681818171876702
Loading...

Anjos acampam no enterro das vítimas do massacre LGBT


'Anjos da guarda' impediram um grupo de manifestantes homofóbicos de protestar durante o velório de uma das vítimas do ataque à boate gay Pulse, em Orlando, que deixou 53 mortos na semana passada.


Um pequeno grupo da Igreja Batista Westboro esteve no funeral de Christopher Leinonen, vítima do massacre na boate gay em Orlando, Fl, neste sábado (18-06-16) a fim de promover uma manifestação homofóbica com cartazes odiosos e gritos de injúria.

O protesto em enterros é a marca registrada da seita Westboro, localizada em Topeka, Kansas. Seus membros,  costumam invadir enterros de gays, militares e artistas a fim de insultar os falecidos diante dos seus entes queridos. 

Desta vez, contudo, a comunidade LGBT, já ciente e conhecedora dos protestos, decidiu parar os profanadores e seus cartazes com uma contra-manifestação. Um grupo de  200 pessoas vestidos de anjo da guarda criou um cordão de isolamento impedindo o acesso dos 10 manifestantes de Westboro: "Nossa presença aqui é para demonstrar apoio às famílias das vítimas e queremos garantir que eles têm aliados", disse uma das participantes.















A Igreja Batista de Westboro, de Igreja não tem nada, trata-se apenas de uma seita formada por uma única família e agregados. Ganhou notoriedade fazendo protestos de extrema intolerância com cartazes infames atacando gays e outros grupos.  Sua "especialidade" é protestar em enterros. Não escapam enterros de militares mortos em batalha e de pessoas da comunidade LGBT. Os dementes da Westboro não perdem a oportunidade de aparecer. Seus cartazes seguem uma linha constante: "Deus odeia gays"; "Deus odeia militares; "Deus odeia XXX", sendo XXX qualquer coisa capaz de atrair a atenção para um grupo que imagina ser o único remanescente entre a humanidade perdida.

A seita de Westboro não tem mais do que 40 pessoas, mas chegou a ser um  pouco maior na época em que seus bastidores foram mostrados ao mundo pelo excelente documentário de Louis Theroux para a BBC (confira AQUI). Desde então a família se dividiu, o patriarca foi chamado ao inferno por satanás e a única contribuição da organização foi a façanha de testar os limites da liberdade de expressão nos Estados Unidos. 

Depois de muitas batalhas judiciais em vários estados norte-americanos até a Suprema Corte, decisões dividiram o entendimento acerca dos limites da Primeira Emenda à Constituição dos Estados Unidos da América do Norte. Hoje, em alguns estados do país, os famosos protestos ocorridos, em especial em enterros, foram banidos. Em outros locais cerceados por limites de distância dos locais dos funerais. Em outras localidades, como é o caso da Flórida, há liberdade irrestrita para o protesto intolerante. O  grupo de ativistas trajados de "anjos" foram a solução e o contra-protesto necessário  para proteger os familiares das vítimas do massacre de mais dor e tristeza.





Comportamento 8396842675527118679

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail