681818171876702
Loading...

Shofar? Ué, mas a gente não é cristão??





A pergunta aí em cima vai ficar pra sempre sem resposta, um amigo me perguntou há muitos anos, o que eu achava de shofar na igreja, eu perguntei: "Shofar? Ué, mas a gente não é cristão?" - Nem ele, nem ninguém consegue responder essa pergunta simples.

O cristianismo "moderno" se perde em meio ao judaísmo, na verdade a igreja tenta se "judaizar" nem sei se essa palavra existe, mas... shofar também não existe no Novo Testamento. Pelo menos não da maneira que é usado em algumas igrejas. Ainda estou tentando interpretar, com a mesma razão profética que possuem os que defendem o uso de símbolos judaicos dentro do cristianismo evangélico, os textos de I Cor. 15.50-58 e Ap. 4.1. Se alguém conseguir alguma explicação boa pra isso pode postar nos comentários aqui a baixo.

Explicando, ainda a tempo, o shofar é aquele "berrante" feito de chifres. O chifre pode ser tomado de vários animais, como o antílope, gazela, etc...

Interessante que os judeus só poderiam tocar o shofar com a cabeça coberta, mas hoje é claro não precisa mais isso...

Porque a igreja não resgata TODOS os símbolos e práticas do Antigo Testamento Judaico?



SIMPLES, porque nem tudo interessa para a igreja, afinal, só o fato de não guardar o sábado acarretaria nisso:

"qualquer um que no dia do sábado fizer algum trabalho, deve ser morto." - Êxodo 31:15

Lembro "vagamente" de algo que Paulo falou:

"Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê." - Romanos 10:4

"se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo." - II Cor. 5:17
O cristianismo verdadeiro não é feito por símbolos nem por práticas antigas ou resgatadas de outras religiões.

O cristão precisa escolher se vai ser cristão ou judeu. Não dá pra ser os dois. Sendo cristão, o evangelho e Cristo são a regra de fé, sendo judeu a lei e Moisés.




Só pode ser brincadeira... 751503300099364828

Postar um comentário

Página inicial item