681818171876702
Loading...

Falso Profeta Yossef Akiva



Sobre este falso profeta:

1) Ele não é judeu, seu nome é José Marcelo e há boatos não confirmados (busquem no google) envolvendo-o em falcatruas das mais grossas na última igreja que pertenceu. Nem sempre se fantasiou de judeu hassídico. E que fique claro que, tendo eu parentes judeus não estou aqui de forma alguma a desrespeitar meus irmãos, ao contrário, acho que as atitudes e doutrinas deste estelionatário são um grande desrespeito para cristãos e para judeus, no mesmo grau de ofensa. Ele adotou outro nome - registrado em cartório - com o objetivo de manter seu negócio religioso escuso.

2) Por que se fantasiar de hassidico? Sim. Fantasia e de segunda, se fosse hassídico teria levado uns pegas do rabino, pois há muitas coisas erradas em seu traje.

3) Este falso profeta prega um judaísmo que nunca existiu. Nunca Israel construiu arcas e arquinhas, exceto aquela que o Senhor mandou, que não era para ser tocada e tão pouco construída novamente, quando a Sua vontade Impar a levou para o esquecimento.

4) Este usurpador vende em sua empresa cópias baratas de diversos objetos do templo. Um absurdo sem tamanho, heresia para cristãos e judeus, em alguns casos, e acaba influenciando outros idólatras.

5) Judeu, pero no mucho. O bilau cortado o moço não tem e não corta, mas em compensação abriu uma fábrica de arcas e outros artefatos esdrúxulos para gospel trouxa comprar. Agora o novo empreendimento é uma confecção de kipá.

6) Meu irmão, minha irmã, kipá ou solidéu, o chapeuzinho que os judeus modernos usam em cerimônias em respeito a presença de Deus, desta forma que se vê hoje é coisa do século XVIII-XIX. Na idade média, e só na idade média, no intuito de se diferenciar dos cristãos (*), um ou outro grupo judeu isolado cobria a cabeça em ocasiões raras. Não era doutrina universal. Na verdade, no tempo de Cristo nem havia tal hábito! Em grupo algum! A origem da tradição MODERNA do uso do kipá é controversa. O kipá é citado no Talmude, não na Torá, portanto não está na Bíblia. Mesmo no Talmude o contexto é uma recomendação para crianças em certas cerimônias. Alguns dizem que a origem da cobertura da cabeça decorre do ÚNICO judeu que cobria a cabeça no Antigo Testamento em cerimônias, o Supremo Sacerdote ao entrar no Santo dos Santos.

Irmãos, com todo o respeito aos judeus, nós somos cristãos, pois aceitamos Cristo como Salvador e os judeus ainda esperam o seu Messias.

Jesus na Cruz rasgou o véu, inutilizou o templo e o supremo sacerdócio de um homem. Jesus é o nosso advogado, por Ele vamos direto a Santa Presença de Deus. Nada mais nos separa do Amor de Deus.

Um cristão que usa kipá está a declarar que não tem a Cristo. Está a se separar de Deus. Volta no tempo e abandona a Aliança em Cristo. Está a declarar, com este ato, que Jesus não mais, com Seu sangue, justifica nossa presença diante de Deus.

Se o kipá é para nos separar em respeito a Deus, o que fez Jesus na cruz? Somos DIGNOS irmãos! Somos dignos da Santa Presença de Deus. Podemos nos apresentar ao Senhor sem coberturas de homem ou de pano, pois estamos COBERTOS PELO SANGUE DE JESUS!

Não idolatramos templos, não mais precisamos nos separar com chapéus, altares, tendas e chupás. Não precisamos tocar shofar para o Messias vir! Ele já veio! E nem Jesus ou nenhum apóstolo nos mandou tocar shofar para a apressar a Sua volta! Chega de heresia irmãos!



Sobre este vídeo revoltante:










Eu não vou perder muito tempo discutindo o tsunami de heresias apresentadas por este falso profeta neste vídeo. Vou me limitar a dois pontos: O primeiro, sugestão do Pr. Marcelo Oliveira e trata do emprego equivocado da expressão "shekináh". Leia o artigo do autor sobre o tema neste link. O segundo aspecto, comento a seguir e se refere ao que foi dito os 04:30 minutos do vídeo anexo. Ali, este enganador diz o seguinte após falar a língua dos demônios:

- Eu não vou segurar o Espirito Santo não.

- Eu vou deixar, eu vou deixar...

- Eu vou deixar Deus trabalhar aqui...

- Eu vou deixar Deus arrebatar crente aqui!

- Eu vou deixar, eu vou deixar!

- Se preparem para ver o Senhor. Os céus vão se abrir nesta noite.

Meus irmãos. Estas declarações são das maiores heresias já proferidas em uma igreja. Nem mesmo lúcifer em toda a sua sordidez, mentira e trevas foi capaz de proferir tamanha declaração de infâmia e soberba – ao menos relatada nas Sagradas Escrituras.

Quem é este anti-cristo que tem a audácia de PERMITIR, DEIXAR, SEGURAR o Espirito Santo de Deus?! Este homem está morto e quer arrastar a todos os que o assistem para o inferno junto com ele.

Quem vocês conhecem que pode dizer ser capaz de permitir ou não permitir Deus fazer o que quer que seja?

Irmãos pastores, teólogos, seria este o famoso pecado sem perdão?

Este homem insinua apresentar “deus” ao recinto. Coloca-se como arauto de Sua Santa presença! Senhores e Senhoras: Eis aqui “deus”. Entre “deus”. E “deus” entra e obedece ao camarada, tal qual uma entidade adestrada de centro de macumba!!?

Yossef Akiva quer fazer, como se faz na macumba, “tocar para “deus” baixar e bater para “deus” subir”!!!

Malditos sejam os organizadores deste evento odioso de Gideões que tem permitido a entrada na Igreja de tanto vento de doutrina e dado voz a todo tipo de falso profeta. Malditos sejam!






(*) Então o cristão tolo que usa kipá quer se diferenciar dos cristãos, não quer ser assimilado, portanto está negando Cristo! "Errais não conhecendo as Escrituras.." Mateus 22:27.











 

Heresias 7254765167857332082

Postar um comentário

Início item
Instagram


Siga por e-mail