681818171876702
Loading...

A GALINHA PINTADINHA E A PARANOIA


Ciro Sanches Zibordi

Uma pessoa me procurou para falar dos "perigos" da Galinha Pintadinha. Ela me disse que havia várias mensagens subliminares nos aparentemente inofensivos desenhos animados. Perguntei-lhe: Em qual desenho não existe alguma forma de mensagem subliminar? Se analisarmos cada desenho animado, encontraremos algum tipo de influência. Lembra-se do Popeye, cujo objetivo era aumentar a venda de espinafre?

Mas a pessoa me questionou quanto à origem do aludido desenho, dizendo que ele tem ligação com o culto a deuses estranhos e que o simples fato de assisti-lo traz maldição para o lar cristão. Pensei um pouco e lhe perguntei: "Você conhece a origem, o étimo, da palavra 'lar'? E ela me respondeu: "Não". Então, lhe disse: "Os gregos cultuavam muitas divindades e acreditavam que as famílias eram protegidas por vários deuses, conhecidos como 'lares'. E daí derivou a nossa palavra 'lar'".

Apesar dessa origem, ligada aos deuses, não nos preocuparmos com uso do termo "lar" e até usamo-lo em conexão com "cristão", não é mesmo? Penso, sinceramente, que os pais cristãos devem ser mais zelosos — ensinando os filhos no caminho em que devem andar (Provérbios 22.6; Deuteronômio 6.6,7) — e menos paranóicos.


Do perfil de Ciro Sanches Zibordi no Facebook




Comportamento 6387674759877811437

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail