681818171876702
Loading...

Bispa toma umas e outras e acaba presa! Vai vendo!


Margot Kaessmann foi detida sábado em Hanôver por conduzir com uma quantidade de álcool no sangue três vezes superior ao limite imposto pela lei. «Estou chocada comigo mesma», disse.

Kaessmann, nomeada como a primeira mulher chefe da Igreja Evangélica Alemã (DEK, na sigla alemã) no ano passado, já havia causado muito escândalo por ser divorciada e, dizem, homoafetiva. Uma “mistura de Madre Teresa e Demi Moore”, tornou-se hoje a primeira mulher a liderar a Igreja Protestante Alemã, que reúne cerca de 25 milhões de luteranos e calvinistas.

Ao ser detida, a princípio diz ter tomado apenas uma dose, mas depois descobriu-se que havia entornado uma garrafa, pelo menos.

De acordo com o tablóide alemão Bild, a líder máxima da maior denominação religiosa germânica conduziu o seu Volkswagen Phaeton sob efeito do álcool e passou pelo menos um sinal vermelho.

Margot pediu as contas e deixou o cargo após menos de 6 meses de mandato. Proust!

Resumo da ópera: A lambança é internacional e o Brasil é só mais um.


Notícia Comentada 2708965050442307062

Postar um comentário

Página inicial item