681818171876702
Loading...

Tem evangélico que dá medo...


Hoje encontrei uma matéria triste no Genizah. Na verdade, dado o objetivo do site, sempre há algo triste para se ler. Talvez isso cause desconforto entre alguns, já que fazer apologia para dentro do Corpo, ou seja, denunciar os erros dos próprios evangélicos, sempre causa alguma dor. Dizer a um evangélico que ele errou é como lhe falar mal da mãe, pois parece que nos sentimos dotados de algum tipo de infabilidade quase papal. Mas, tenho uma matéria bem especifica em mente. Genizah publicou uma foto medonha, na qual um grupo de adolescentes evangélicos aparece zombando de um presépio. Essa foto, que parece tão piedosa em seu intento, me fala de ignorância, intolerância e presunção.



Primeiro a presunção. No céu não haverá apenas cristãos, me parece que na mentalidade dos evangélicos as ruas celestiais serão povoadas apenas pelos evangélicos e, em muitos casos, por evangélicos denominacionais. Não basta ser cristão, é preciso ser evangélico; porém, ser apenas evangélico não é suficiente, para ter mais chances, é necessário ser evangélico de certo tipo. Qual tipo? Alguns parecem imaginar que o céu será dos assembleianos, dos batistas, outros que será exclusivo para os reformados... Essa mentalidade denominacionalista é perversa. Em primeiro lugar perverte o cristianismo. Em segundo lugar nos torna monstros. O personagem principal do livro Os Fantoches de Deus, de Morris West, chega à conclusão de que era demasiadamente duro ao julgar os outros cristãos, e mais propenso à caridade quando se deparava com erros em sua “família religiosa” (ele, no caso, um católico romano piedoso). É um risco que corremos, de achar que nossa tradição nos faz melhores que os outros, e assim confundimos as nossas tradições com a essência mesma do Cristianismo. Pode até ser que nossas tradições denominacionais sejam melhores, mais adequadas, ou até mesmo mais bíblicas. Porém, isso não nos faz melhores que nossos semelhantes. Não importa o quanto nossa tradição é bela, ou bíblica, continuamos sendo pecadores carentes da Graça de Deus, como todos os demais. Somos salvos pelas nossas tradições (pentecostalismo, credobatismo, salmodia exclusiva, etc), ou pela fé em Nosso Senhor Jesus Cristo?

Depois vem a ignorância e a intolerância. Essas duas andam quase sempre juntas. E, juntas, podem levar ao fanatismo. Para mim, um fanático é alguém cego, exceto para ver suas próprias qualidades, ou as qualidades de sua ideologia, sejam elas reais ou imaginadas. Por outro lado, o fanático é incapaz de ver os seus próprios erros, sempre arrumando alguma desculpa piedosa para seus deslizes e abusos (que certos evangélicos famosos não me deixem mentir, risos).

Recentemente tenho dedicado boa parte do meu pouco tempo ‘livre’ para colocar na rede uma TV online, que denominamos Basileia Tv. ‘Basileia’ é um nome muito apropriado, pois no grego significa “o reino”. O objetivo do nosso ministério é promover o reino, seja através da nossa pregação, evangelismo, ou no que fazemos na internet. Sendo um calvinista, alguém já questionou como eu poderia transmitir musicas de ‘pentecostal’, ou mesmo com algumas letras ‘arminianas’? Ou ainda pior: sendo um evangélico, como eu posso ter colocado na grade musical um ou duas musicas ‘católicas’? Minha resposta é bem simples, e não espero que todos concordem comigo: o Reino de Deus não pertence aos calvinistas, reformados e evangélicos. O Reino de Deus pertence aos cristãos. Em outras palavras, antes de ser calvinista, antes de ser anglicano, antes de ser reformado, sou um Cristão; antes das minhas tradições pessoais, Cristo! Evidentemente eu me guio por certos limites, mas isso não me faz cego para aquilo que há de belo nas outras tradições cristãs, mesmo que eu não concorde inteiramente com elas.

Por falar em presépio, no Natal passado, eu passei muitos minutos contemplando um maravilhoso presépio que foi montado em frente à Catedral da Sé, em São Paulo. Era um presépio maravilhoso, não só pelo tamanho, mas pelo material de que foi feito: papel reciclado. Ali, no coração de São Paulo, onde todos os dias a gente se depara com prostitutas, drogados, trombadinhas, e os ‘shows’ mais bizarros, por alguns dias, quase todos os olhares voltaram-se para a mensagem da Graça. Não me importa se aquele cenário da Graça foi montado por um católico romano, admirei o simples fato de ele estar ali, e de estar comovendo as pessoas. No entanto, boa parte dos evangélicos com os quais convivo, não apenas pareciam desejar que o tal presépio fosse consumido pelas chamas da Ira de Deus, como também desdenhavam aberta e publicamente da própria celebração do Natal! São em momentos assim que, apesar de saber que não há nada de errado com o termo, faço questão de dizer que “não sou evangélico”.

Entretanto, esse tipo de mentalidade bairrista não existe apenas em círculos pentecostais ou neo-pentecostais. Vejo isso por todos os lados. Dias desses, num debate teológico numa rede social, me surpreendi quando um “reformado” escreveu para um líder anglicano: “Cara, primeiro você vai tirar esse ídolo do seu perfil, arrepender-se de sua idolatria, para só depois eu conversar com você!”. Vejam, o “reformado” recusa-se a responder aos argumentos do outro, pelo simples fato de que este usava em seu perfil uma representação de Cristo usando um computador da Apple! A imagem, apenas uma representação artística e bem humorada, foi automaticamente identificada pelo outro como “ídolo” e “idolatria”! Isso é pura e simples cegueira! O fariseu sequer se deu ao trabalho de pesquisar o que é um “ídolo”, e muito menos o que caracteriza “idolatria”. Ele apenas viu uma representação de Cristo, e uma ira fanática o impeliu a gritar: Ídolo! Idolatria!

Eu gostaria de escrever tantas coisas a vocês! Termino com duas observações: não defendo aquilo que muitos chamam de “ecumenismo”, no sentido de unir todas as Igrejas, e deixando de lado a apologética, e a defesa da fé. Não se trata disso. Não quer dizer que eu não ‘brigue’ com católicos romanos, ou com arminiamos, sobre este ou aquele ponto de vista teológico. Que quer dizer então? Apenas isso: que apesar de nossas diferenças, a Salvação é pela Graça de Deus, ela é um dom imerecido, o que torna impossível sermos salvos por nossas opiniões e tradições! E tão importante quanto isso é dedicarmos algum tempo a conhecer melhor a história da Igreja, e a nossa surpreendente variedade e diversidade.

Parece-me estranho ver alguns pentecostais imaginando que o Cristianismo nasceu em Azuza Street, e alguns outros pensarem que isso de seu em Genebra... Amigos, nossa religião nasceu no primeiro presépio da História, com personagens de carne e osso, num casebre humilde em Belém. Hoje, quando vejo um presépio, com Jose, Jesus, os Magos e a Virgem, não sou tomado por qualquer impulso idolatra! Apenas olho e penso: Graça Maravilhosa, porque o Verbo se fez carne, e fez morada entre nós!



Marcelo Lemos, editor do Olhar Reformado, líder da Comunidade Anglicana Carisma, e colaborador do Genizah.




Intolerância 4749933837730350458

Postar um comentário

  1. Irmão, não gostei do seu texto, só pelo começo. Ora, se os cristãos reformados não são os que herdarão o céu, então como sabermos? Os cristãos reformados para mim, eram aqueles que voltaram às escrituras. Como é possível um salvo viver em um lugar onde impera a idolatria descarada, como o catolicismo, com seus dogmas contraditórios à palavra de Deus. Como é possível crer que alguém que está em uma igreja que fere os princípios básicos da palavra de Deus possa ser salvo. Ou se vive nas trevas ou na luz, ou se crê na bíblia por completo, ou não se crê...o morno Deus vomita.

    Não há como onde habitar Cristo, habitar belial.

    Nós todos sabemos da lama (que fere a doutrina da salvação) que vive a igreja católica e muitas outras denominações.

    Por que acreditar que há algo de bom em alguém continuar lá?

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente Maravilhoso !!!

    Infelizmente grande parcela do cristãos não sabem o verdadeiro significado da graça de Deus.

    ResponderExcluir
  3. Falou e disse...Muito Bom, sem mais comentários.

    ResponderExcluir
  4. Somos salvo pela fé, mas pela fé verdadeia, que é dom de Deus. Como é possível que uma pessoa salva continue nas doutrinas demoniacas do Catolicismo. Como é possível crer no papa, na hóstia, no batismo de crianças, na oração aos mortos, como, me diga?

    E se alguém não crê nessas coisas - que não são apenas questão de opinião, como a predestinação, os usos e costumes, o púlpito de vidro ou o de madeira - como poderá querer continuar lá?

    Fala sério, então não devo evangelizar um católico e orar para que saia dessa religião? Deveria ao contrário orar para que seja salvo, mesmo que permaneça lá. Mas e o fruto da salvação, que fará com que o camarada saia de lá.

    Esse texto está horrível e muito confuso.

    Cristão é o nome que damos para quem veio para luz, embora saibamos que existe joio.

    ResponderExcluir
  5. Pensamentos, apenas pensamento, mas as escrituras separam um povo, a igreja, e igreja é aquela que permanece na palavra. A igreja católica é muito parecida com a igreja de Laodiceia, não adianta, morno Deus vomita, se alguém se converte ao evangelho, deve sair de lá. Não é possível servir a Deus e continuar em uma igreja que pregue batismo de crianças, materialização do corpo de cristo na hóstia, oração aos mortos, adoração de ídolos, etc.

    Não adianta querer vir com texto filosófico tão absurdo como este. Ora, devemos defender nossas convicções.

    Quanto a sua TV, se não concorda com hinos pentecostais, músicas católicas, etc. não deveria colocar lá, deveria defender sua fé, agradar a Deus não aos homens.

    ResponderExcluir
  6. Eu me converti do catolicismo e vc vem querer dizer que se é possível continuar lá e ser salvo? Pra tras de mim.

    ResponderExcluir
  7. Imagina Paulo, chegando ao Areópago e chamando aquele povo todo de herege e dizendo que eles iam arder no fogo do inferno… Credo!

    Ele, no entanto, optou pela diplomacia. Preferiu dizer que eles eram um povo religioso e aproveitou esta característica para falar do "Deus Desconhecido".

    Sinceramente, tem certas passagens da Bíblia que parecem passar despercebidas por certos cristãos, como se nem existissem. Lamentável.

    ResponderExcluir
  8. Não geralizando, mas dentro desse contexto... se o poder do mundo todo estivesse nas mãos dos evangélicos, o amor seria banido da terra e cumpriria se o que fora dito em Mateus 24:12. Deus é muito inteligente... eu O admiro muito e sei que estamos muito longe de viver o que é o evangelho de Jesus Cristo. Nesse sentido... eu lamento!

    ResponderExcluir
  9. Irmão do "Olhar reformado", primeiro vc coloca que no céu não haverá apenas cristãos, isso dá a entender que pessoas com qualquer outra fé podem ser salvas sem antes se converterem ao cristianismo bíblico. No decorrer do texto vc escreve que o Reino de Deus pertence aos cristãos. Isso me gera um nó no cérebro. Os cristãos citados antes não são os que são citados depois? Então vc deveria escrever "cristãos nominais" no início.

    É possível que um católico atual, com o acesso à palavra de Deus, seja salvo sem se converter ao evangelho de Cristo? E uma vez convertido conseguirá continuar em uma instituição mariólatra, que ora pelos mortos, que batiza crianças, que prega a materialização do corpo de Cisto na ceia, que faz pedidos aos mortos, que conduz multidões ao inferno?

    Se é possível, penso que este "católico" deverá se sentir como um peixe fora da água.

    Outra, ao ler a bíblia, percebi que aqueles que tiveram a mesma fé na pregação dos apóstolos sempre acabavam se reunindo, daí surgiu o cristianismo puro.

    O seu texto mostra uma graça sem compromisso, uma graça que abraça o vil pecador sem o transformar.

    Concordo que muitos padres tem excelentes ideias, mas isso não basta para a salvação. É necessário crer em Jesus como Senhor e pregar e viver a verdadeira palavra, características do salvo.

    ResponderExcluir
  10. como uma seita que deturpa tanto a palavra de Deus, com seus dogmas e tradições humanas, pode ser considerada cristã?. sai dela povo meu, vai se converter marcelo lemos.

    ResponderExcluir
  11. É irmão, mas vc tem que concordar que a graça de Deus nos faz deixar certas tradições humanas e nos apegar a palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  12. Sou católico e entro aqui por minha conta e risco! Por isso quero dizer aos xiitas "evangélicos" que comentaram o post(que se dariam muito bem em meio aos muçulmanos mais fanáticos): Foi assim que o Amor transformou vocês? É isso que é ser evangélico? Pelos frutos se conhece, mesmo, a árvore!

    ResponderExcluir
  13. Irmão Marcelo.

    Texto bom, que nos leva a refletir muito sobre a vida cristã. Vou copiá-lo para colocar no mural da minha igreja ok?

    Forte abraço,

    Rilda

    ResponderExcluir
  14. Caraca, o Reginaldo desceu a ripa. Gosto muito do Genizah, mas eu tenho que concordar com o Reginaldo em algumas coisas. Quem vive com Cristo tem uma nova vida! Está livre da idolatria. Não compactua de jeito nenhum com ídolos e demônios. Sou Sertanejo de berço e ainda moro no Sertão e vejo o que o Catolicismo faz com as pessoas de perto. Pessoas totalmente fechadas ao Evangelho Genuíno de Jesus Cristo. Pessoas adorando e se encurvando a postes ídolos. Vão lá no Juazeiro pra vocês confirmarem!!!! Sem mais.

    Apesar do texto, ainda continuo admirando o Genizah e tenho aprendido muito com este site!!!!!!!

    Espero compreensão do meu texto!

    ResponderExcluir
  15. Excelente texto.
    Quando entendemos o significado da palavra GRAÇA não saimos por aí condenando todos ao inferno só porque não pertence a nossa denominação ou porque não compartilha do nosso ponto de vista ou da nossa doutrina.
    Jesus nos ensina a amar aos inimigos e orar pelos que nos perseguem, quanto mais amar e orar por aqueles que confessam a Cristo como o Salvador, embora haja divergência doutrinária entre nós!
    Creiam-me, a graça é muito mais abrangente do que imagina a nossa vã filosofia e credo!

    ResponderExcluir
  16. Se o conceito de graça colocado neste texto estiver correto, então podemos afirmar, que não apenas católicos romanos serão salvos, mas também espíritas, testemunhas de jeová (a letra minúscula é proposital, pois sei que o jeová deles não é o das Escrituras), mórmons, enfim, qualquer forma de fé que afirme Jesus como Salvador. Será que não estamos abrindo demais a porta da graça (Mt.7:13,14)? Jesus é apenas Salvador ou Ele veio para ser Senhor e Salvador? Se Ele é Senhor, como é possível amar mais tradições humanas do que a Sua Palavra? Se a graça não é poder para nos libertar do pecado (Rm.6:1,2), então o que é graça? O que é regeneração ou novo nascimento?
    Espero que textos como este possam abrir os nossos olhos para percebermos o declínio de nossa fé e nossa inclinação para tornarmos popular o que Jesus falou que seria a razão para que o mundo nos odiasse.

    ResponderExcluir
  17. O Q TÁ FALTANDO PRA ESSE POVO É CONHECER A VERDADE..FALTA PRA MUITOS CRENTES SABEDORIA..É PREFERIVEL E AGRADAVEL AOS OLHOS DE DEUS,SE MUITOS EM VEZ DE ZOMBAR,PREGAÇEM O EVANGELHO,CONFORME A PALAVRA DE DEUS..CONCORDO COM O REGINALDO..

    ResponderExcluir
  18. Excelente! Não há o que acrescentar... Deus o abençoe!

    ResponderExcluir
  19. vc nos dá medo reginaldo kkkk

    ResponderExcluir
  20. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. Mateus 7:20

    A Igreja Católica é a maior organização de caridade do planeta, para citar apenas um exemplo, Madre Tereza de Calcutá foi a responsável pela fundação de mais de 700 hospitais de caridade mundo afora. (confira os índicadores da ONU)

    A Igreja Católica educa mais crianças do que qualquer outra instituição escolar ou religiosa, em alguns países como o Suriname a educação infantil é praticamente toda provida pela Igreja.

    O método científico e as leis da evidência foram desenvolvidas pela Igreja Católica, que também fundou o Sistema Universitário.

    Graças aos monges escribas da Igreja Católica a Bíblia chegou até nossos dias, assim como a maior parte do conhecimento do passado da humanidade.

    O papa é o sucessor de Pedro, Jesus, Ele próprio, fundamentou a Igreja visível, quando disse a Pedro: "tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja". E por mais de 2000 anos, nós temos uma linha ininterrupta de pastores guiando a Igreja Católica com amor e verdade.

    A hóstia, do latim vítima, significa a maior vítima da agressão humana:

    ... Isto é o meu corpo que é dado por vós; fazei isto em memória de mim. 1 Coríntios 11:23-24

    Porque, sempre que comerem deste pão e beberem deste cálice, vocês anunciam a morte do Senhor até que ele venha. Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpado de pecar contra o corpo e o sangue do Senhor. 1 Coríntios 11:26-27

    O falso testemunho que ofende os cristãos católicos, ortodoxos, cóptas, siríacos... xingando-os de idólatras não é novo, na obra chamada Octavius, publicado no ano 197 d.C., o pagão Caecilius Natalis acusa os cristãos:

    IX ..."Alguns dizem que adoram a virília de seus bispos e sacerdotes... a suspeita é aplicável aos rituais secretos e noturnos... suas cerimônias de um homem punido... na madeira mortal da cruz... se apropriam dos altares e dedicam aos homens condenados e fracos, para que possam adorar o que merecem." ...

    XXIX "Vocês, de fato, que consagram deuses de madeira, adoram cruzes de madeira, talvez como partes de seus deuses... Seus vitoriosos troféus não apenas imitam a aparência de uma simples cruz, mas também a de um homem pregado nela."

    No Alcorão os cristãos também são chamados de idólatras por causa de seus ícones:

    2.135 . Disseram: Sede judeus ou cristãos, que estareis bem iluminados. Responde-lhes: Qual! Seguimos o credo de Abraão, o monoteísta, que jamais se contou entre os idólatras.

    Não pretendo convencer os fanáticos, para eles nenhum argumento é válido, mas para nós que vivemos a fé no dia a dia, sabemos que não somos idólatras, para nós nenhum argumento é necessário.

    ResponderExcluir
  21. Quando levantam falso testemunho contra a Igreja Católica se esquecem que as outras Igrejas irmãs, todas anteriores a reforma protestante, compartilham as mesmas crenças e tradições, todas elas, a Igreja Católica, as Igrejas Ortodoxas, a Igreja Cópta, a Igreja Siríaca, a Igreja Armênia, todas essas Igrejas estão empenhadas na restauração da unidade dos cristãos, para que o mundo conheça e creia no Evangelho:

    "Minha oração não é apenas por eles. Rogo também por aqueles que crerão em mim, por meio da mensagem deles,

    para que todos sejam um,

    Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.

    João 17:20-21

    ResponderExcluir
  22. REGINALDO;

    O problema com a tua opinião é que elas nos faz salvos por um tipo de perfeição inatingivel, e não
    exclusivamente pela graça de Deus. Observe, primeiro vc diz que a salvação pertence aos reformados. Em seguida, disse
    que a salvação é apenas dos credobatistas, pois crer no pedobatismo é heresia. NO entanto, os reformados eram PEDOBATISTAS,
    somente muitoas anos depois surgiriam os ANA-batistas, e o resto é história. E isso é apenas uma ponta do enorme ICEBERG...

    Devemos evangelizar os católicos, e a nós mesmos. Ninguém é bom o bastante que não precise ser, dia apos dia, evangelizado.

    Quanto as musicas que publico, como disse, me guio por certos limites, mas não exijo perfeição de ninguém; assim, mesmo que alguém fale algo que não aceito inteiramente,
    se não incorre em heresia contra os Credos da Igreja indivisa, respeito.

    Graça e Paz

    ResponderExcluir
  23. CRISTÃO CONVICTO;

    Acredito que você não compreendeu a ironia da minha fala. O que fiz foi ironizar a idéia de que no ceu não haverá apenas cristãos, mas apenas evangélicos -
    que é um sentimento sectário muito comum em nossas comunidades. Nunca sugeri, nem de longe, que um não cristão possa ser salvo.

    MARCOS ANDRÉ;

    O irmão parece ter sido afetado pelo mesmo problema do CRISTÃO CONVICTO, pois imaginou, sabe-lá, porque, que eu pregue algum tipo de Universalismo, o que nunca fiz. Meu texto de se refere apenas, e exclusivamente,
    a relação entre cristãos.

    Depois você pergunta se é possível amar a Cristo assim como amamos nossas tradições, ou mais a eles. Esse é o ponto. Nâo podemos fazer isso. Cristo está acima de nossas tradições, e se isso é verdade, não devemos fazer delas
    o padrão de verdade, de juízo divino, etc.

    ResponderExcluir
  24. Para o evangélico é fácil chutar a santa, na Bíblia deles não existe:

    Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada. Provérbios 31:30

    Até os mulçumanos tratam melhor a mãe do salvador, no Alcorão diz:

    19 Explicou-lhe: Sou tão-somente o mensageiro do teu Senhor, para agraciar-te com um filho imaculado.(877) 20 Disse-lhe: Como poderei ter um filho, se nenhum homem me tocou e jamais deixei de ser casta? 21 Disse-lhe: Assim será, porque teu Senhor disse: Isso Me é fácil! E faremos disso um sinal para os homens, e será uma prova de Nossa misericórdia(878). E foi uma ordem inexorável.(879)
    22 E quando concebeu, retirou-se, com um rebento a um lugar afastado(880).
    Máriam 19

    Até os muçulmanos têm devoção por Maria e a chamam de Imaculada, e é considerada, por alguns sufis (mulçumanos que mantém comunhão perfeita
    com Allah), a Mãe-Sabedoria, a mãe da Profecia e de todos os Profetas; por isso o Islã a chama de siddigah (a sincera), identificando-a com a
    Sabedoria, com a Santidade, com a Sinceridade e com a total concordância à Verdade.

    Note o contraste entre muçulmanos e protestantes, lembre-se da profecia de Nossa Senhora:

    Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações, (Lucas 1, 48)

    É um contrate muito grande, os protestantes nunca se referem a Maria, para eles ela é uma espécia de criatura amaldiçoada, não ousam pronunciar o nome dela, a não ser, em debates com católicos quando é pra tentar diminuí-la, transformando-a não numa mãe, mas sim, numa encubadora humana, quando é pra insinuar que o único pecado de Jesus foi não honrar pai e mãe, só eles não cumprem a profecia: "

    todas as gerações me proclamarão bem-aventurada",

    eles fazem justamente o contrário, seus chutes a proclamam amaldiçoada, pra eles Maria, a primeira cristã, é sinônimo de idolatria, não serve de exemplo pra sermão nos púlpitos, é satanismo, pior que Jezabel.

    ResponderExcluir
  25. Você falou, falou, falou e NÃO DISSE NADA!

    Este seu post mostra e prova o quanto você está se tornando tolerante!

    Não me admiro se algum dia você postar aqui que acha "aceitável" ter imagens "simbólicas" dentro dos templos evangélicos, pois são apenas para relembrar os acontecimentos, não é?

    É triste ver cada vez mais cristãos aceitando o sincretismo religioso. Achando normal o ecumenismo.

    Me responda uma coisa: Qual seria a atitude de JESUS CRISTO (sim, Ele mesmo) ao se deparar com um presepio pessoalmente? Faria igual você?

    ResponderExcluir
  26. Marcelo, os legalistas não te entenderão. Eles gostam de regular o céu...

    Mas fique tranquilo pois certamente o Deus de toda a Misericórdia te entende... Ele é que sonda o coração de cada um de nós e entende nossas ações, o porquê delas... É o Deus que "deseja que todos sejam salvos"...

    Infelizmente, nem todos serão, pois há quem faça escolhas que certamente não conduzem ao céu, como fazer um grande mal ao próximo. Mas creio que aqueles que, dentro dos conhecimentos que possuem, esforçam-se sempre por fazer o bem serão "salvos".

    E estendo as cercas do céu para além dos limites do cristianismo...

    Que me "condene" (?!) quem quiser, mas acho que um espírita que pratica caridade está muito mais próximo de Deus do que um crente que sabe a bíblia de cor mas não faz nada de útil pra humanidade.

    Acredito que Deus veja além dos rótulos, mas talvez eu esteja enganado.

    ResponderExcluir
  27. Gostei do texto muito bom mesmo, a religiosidade presunçosa foi atacada por Jesus porque era algo sem vida e estereotipada, acho até relevante essas discussões, mais quer saber mesmo o que penso, as pessoas são do contra por ser mesmo, é aquela mentalidade de torcida de futebol, quando Jesus falava do reino para publicanos , pecadores , fariseus, escribas, herodianos, saduceus, samaritanos ou quem quer que fosse, a mensagem era sempre a mesma amar a Deus e o próximo como a ti mesmo ,nunca mudou , nunca se adaptou ao contexto religioso ou social das pessoas. Eu sei que logo vira um religioso trolar minha opinião, dizendo que a verdade é isso e aquilo, mais quer saber, a cada dia ligo menos pra isso. fica na paz "

    ResponderExcluir
  28. É cada coisa!!! 2000 anos de Igreja Santa e Católica, onde Jesus nesses 20 séculcos fez maravilhas com seus eleitos, vide Santo Agostinho, Santo Tomás de Aquino, São Francisco de Assim, Santo Atanásio etc...

    Me parece na face da terra os protestantes todos com a mesma bíblia na mão e criando uma divisão sem fim, que é o PIOR pecado da humanidade e nós que não seremos salvos???Somos nós que não seguimos a bíblia sendo que foi pela tradição da Igreja e num concílio católico que foram escolhidos os livros da bíblia, agora querem aceitar o fruto e negar a árvore? De bíblia vcs estão 1000 anos atrasados.E se suas interpretações são melhores, se vcs seguem mais a bíblia do que nós, pq em 2000 anos cremos na mesma coisa e vcs em 500 anos creem em coisas totalmente oposta umas das outras????Não tem uma trave enorme aí nos seus olhos não?? Quem realmente segue a verdade de Nosso Senhor, a mesma verdade há dois mil anos ou várias doutrinas opostas entre si?? Aff!

    A divisão que os protestantes criaram no cristianismo, obra do demonio, lendo o que é pior a mesma bíblia a qual o canon sagrado foi escolhido no concílio católico, só produz Malafaia, Edir Macedo, Waldomiro, RR Soares etc...juntando todos não chegam aos pés do Magno João Paulo II...E nós que não seremos salvos??

    Reginaldo vc acha que o Jesus começou a salvar e está salvando há dois mil anos ou começou com sua "igreja"????

    As portas do inferno nunca prevaleceu contra a Igreja do Senhor e isso há dois mil anos.Nunca essa Igreja Santa fundada por Jesus ensinou o erro.Nunca.Agora se vc diz que ela ensinou o erro, pela sua leitura da bíblia enviesada, prefiro crer na promessa de Jesus do que em vc!

    ResponderExcluir
  29. so falto eles da um chute na imagem kkkkk
    misericordia,

    devemos ter sabedoria para ganhar as almas presas a idolatria e nao fazer isso, esse tipo de comportamento cria uma certa rivalidade entre cristaos e catolicos isso e ceerto,

    cada dia que passa uma novidade eronia aprece em nosso meio para nos entristeser (maranata)

    ResponderExcluir
  30. Reginaldo, Cristão Convicto.

    O texto está abordando a atitude dessa turma adolescente, algo que uma cristão verdadeiro jamais faria, pois Jesus nunca teria uma atitude como a da imagem do post, pelo contrário ele desceria a ripa nesses religiosos = evangélicos que é diferente de cristãos verdadeiros.

    ResponderExcluir
  31. "O amor que nos faz um, o amor que se revela..." (Palavra Antiga) está bem distante de nós que nos intitulamos Cristãos, sendo que na verdade deveríamos nos intitular "Pedrãos, Paulãos ou até Davisãos...rs... vejo muito fundamentalismo e reprodução barata que diverge totalmente da vontade de Deus... Tenho tido asco disso tudo! Cristo é a verdade e o caminho, nele se revela o verdadeiro amor de Deus não há parcialidade prometida como fora feito a Israel... Crer e segui-Lo... isso envolve muita coisa... preparo, estudo, dedicação... o nosso problema como igreja (digo: organismo vivo - corpo) é que não formamos igreja (dá trabalho!), temos formado povo, um povo moribundo comedor de qualquer coisa (principalmente material)... Trago essa responsabilidade para todos que se dizem Cristãos. Ide e pregai, FAZEI DISCIPULOS BATIZANDO EM NOME DO PAI, FILHO E ESPIRITO SANTO.

    ResponderExcluir
  32. Me perdoe...o sangue esfriou...hehehe...eu achei o texto meio confuso, sei lá, deu a entender que a graça de Deus abraçaria alguém que viveria no meio da idolatria, oração pelos mortos, batismo de crianças, etc,etc,etc. Não desacredito dos bens que a igreja católica tem feito, mas perdoem-me, os maçons, os espíritas, entre outros grupos, têm realizado grandes feitos na sociedade também...e nós sabemos que não se é pelas obras que somos salvos.

    O perfeccionismo não é nosso objetivo aqui, nunca o alcançaríamos mesmo, concordo, mas os frutos da fé têm que existir não tem? É como escreveu outro aí, se alguém verdadeiramente se converte a Cristo, estando no catolicismo, ou sai de lá, ou vai viver uma angústia por muitas das coisas que lá acontece, e ficará desmotivado em incentivar outros a frequentarem a igreja.

    Só me responda uma dúvida Marcos Lemos...é possível alguém salvo continuar no catolicismo, mesmo depois de Cristo lhe abrir o entendimento?

    ResponderExcluir
  33. E falo do catolicismo de agora, não dos tempos passados, antes de igrejas de doutrina bíblica surgirem.

    ResponderExcluir
  34. nossa e mesmo apos esse belo testos as pessoas ainda continuam achando que só os "evangelicos" vao ser salvos .

    nao me espantaria nada Jesus voltasse e levasse todos os outros com ele mas deixa-se pra traz todos os evangelicos.

    nos tempos de jesus oq ele fazia mesmo ?? se sentava no meio de pecadores é mesmo .

    aposto que se jesus fizer isso hoje os "evangelicos" (grande parte) vao condena-lo por isso .

    ResponderExcluir
  35. Belo texto, a maioria dos crentes acha que o espirito de Deus é restrito a sua denominação e sua instituição, fazendo assim deles uns alienados.....

    ResponderExcluir
  36. Ícone ou ídolo?
    E disse o SENHOR a Moisés: Faze-te uma serpente ardente, e põe-na sobre uma haste; e será que viverá todo o que, tendo sido picado, olhar para ela. Números 21:7-8

    Ícone ou ídolo?
    Farás também dois querubins de ouro; de ouro batido os farás, nas duas extremidades do propiciatório. Êxodo 25:18

    Veneração ou adoração?
    Vendo-o, pois, os filhos dos profetas que estavam defronte em Jericó, disseram: O espírito de Elias repousa sobre Eliseu. E vieram-lhe ao encontro, e se prostraram diante dele em terra. 2 Reis 2:15

    Veneração ou adoração?
    Depois teve outro sonho e o contou aos seus irmãos: "Tive outro sonho, e desta vez o sol, a lua e onze estrelas se curvavam diante de mim". Gênesis 37:9

    Santo no céu não ora?
    E a fumaça do incenso subiu com as orações dos santos desde a mão do anjo até diante de Deus. Apocalipse 8:4

    Morreu acabou?
    Ora, Deus não é Deus de mortos, mas de vivos; porque para ele vivem todos. Lucas 20:38

    Os evangélicos são especialistas nas Sagradas Escrituras, são mestres da Bíblia, doutores da Lei?

    ResponderExcluir
  37. ESSE TAL DE "CANSEI" CATÓLICO AÍ TÁ ME PARECENDO FAKE DE UMA PESSOA BEM "CONHECIDA" E QUE DEPOIS DE LEVAR TANTA PAULADA DE BÍBLIA AQUI, POR QUE VINHA COM TEXTOS FORA DO CONTEXTO, NÃO COMENTOU MAIS.
    UM TAL ALEXANDRE, PÓS EVANGÉLICO, CATÓLICO.

    SERÁ VOCÊ MESMO, OU SE É OUTRO, PORQUE NÃO DÁ AS CARAS E DIZ SEU NOME?

    AMANDA LOPES - RIO DE JANEIRO

    ResponderExcluir
  38. Somos um pelos laços do amor27 de janeiro de 2012 15:13

    Ao invés de dizer:

    Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. Mateus 7:20

    Jesus deveria ter dito:

    Portanto, pela sua fé os conhecereis. ?

    O evangélico merece a graça pois tem fé? O católico e o espírita merecem a graça pois tem obras?

    As obras são um efeito da graça mesmo para aqueles que não conhecem explicitamente a fé, pois a fé também é um dom de Deus, a graça é um presente imerecido, se a fé também não for um dom então a graça é para os que merecem pois têm fé, ou então, dos que merecem pois têm obras.

    Se Deus privar alguém da graça e da fé, ou somente da graça, ou somente da fé, mesmo assim, esse alguém deve procurar servi-lo neste mundo, e esperar em sua misericórdia para o agora e para o além túmulo.

    Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras. Tiago 2:18

    Que façam bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente, e sejam comunicáveis;
    Que entesourem para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a vida eterna.
    1 Timóteo 6:18-19

    ResponderExcluir
  39. De tanto levar flechada do teu olhar27 de janeiro de 2012 15:17

    DEPOIS DE LEVAR TANTA PAULADA DE BÍBLIA...

    A religião sem amor leva adultos a se comportarem como meninos de rua, que falam como meninos de rua e não como adultos na fé.

    ResponderExcluir
  40. Antes eu tinha essa cabeça lavada de crente quando eu era da Deus é amor e só via idolatria no catolicismo. Mas desde que me aproximei de um amigo luterano, tenho perdido esses preconceitos e já não vejo problema algum em representações santas de imagens, desde que não as cultuem, claro.

    Lembro que tive um nó na cabeça quando fui à casa desse amigo e vi um crucifixo na parede... Nossa, demorei demais até acreditar que ele não era católico.

    E ele também me mostrou um elogios que Lutero fez à Virgem Maria! E tinha de outros caras da reforma também, acho que era do Calvino. Foi como se meu mundo caísse ao chão. Ele me explicou que as influências norte americanas evangélicas que chegam ao Brasil são carregadas de anticatolicismo, mas que os reformadores não consideravam a ICAR toda ruim, apenas achavam que ela devia ser REFORMADA, não DEMOLIDA. E me falou da reverência e respeito que devemos ter à mãe de Jesus, e que isso não é idolatria.

    Há críticas muito boas a se fazer ao catolicismo, como a questão do papado. Mas discutir sobre a simples questão de se ter uma imagem pra mim é tão baixo nível...

    Que Deus abra o entendimento de todos nós.
    Eu demorei pra aprender a separar as coisas, leva um tempo mesmo...

    ResponderExcluir
  41. Marcelo Lemos, me desculpe, errei seu nome, mas me responda, preciso entender seu ponto de vista, não o entendi.

    Uma vez que a graça de Cristo alcança uma pessoa, ela consegue permanecer na igreja católica, em paz com essa igreja que já foi a igreja de Deus no passado, mas que hoje escraviza homens e mulheres com seus rituais, com seu batismo de crianças, com suas orações aos mortos, com sua idolatria? Essa pessoa alcançada pela graça poderia viver em acordo com essas coisas? Me faça entender isso, porque eu sai da igreja católica, aprendendo que todos aqueles rituais estavam longe de Deus.

    Reconheço que na igreja evangélica de hoje temos heresias, e coisas que não fazem o menor sentido, mas também dizer que quem está na igreja católica pode estar salvo, proclamando a fé católica, é muito pra minha cabecinha.

    Por favor, leve em conta minhas considerações, sei que na sua igreja, a anglicana, temos algumas vestes, algumas coisas parecidas com o catolicismo romano, mas pelo que sei vcs prezam pelas sagradas escrituras, coisa que os padres e líderes católicos não fazem, não abordam a palavra no todo, e têm rituais que detonam com a fé salvífica.

    Enfim, que Deus abençoe a igreja católica e faça com que seus líderes voltem ao verdadeiro amor, ao evangelho de Cristo.

    ResponderExcluir
  42. Reginaldo escreveu:" em paz com essa igreja que já foi a igreja de Deus no passado"

    Meu amigo se essa Igreja foi de Deus no passado sempre será, ou vc acha que o inferno prevaleceu contra a Igreja e Martinho Lutero a salvou???

    Antes de Martinho Lutero uma única Igreja e depois várias igrejas com doutrinas contraditórias.Serás tão cego?

    O batismo de criança os cristão praticavam nos primeiros séculos.Oraçãos pelos mortos os cristãos praticaram nos primeiros séculos.Pedir a intercessãos dos santos os cristãos praticavam nos primeiros séculos.Receber o verdadeiro corpo e sangue de Jesus os cristãos praticavam nos primeiros séculos.

    Somente a fé, não tinha nos primeiros séculos.Somente a bíblia sem a tradição não tinha nos primeiros séculos, divisão não tinha nos primeiros séculos.

    Dá pra vc explicar qual é a doutrina de sempre e a doutrina criada por homens?

    A Igreja pode deixar de ser de Deus em algum momento????

    E se ela deixar de ser de Deus algum homem na face dessa terra por salvá-la?

    ResponderExcluir
  43. Ao anônimo, a igreja católica não é de toda ruim, como não é de toda ruim a macumbaria, o espiritismo, o budismo, o alcoorão, etc, etc, etc, etc, etc, etc, etc,. Daqui a pouco vai ter gente aqui pregando o ecumenismo na cara dura, dizendo que é a graça de Deus.

    ResponderExcluir
  44. REGINALDO;
    Primeiro, eu compreendo a sua repulsa ao Catolicismo Romano. É algo comum no evangelicalismo brasileiro, até por motivos históricos. Quando os protestantes chegaram ao Brasil, encontraram um País cuja religião oficial era a de Roma. Nós, anglicanos, fomos os ó primeiros, e só tinhamos direito legal de pregar aos próprios ingleses. Houve perseguições, e até mártires. Não foi algo fácil, e deliberadamente os evangelicais que aqui aportaram fizeram questão de se diferenciarem dos cristãos romanos. Neste curso, até mesmo a cruz, que em outros país é aceita até mesmo pelos pentecostais, foi colocada de lado... Aqui os neopentecostais prestaram um grande serviço a Igreja Evangélica Brasileira, ao reintroduzirem nosso símbolo maior. As roupas clericais também foram quase completamente abandonadas. Enfim, foi algo deliberado.

    Segundo, que aquilo que fizemos como uma medida de cautela, acabou transformando-se em uma tradição e, hoje, transformamos em DOGMA. De modo que, por exemplo, pelo fato de eu usar uma cruz, um colarinho clerical, ou mesmo uma alva e tipete, já me faz ser classificado pela maioria dos evangélicos com sendo CATÓLICO ROMANO. Na verdade, as nossas vestes [anglicanas] não TEM NADA HAVER com as veste romanas, mas, o sentimento anti-Roma é tão forte, que as pessoas sequer se dão trabalho de compreenderem o tema.

    Terceiro, me parece que o anti-romanismo arraigado em nossa tradição, impede que vejamos tudo de bom que está ocorrendo na Igreja de Roma; mesmo que as mudanças ali operadas estejam se dando POR INFLUENCIA NOSSA, os Reformados. Sim, nós influenciamos tanto a Igreja de Roma, que católicos tradicionalistas já reclamam de que a Igreja de Roma está se protestantizando. Claro, do nosso ponto de vista, ainda falta muito, mas olhando friamente, sem os olhos da inimizade, podemos ver o quanto de avanço houve.

    Quarto, é possível ser católico romano e ser salvo? O problema com essa pergunta é que ela supõe que é preciso não ser católico romano para ser salvo. Neste caso, equivale a dizer que dos dias de Constantino até os dias de Calvino, ninguém foi salvo. Se levar ao pé da letra, nem lutero foi salvo, nem boa parte dos luteranos. Lutero acreditava na Virgindade de Maria, Calvino não dogmatizava o assunto... Lutero jamais rejeitou o uso meramente artistico da arte sacra, nem os anglicanos (exceto pelos puritanos mais radicais). Agora, se alguém é idolatra, não será salvo. Você está coberto de razão. E por isso devemos pregar contra as práticas romanas, pois elas favorecem a idolatria entre as pessoas mais simples. Contudo, precisamos ser justos, e admitir que se alguém compreende corretamente a doutrina de Roma, saberá que não deve idolatrar um santo, e que não há poderes em uma imagem, e que os santos não podem fazer nada por si mesmos... Claro, repito, diversas superstições romanas facilitam a idolatria, e muitos padres, provavelmente para não perderem membros, são omissos e covardes não denunciando abertamente as aberrações de sua membresia!!!!

    Mas, se o que eu coloquei acima é verdade, e penso que é, então, dizer que um católico romano vai ir ao inferno pelo simples fato de ser romano é coisa temerária e altamente questionável. Eu diria que, dada a impureza de sua tradição, maior facilidade tem de se perderem, pois a mensagem do Evangelho pode ser obscurecida; contudo, não significa que ali inexista uma multidão de salvos.

    De seu conservo;
    Marcelo Lemos
    Comunidade Anglicana Carisma, Zona Leste de São Paulo.

    ResponderExcluir
  45. uma mentira falada vinte vezes vira verdade , imagine sendo falada mais ou menos por 1700 anos,agora imagino se a inquisiscao nao tivesse acabado ....
    fora ficarao os ,afeminados os idolatras....
    gente pra que descutir o que esta escrito ?

    ResponderExcluir
  46. Prezado Marcelo Lemos, sua resposta ao REGINALDO são palavras inspiradas, não tenho dúvida. Inspiradas pelo Espírito de Amor, conhecido também por Espírito Santo. Não aquele falso espírito que faz rodopiarem alguns incautos que se dizem seguidores de Jesus, e o máximo que conseguem é fazer barulho. Mas o Espírito da Verdade. Eu, que andava em dúvidas acerca de muitas coisas no Cristianismo, percebo que nem tudo está perdido. Que Deus o abençoe, e que continues sempre a ser Profeta, com "P" maiúsculo, aquele que não tem medo de proclamar a verdade, doa a quem doer.

    ResponderExcluir
  47. Nenhum de nós merece o Céu28 de janeiro de 2012 00:17

    Nos países protestantes não havia perseguição contra católicos? A Ku Klux Klan nunca fez terrorismo contra católicos, negros e judeus?

    No Brasil a religião do rei era o catolicismo, ele sabia o que ocorria nos países protestantes? por exemplo:

    daqui em diante, para sempre haverá liberdade de consciência permitida na adoração a Deus para todos os cristãos, exceto para os papistas, que habitam ou que habitarão, ou que residirão na província ou no território.

    Segunda Constituição de Massachusetss, 07 de outubro de 1691.

    Não faça declarações falsas e não seja cúmplice do ímpio, sendo-lhe testemunha mal-intencionada. Êxodo 23:1

    ResponderExcluir
  48. É preciso cavar mais fundo28 de janeiro de 2012 00:45

    A "Inquisição" não acabou, o que acabaram foram as leis que previam os crimes contra a religião dos reis.

    Ofender o rei era crime de lesa-majestade, ofender a religião do rei era muito pior, e para os muçulmanos as Cruzadas também nunca acabaram, continuam até hoje através da maior nação evangélica do mundo, com seus presidentes todos evangélicos, exceto por John Fitzgerald Kennedy que era católico, pergunte aos árabes, aos persas, são os norte-americanos que os atacam? não, são os cristãos.

    ResponderExcluir
  49. Para o "nenhum de nós merece o céu":

    Por favor, você pode me indicar um link dessa constituição que citou? Pode ser em inglês também Procurei agora e não achei, mas fiquei muito interessado.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  50. Do insuspeito Instituto Presbiteriano Mackenzie (http://www.mackenzie.br/7058.html):

    (a) Henrique VIII (1509-1547) – criou a Igreja Anglicana, uma igreja nacional inglesa de orientação nitidamente católica. Em 1539, impôs os Seis Artigos, com severas punições para os transgressores (“o açoite sangrento de seis cordas”).

    (f) Carlos I (1625-1649) – esse rei manteve a política de repressão contra os puritanos, o que levou um grupo não-separatista a ir para Massachusetts em 1630. No final do seu reinado, entrou em guerra contra os presbiterianos escoceses e contra os puritanos ingleses. Estes eram maioria no Parlamento e convocaram a Assembléia de Westminster (1643-49), que elaborou os famosos e influentes documentos da fé reformada.

    (h) Carlos II (1660-1685) - expulsou cerca de 2000 ministros puritanos da Igreja da Inglaterra. A Grande Expulsão (1662) marcou o fim do puritanismo anglicano. Embora perseguidos, sobreviveram como dissidentes (“dissenters”) fora da igreja estatal e eventualmente criaram igrejas batistas, congregacionais e presbiterianas.



    É muito fácil jogar a culpa na Igreja Católica!

    ResponderExcluir
  51. A história tem sempre dois lados28 de janeiro de 2012 13:16

    Ato de Supremacia de 1559 - dirigido especialmente contra católicos

    No ato 1559, Isabel declarou-se governante suprema da Igreja Anglicana http://pt.wikipedia.org/wiki/Ato_de_Supremacia_de_1559 - Não mais o sucessor de Pedro apascentará as ovelhas de Cristo, mas sim a rainha da Inglaterra.

    (http://www.legislation.gov.uk/aep/Eliz1/1/1/contents) sõ um artigo para ilustrar:

    Pelo presente Ato de Supremacia, todos os que mantém autoridade espiritual ou autoridade eclesiástica de qualquer prelado estrangeiro, perdem todos os bens e posses... ou no caso do valor desses bens for abaixo de 20 libras, ser confinado por um ano... e penalidade de alta traição para terceira reincidência... As sanções para alta traição são:

    evisceramento,
    enforcamento e
    esquartejamento;
    rebaixamento do sangue, pelo qual seus herdeiros ficam incapazes de herdar honras e ofícios e, finalmente, confisco de todos os bens.

    ResponderExcluir
  52. A história tem sempre dois lados28 de janeiro de 2012 13:45

    Sob o "Act of Toleration 1689" todos os cidadãos da colônia na América eram obrigados a fazer uma declaração contra o papa e as doutrinas da Igreja Católica. Pode ler a Lei de "tolerância" aqui: http://www.british-history.ac.uk/report.aspx?compid=46304

    O "Act of Toleration 1689" foi adotado pela assembléia das colônias livres em 1705.

    ResponderExcluir
  53. A maioria das denominações protestantes históricas já realizam ou abençoam uniões homossexuais, as poucas denominações históricas restantes caminham na direção de abençoar tais uniões.

    Ao lado da Igreja Católica e das Igrejas Ortodoxas e Orientais, as denominações evangélicas fundamentalistas estão entre os poucos grupos de cristãos evangélicos que não abençoam as uniões homossexuais.

    A maioria dos evangélicos fundamentalistas serão em pouco tempo neopentecostais.

    O protestantismo está fadado a ter um fim tão desprezível?

    ResponderExcluir
  54. Como assim "no céu não haverá só cristãos"? Jesus é o único caminho para o céu, ou já encontraram outros?

    ResponderExcluir
  55. Bom, Moisés está no céu? Olha que ele não era cristão hein...

    E Davi? Elias? Salomão? Josué? Nenhum deles foi cristão...

    A salvação é acessível apenas aos cristãos?

    ResponderExcluir
  56. Agradeço por sua explicação, tirou dúvidas que me deixaram o texto. Mas na boa, acho muito difícil ter gente não idólatra na igreja católica apostólica romana atual. E como disse, se tem deve viver um estado de insatisfação para com os líderes que deve levar às lágrimas.

    ResponderExcluir
  57. Pela grande maioria dos comentários, esse povo não entendeu o alcance do texto, o que confirma a necessidade de se alertar sobre a ignorancia e intolerancia no meio cristão.
    É possível algum católico se salvar? ClARO QUE SIM. Qual a condição para a salvação? Não é aceitar Cristo, e ter com ele uma relação afetiva messianica e de amor? Então, não só católico, mas qualquer pessoa mesmo sem igreja, mas que aceitou Cristo, é salva.
    Se o católico não consegue ver os erros doutrinários de sua igreja, mas aceitou de fato Cristo, ele tá salvo com louvor.
    A salvação já existia antes da fundação das igrejas, sacaram? Antes, muitos antes, pois do contrário, seria admitir que até o surgimento da Reforma Protestante ninguem poderia ter sido salvou. ( o pensamento de que a salvação está ns igrejas é a síntese da idiotização do povo cristão )
    Há mais lá no catolicismo, batizam crianças... e trololó.... ora, vão olhar o rabo de voces primeiro, antes de atirar pedra nos outros.
    Me digam, qual denominação ensina 100% o que é correto na bíblia, e é tão perfeita que não tem falhas teológicas e dogmáticas?
    Existem igrejas invocando liturgia espírita, vendendo bençãos, idolatrando pastores, acreditan do que existe idioma para falar com anjos -(praticando glossalalia, muito comum no meio pagão), batizando sem água, fazendo maniqueismo com DEUS e o diabo, barganhando com "deus", fazendo sincretismo com as religiões afro-brasileiras,(ex sessão de descarrego e trabalhos em sexta feitas), achando que pelo modelo da roupa serão salvo ( usos e costumes), acreditando que comendo certas comidas estão se santificando, e por ai vai.
    Pra julgar os outros, é preciso julgar a sí próprio e corrigir primeiro suas próprias falhas.
    Hipocrisia, ignorancia, intolerancia e desrespeito não combinam com a imagem e semelhança de Cristo.
    Sejamos por seguidores Dele, e não de nenhuma religião.
    Ass. Menandro. ( triste, chorando, lamentando e indignado com o perfil da maioria dos comentários, os quais revelam que os crentes ainda veem a igreja denominacional como a deidade salvadora )
    Que Deus tenha misericórdia dos ignorantes.

    ResponderExcluir
  58. Para um que disse que não é pecado ter uma imagem dentro de casa, deixo Deuteronômio 7.26

    “Não meterás, pois, coisa abominável em tua casa, para que não sejais amaldiçoados como ela. De todo a detestarás e de todo a abominarás, pois é amaldiçoada.”

    ResponderExcluir
  59. Reginaldo Ataíde, o que vocÊ acha dos versículos postados em que DEUS manda fazer imagens?

    Deus é idólatra?

    ResponderExcluir
  60. A Bíblia diz o que eu quero que ela diga30 de janeiro de 2012 10:14

    Sim, Deus é idólatra, pois os evangélicos não podem estar errados.

    Jesus deveria se levantar de seu túmulo e pedir perdão aos evangélicos por tamanha idolatria de seu Pai.

    ResponderExcluir
  61. Com um comentário desses.... Maranata ora vem Senhor Jesus, é o fim dos tempos mesmo.... Mas isso é bíblico, antes da vinda de Cristo o evangelho não estaria triunfante e sim agonizante!

    ResponderExcluir
  62. Ao anônimo de cima...

    Cara, já ouviu falar de sarcamo? O Genizah publicou uma matéria sobre isso recentemente... Vai lá ver seu diagnóstico...

    ResponderExcluir
  63. E tem gente que acha que determina quem será salvo, como o irmão, nos comentários aí em cima, que se pergunta se "não estamos abrindo demais a porta da graça". Ora, e somos nós que a abrimos ou fechamos? Na verdade, eu não mereço que Deus a abra pra mim e - sinto muito em desapontá-lo, irmão - você também não merece que ela seja aberta para você. Ela se abrirá somente pela graça que independe, como diz o autor do texto, da condição de luterano, batista, católico ou presbiteriano. Ela depende, na verdade, da fé e consequente confissão de Jesus como Salvador de nossas vidas. Só isso, e tudo isso!

    ResponderExcluir
  64. É isso,o reino está as portas mesmo.VEM SENHOR JESUS!


    A você que não vê problema na representação dos ''santos'' por imagem ou na intercessão a eles junto a Deus,lembre-se : Que critério devo usar para julgar A ou B como santo digino de ser posto no lugar de intercessor ou digino de ser lembrado/posto ao nível de Jesus como santo e irrepreensível? Não são eles homens e mulheres como nós,e não tem/tinham eles pecados como eu e você?Sim!Por que ainda que tenham levado uma vida santa diante dos homens,ou ainda tenham confessado a Cristo como Senhor,Cordeiro Vindo de Deus e realizado a boa obra ( obra = ao que o homem pode ver,Fé = ao que Deus vê), mesmo que tenham sido homens verdadeiramente escolhidos por Deus para desemprenhar uma grande função ,como foi com;Abraão,Davi,Maria,Lucas,Pedro,Paulo e tantos outros.Eles foram homens escolhidos pelo Senhor mas não perderam a característica de ''homem'' que CONHECEU o pecado e que ainda que diante dos nossos olhos seja ''santo irrepreensível'' diante dos OLHOS de DEUS ,que tudo vê e tudo sonda,pode ter caído!


    Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

    A ligação com Deus não é feita por outros agentes,como códigos telefônicos,os quais você você tem que usar um,ou mais códigos para conseguir fazer uma ligação para outra área. Para se chegar a Deus,Jesus disse como fazer: Vinde a mim!
    Ou conforme a ilustração : Para Falar com o PAI,Você não pode usar outro código,a ligação não será completada.

    Cuidado com o pensamento ecumenico,cuidado com visão de permissão da graça.
    Lembre-se que Deus requer dos homens a santidade.
    Lembrem-se de Alertar os outros do seus pecados.
    Lembrem-se que no Reino do Senhor não estarão presentes o povo que vive segundo seu coração ;

    Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.
    1 Coríntios 6:10

    E observem também que não é por que não praticamos uma coisa,que não seremos achados culpados delas!

    Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.
    Mateus 5:28

    Fiquem em paz,e que Deus os coloque a salvo do maligno.Os guarde em Cristo,tanto em corpo como em espirito e pensamento.

    CB

    ResponderExcluir
  65. Somente peço para que leiam a palavra relatada abaixo e orem pedindo entendimento.
    E, entrando Jesus em Cafarnaum, chegou junto dele um centurião, rogando-lhe,
    Mateus 8:5-12
    E dizendo: Senhor, o meu criado jaz em casa, paralítico, e violentamente atormentado.
    E Jesus lhe disse: Eu irei, e lhe darei saúde.
    E o centurião, respondendo, disse: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado, mas dize somente uma palavra, e o meu criado há de sarar.
    Pois também eu sou homem sob autoridade, e tenho soldados às minhas ordens; e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu criado: Faze isto, e ele o faz.
    E maravilhou-se Jesus, ouvindo isto, e disse aos que o seguiam: Em verdade vos digo que nem mesmo em Israel encontrei tanta fé.
    Mas eu vos digo que muitos virão do oriente e do ocidente, e assentar-se-ão à mesa com Abraão, e Isaque, e Jacó, no reino dos céus;
    E os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.

    ResponderExcluir
  66. acredito que esse bloguer nao possa ser levado a sério,devemos ser anátemas destas publicaçoes tendentes a relativizar a salvaçao, a questao é simples creia no Senhor Jesus de todo coraçao,ame o próximo e siga a biblia,amar o próximo é também respeitá-lo mas nunca deixá-lo na sua ignorância ,pois idolatria,bebedices,entre outras coisas como advertiu paulo nao herdaram o reino dos céus,existem verdades absoluta e uma deles é que Deus salvou nos através do seu filho,nao para que continuassemos a viver segundo nossas tradiçoes ,mas como ele viveu.Cuidado com suas palavras blogueiro,um dia vi sua matéria tendeciosa sobre bebida,e hoje sobre a porta da salvaçao, e amnhã o que mais irá relativisar.

    ResponderExcluir
  67. é engraçado como a falta de entendimento gera aberrações! Nesse caso, a falta de entendimento da graça de Deus, que gera uma busca pela salvação como se fôssemos ganhar um troféu. E que também gera uma visão de gueto por parte dos evangélicos.
    Há também a falta de entendimento do que se lê, que também gera aberrações. Sigo aprendendo muito com esse blog, a despeito da incompreensão textual de alguns.

    ResponderExcluir
  68. Matéria maravilhosa!!!Muito bem escrita. Disse tudo o que penso e como penso. Disse até mais, pois a coerência e sabedoria do texto deixa claro a diferença da crença sóbria e da crença cega, pautada em areia movediça que no final das contas de tanto mover-se ficou longe de cristo!!!Como é isso, cristianismo sem Cristo???!
    AV

    ResponderExcluir
  69. Amei, traduziu minhas ideias. "Jesus disse tenho ovelhas de outro aprisco". Eu gosto de montar presépios e não é idolatria, quantos evangélicos apontam para os "idolos", mas idolatram seus ritos, seu $, a si mesmo? Tenho certeza absoluta que quando o Senhor dos senhores voltar iremos ter muitas surpresas com quem encontraremos no céu. Amém!

    ResponderExcluir
  70. É isso que é ser sal da terra, né? Jesus morreu na cruz para que cuspíssemos nas lápides dos descrentes. Isso ae geração eleita. Muito ódio e preconceito no coração!

    ResponderExcluir
  71. sabe o que eu acho que o marcelo nada mais fez do que uma confusão entre catolicos evangelicos gente erros tem em todas as igrejas nem todos que estão no enagelho são salvos nem todos que estão na assembkeia na batista presbiteriana e outras são cristão assim como tem tb algums que estão na catolica que não são catolicos dai o texo do nosso marcelo incluiu a todos os protestantes que acham que só eles vão ao céu gente não é tempo de causarmos confusões entre religiões e sim de cada religião se preocupar em realmente fazer o que temos que fazer levar a verdade sobre um unico Deus que cremos e parar com esta bobagem o site genizah é até bom mas ultimamente me perdoe tem sido um site de só mostrar defeitos entre as igrejas sabendo que isso causa polemica não façamos isso pq não constroi em nada.

    ResponderExcluir
  72. gostei pois JESUS VEM BUSCAR A ESPOSA OU SEJA A IGREJA E ISTO NÃO É DENOMINAÇÃO,TEMPLOS, TRADIÇÕES E MUTO MENOS EVANGÉLICOS E SIM CRISTÃOS PUROS DE CORAÇÃO SEM HIPOCRISIA E A SALVAÇÃO É PRA TDOS SEM EXCESSÃO NÃO HÁ SERVO , LIVRE MACHO E FEMEA É GRAÇA E GRAÇA DE deus e não de homens cegos pelo fanatismo religioso! acordem pra vida! vida em jesus e acabouuuuu!

    ResponderExcluir
  73. Bem, o assunto é polêmico e ja deve ter esfriado... Mas vi o pessoal falando dos reformados como se eles apoiassem uma idéia assim.
    Os grandes pais da reforma não se privaram de dizer que haviam "igrejas" (se referindo especificamente a ICAR) que se desviaram de tal forma da doutrina bíblica que não passavam de sinagogas de satanás. Isso é um fato, os pais da reforma não acompanham o raciocínio do texto 100%, nem Paulo e nem eu.
    Devemos pregar para e exortar tanto irmãos como aqueles que se dizem cristãos mas não se submetem ao ensino das Escrituras.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  74. Infelizmente isso acontece muito. Muitos evangélicos hoje já se auto intitulam tão santos que julgam os outros. A nossa luta não é contra carne nem sangue, todo ser humano que habita na Terra tem o livre arbítrio de escolher suas próprias crenças, nosso papel é de orientar, não julgar e condenar, pois isso cabe a Deus. Tenho visto muito evangélico querendo fazer o trabalho de Deus zombando de crenças e costumes de outros, mas que não aconselham e nem tentam abrir os olhos do mesmo. Ao contrário, enchem as mãos de pedras prontas para atirar sem remorso. Existem católicos com índoles melhores que evangélicos. Arrogância tem se tornado o pior defeito do evangélico nos dias atuais. A falta de humildade e respeito fazem com que você se aproxime de Deus? Pense bem. Todo ser humano é digno de respeito. Ou você gosta quando criticam e ofendem a sua fé?

    ResponderExcluir
  75. Ah, Reginaldo. Ah Reginaldo.. então me diga irmão , aonde este escrito na Biblia, que você estara salvo, me diga Reginaldo,

    ResponderExcluir
  76. Olá irmão em cristo! Eu pesquiso muito sobre o reino do nosso senhor Jesus e absorvo o que me edifica. Faço questão aqui de te parabenizar sobre o texto que você escreveu, porque tem muitos cristãos EVANGÉLICOS que deixam subir pra cabeça de que NÓS somos melhores ou mais merecedores do reino do céu que outros. Só esse pensamento já é digno de repreensão TANTO QUANTO toda a idolatria que eles fervorosamente repudiam, misturando a conduta com o ser humano que a faz, ou seja, a raiva pela conduta se transfere na raiva pelo cristão que a comete. Jesus nos prega para amar-nos uns aos outros independente da religião (Jesus não pregou religião) e muitos de nós esquece que a nossa salvação vem da GRAÇA! Pela misericórdia de Deus em dar à nós algo tão maravilhoso que NENHUM DE NÓS MERECEMOS POR NÓS MESMOS (romanos 3.10-12. Ninguém é digno de se fazer juíz para julgar quem faz certo e vai pro céu ou o contrário. Pra fechar, aconselho aos irmão lerem romanos 14.10-12. Fiquem todos na paz de Deus.

    ResponderExcluir
  77. Irmão, sem meio termos, levando em conta tudo que disseste através deste texto temos os seguintes preceitos:
    -Qualquer um herdará o reino dos céus.
    -todas religiões pregão regeneração, morte e renascimento para Cristo.
    -você não conhece nada sobre o evangelho!

    Meu irmão, você por um acaso lê a bíblia? Porque lá verás sobre o joio, entenderás que somos humanos e temos sentimentos e que todos erramos. Viveremos nossa vida inteira pecando mas, não no pecado. Somos salvos pela graça, e não pelas obras. Pois bem, contudo lhe pergunto, és tu alguém para adicionar uma palavra se quer para com a Bíblia? Sabes tu o que é melhor e certo, mais que Deus nosso Pai?
    Olhe para ti, você está reclamando de pessoas julgarem ser certas e melhores por fazerem o que a bíblia diz, mas não vê que está fazendo o mesmo. Falando de tudo isso e colocando-se contra (não só aos atos como também as Palavra de Deus) você pressupõe ser ou estar à frente de tudo isso, com suas condutas e modo de pensar.
    Quanto ao fato de no céu não ter só evangélicos, eu assim também creio mas, aqueles que não forem evangélicos serão aqueles que tiverem tempo, em vida aqui na Terra, de se arrepender, aceitar Jesus como Senhor e Salvador e por decorrência herdaram o céu. Fora isso, quero entender seu pensamento: uma pessoa que adora "santos", se curva a eles, pessoas que tem o dinheiro como Deus, e por assim vai, herdarão o céu?!
    Meu irmão, ninguém vai pro céu por merecimento! Se eu for, não vai ser, com toda a certeza, por merecimento. Será pela Graça do Nosso Pai. Vivemos pecando, dia-a-dia. Mas pela graça somos lavados e purificados, honras a Senhor Jesus Cristo que morreu na cruz para que isso fosse possível. Se tudo isso é verdade, eu posso ser a pessoa mais humilde, mais legal, mais carinhosa, mais amorosa do mundo, se o centro de tudo isso não for Jesus, é lixo perante os olhos de Deus.
    Por pensamentos como o seu, a muito tempo atras, Jesus morreu na cruz. Deus nos fala que sentimentos mentem, que não devemos ser guiados por eles e seu texto, de cabo a rabo foi movido por eles. Infelizmente, e não é bairrismo falar isso, só pessoas que são intimas de Deus, que vivem pra Ele e por Ele é que herdarão o Reino dos Céus, sendo junto ou não aos nossos míseros olhos!
    Paz em Cristo. Amém

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Comente usando a sua conta Google ou use a outra aba e comente com o perfil do Facebook

emo-but-icon

Início item
Instagram


Siga por e-mail