e evangélicos.

A petição acusa o padre Fábio Melo de heresia e rebeldia.

Até o fechamento desta matéria a referida petição contava com poucas  adesões e parece ser mais um factoide explorado nas redes sociais do que o fruto de um movimento real de desapreço ao padre. A despeito da grande polêmica, o padre conta com a admiração de seus irmãos católicos e não há muita gente disposta a lhe fazer este desagravo público. Já entre os evangélicos, é notável o apoio dado ao padre em suas recentes declarações e não são raras as manifestações positivas e de incentivo a Fábio Melo. Em resumo, o padre Fábio Melo segue "bem na fita".



Padre Fábio Melo querendo virar evangélico por Genizah






 

religião 5824962703933984148

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail