681818171876702
Loading...

Seria o jogador Kaká um ILLUMINATI?


Marcelo Lemos


Meu amigos “evangélicos de carteirinha” que me perdoem, mas a cada dia que vivo me decepciono um pouco mais com essa gente que se diz “crente” e “evangélica”. É verdade, houve um tempo em que o termo “evangélico” carregava um singificado bonito, uma referencia àquele povo que acreditava na Bíblia como sua regra maior de fé e conduta e que, além disso, amava pregar o Evangelho a todos os homens, mesmo que para isso precisasse subir morros e desbravar favelas. A História do termo “evangélico” é linda, e tenho um orgulho santo de fazer parte dela, ainda que só um pouquinho…

Mas as decepções são muitas, mesmo porque em nossos dias até cachoro com coleira de Piton pode ser chamado de “evangélico”; e se latir estranho acaba consagrado Apóstolo e declarado “cobertura espiritual” de algum principado canino por aí. Não duvidem, meus caros, a insanidade parece ser marca registrada da ‘galera gospel’ deste imenso Brasil. Que o projeto de Lei que pretende transformar Jesus em patrimônico cultural do Rio de Janeiro não me deixe mentir!

Também não me deixam mentir os gedozistas que alugaram helicópteros e sobrevoram uma Capital jogando “oleó ungido” sobre a desejada metropole. Naqueles mesmos dias, outro grupo saiu urinando nas esquinas, sob a alegação que era assim que os filhos do Leão de Judá deveriam marcar seu território. Eu morava em BH na época e, quando me informaram das novas, pensei comigo: “Se um destes lunáticos vier mijar na minha porta, vou fazê-lo limpar com a língua!”. Mas, como costuma dizer minha esposa: “O Capeta sempre sabe pra quem aparece!”. Deve mesmo saber, pois não deu as caras lá em casa… Sorte deles!

Mas as ‘doideras gospeis’ não se restringuem ao mundo religioso do ópio gedozista, quem nos dera tal benção! Um outro campo ‘evangélico’ onde as ‘doideras’ sempre dão um jeito de marcar presença é a Escatologia, especialmente nas raias do Dispensacionalismo. No entanto, nem todo Dispensacionalista é doido ou idiota, muito pelo contrário. Os melhores dispensacionalistas – ou seja, os mais bíblicos e sensatos dentre eles – não cometem ‘doideras’, e até lutam contra elas. Um exemplo que tenho acompanhado com prazer é a série “Escatologia Aterrorizante”, uma louvável iniciativa do dispensacionalista pastor assembleiano Ciro Sanches. Saiba mais AQUI [vale muito a pena conferir!].

Todavia, como a sanidade não é um dom que Deus deu a todos os homens, vejam que descoberta maravilhosa foi feita sobre a relação que existe entre o craque Kaká e o Reino do Anticristo. Duvida? Seu incrédulo, veja o vídeo e comprove com seus próprios olhos:


Ainda não se convençeu, né? Então, leia explicação de alguém comprometido com a “defesa da Igreja de Cristo”:

“Com a chegada da copa na África, a Pepsi lança um comercial bem satânico e favorável ao reino de satanás. Nesse comercial as pessoas usam uma estrela de 10 pontas que representa a Besta de 10 chifres ou o Anticristo e seus nove mestres eleitos.

O jogador Kaká, um suposto cristão que também faz parte da nova ordem mundial, usa a mesma camisa; mas ele fica tão distraído preocupado com sua fama e as fotos que o bode (representando satanás) o derruba com muita facilidade (sem nenhum esforço) e os moradores da aldeia (servos de satanás) ficam rindo da sua ingenuidade junto com o bode.

Esse comercial também indica que acontecerá algo no dia 11.06.

O rapaz que segura a câmera é o jogador Drogba ( dragão ) nascido em 11.03 e o rapaz que assiste na TV ao lado do bode (que simboloza baphomet), chama-se Messi ( messias – falso) nascido em 24.06.

Os ocultistas não os escolheram por acaso. A câmera representa que o tal suposto evento seria registrado, assim como foi em 11.09.2001, que praticamente foi passado ao vivo para o mundo. Note que o Drogba ( dragão,vulgo satanás) , é que provoca a queda de Kaká.”

No primeiro momento da nova ordem, satanás ajudará o anticristo, por isso que eles se cumprimentam no final com um sinal típico de “jogada em equipe”.


Se você desejar conhecer este profundo estudo escatológico e apologético, clique AQUI.

Interessante observar que o especialista em escatologia que escreveu o artigo tenta insinuar que Kaká seja um falso cristão, ao dizer: “o suposto cristão”. Ora, se ele, Kaká, é um verdadeiro cristão eu não sei, nem o conheço; agora, tirar conclusões deste tipo com base num comercial de Televisão é o cumulo da burrice “gospel”, não acham? Oh, sim! muito cuidado: me coloquem na lista de suspeitos, pois evidentemente estou escrevendo este artigo para tentar ocultar a verdade de vocês; estejam certos de que Marcelo Lemos também é um membro do Reino do Anticristo!

Doa a quem doer, afirmo sem tirar uma letra sequer: Acho que é todos estes “alertas” uma GRANDE BABOSEIRA. O cara negro não é um dragão, é um ser humano. E Messi não significa Mesias, quanto mais “falso mesias”. E também o bode não é um simbolo do Capeta, é uma criatura de Deus, assim como as galinhas, os patos, os marrecos, as serpentes, enfim.

Ahá! E os caras, inimigos de seleções, se cumprimentam e isso significa algo elaborado pelo Anticristo? Que legal! Quer dizer que o comercial deveria terminar com um dando um tiro na testa do outro? Aí, sim, bem cristão… ninguém veria a mão do Capeta no filmeco. Será que os “evangélicos” que ficam bolando essas teorias idiotas não conhecem amizade?

E o Kaká não percebeu o bode atrás de si quer dizer que ele estava desatento para as atenções de Satanás? Que comédia! Quem é que nunca pagou mico ao se posicionar para uma foto? Será que o sofá aqui de casa também tem pacto com o Capiroto? Além disso, o bode não derrubou ninguém, foi o Kaka quem tropecou nele (sem problema, eles arranjam uma “explicação iluminat” para isso também!).

Mas, em todo o caso, vamos mandar um aviso a todos os africanos: matem todos os bodes, eles são representação de Satanás.


Em Olhar Reformado, divulgação Genizah
Teologia 5741101715712818803

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail