681818171876702
Loading...

Confissões de um Pastor: Visitas pastorais e A irmã tarada



Visitas pastorais


Este negócio de fazer visitas, coisa de pastor à moda antiga, nem sempre é uma experiência agradável. Acontece de tudo, sabe aquele briga de casal mal resolvida, e que você chega e um dos cônjuges subtilmente pergunta: "- Pastor, o que o senhor acha disto?" Lançando para nós aquela pergunta que foi motivo da briga da noite anterior. O pastor mal terminou seu café, e já se vê envolvido no meio da confusão. Foi golpe baixo!

É ainda há aquelas casas onde os donos mantém um daqueles cãozinhos chatos e "endemoniados" que não nos deixam em paz, há aqueles que basta olhar para eles que as pestes mostram os dentes. E a família fica: "Pode passar a mão pastor, ele não morde!" Já cheguei a conclusão que todo cachorro com menos de 20cms de altura e 40cms de comprimento, é usado por Satanás para provar o pastor.

Sem contar as "delícias que o pastor precisa provar". Uma vez deram-me uma beringela assada recheada com carne, um horror, que você como querendo a morte. É por aí vai!

Uma irmã insistiu muito para que eu fosse fazer uma visita, cheguei lá e fui enjaulado numa sessão destas empresas que vendem produtos tipo pirâmides financeiras, e o pior, o cão de Satanás estava lá!

A irmã tarada

Numa das igrejas por onde passei, uma mulher da comunidade vinha uma vez por semana conversar comigo, minha esposa sempre por perto, mas quase sempre ocupada com outras coisas. A conversa era sempre a mesma: a falta de atenção do marido. Com o passar do tempo a irmã começou a falar comigo sobre o que esperava que o marido fizesse com ela. Ela queria era sexo mesmo! É a sessão mudou de atendimento pastoral para um atendimento com um sexólogo, eu! Só faltava a mulher ter orgasmos ali, pois já chorava, contorcia-se e, de repente, levantava e ia embora. Cortei as sessões e mandei ela testar a conversa com o marido na cama. Nunca mais apareceu!




Confissões de um Pastor é um blog coletivo contando experiências peculiares da vida pastoral. A opção dos autores pelo anonimato visa preservar as almas envolvidas. Importam os casos que podem ajudar outros pastores a encontrar encorajamento e as ovelhas a compreenderem melhor as alegrias e os percalços rotineiros da caminhada pastoral. Genizah está publicando alguns textos. Outros podem ser vistos no original AQUI.  





Matérias 9096692327193521850

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail