681818171876702
Loading...

GANGRENA GOsPEL



“Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. Mas evita as conversas vãs e profanas; porque os que delas usam passarão a impiedade ainda maior, e as suas palavras alastrarão [roerão, destruirão] como gangrena; entre os quais estão Himeneu e Fileto, que se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição é já passada, e assim pervertem a fé a alguns. Todavia o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os seus, e: Aparte-se da injustiça todo aquele que profere o nome do Senhor” (2 Tm 2:15-19).

Lamentavelmente, qualquer pessoa sincera, conhecedora das Escrituras, que analisar a nossa conjuntura "evangélica" constatará que vivemos dias difíceis, aonde o erro doutrinário domina o cenário, e poucas são as pessoas que conseguem enxergar tal erro, aliado a uma multidão que busca calar a boca dos que enxergam o erro e procuram corrigir os problemas. Paulo ensina que aos hereges é que devem ser tapadas as bocas (Tt 1:10-11), e não aos que procuram trazer a Igreja ao arrependimento e à prática do Evangelho antigo!

Grandes congressos são feitos em nível nacional, e a quantidade de ensinos heréticos pregados nos mesmos (como, em um recente, o ensinamento que "os crentes são pequenos deuses nesta terra" ou mesmo a chamada de um pregador para que todos tocassem em seu suor repleto de poder de Deus) acompanhados de gritos de glória e brados de júbilo, assustam! Algumas são heresias antigas, mas que continuam a ser pregadas em nosso meio, e recebem a crença de uma multidão.

Os hinos compostos por esta geração de cantores e compositores go$pel, e que são a real fonte de ensino da maior parte dos crentes, também assustam. Eles estão recheados de meias verdades e de mentiras inteiras, e igualmente tais mentiras são ignoradas, passam imperceptíveis a seus ouvidos e mentes, e são "engolidas e digeridas" como se fossem a mais sublime das verdades celestiais. Não obstante, são reverenciados no meio dos grupos de louvor, os CDs e Play Backs (piratas, é claro!) estão presentes em quase todas as casas e Igrejas, e tais músicas são ouvidas à exaustão em smartphones e iPods, fazendo com que suas (in)verdades sejam absorvidas pela mente, alma e espírito dos ouvintes.

Some-se tudo isso à quase absoluta falta de leitura bíblia da parte dos crentes desta geração, à falta de ensino sólido e responsável nas Igrejas. E entre os ensinos ministrados e as letras dos hinos, ou às mensagens pregadas, os primeiros são completamente descartados.

Não tenho medo de dizer que a música "do mundo" (respeitada, obviamente, a sua qualidade) é menos danosa que a "música Go$pel". Afinal, ninguém ouve Djavan, ou Roberto Carlos, ou qualquer outro cantor "do mundo" achando que sua música transmite alguma verdade absoluta acerca da Palavra ou do Reino; entretanto, já ouvi muitos crentes afirmando que a música composta e/ou cantada por um cantor crente é tão inspirada e tão verdadeira quanto a própria Bíblia, quando não lhe é superior! Aliás, já vivenciei muitas vezes isso: mesmo quando um erro doutrinário grave de uma música go$pel é identificado, mostrado e refutado PELA BÍBLIA, o ouvinte despreza o que está escrito em detrimento do que "está cantado"!!

Ouvir rádios go$pel nos dias de hoje é uma temeridade! Tal audiência destrói qualquer base de ensino sério das Escrituras e da doutrina que qualquer pastor ou discipulador tenha edificado na vida de um crente! Certo dia, viajando no carro de um parente, fui "obrigado" a ouvir por quase três horas a programação de uma "rádio evangélica" do meu Estado. Posso garantir que, sem falar nos infindáveis pedidos de dinheiro, dízimos, ofertas e votos, com "exegeses" e "hermenêuticas" terríveis, não ouvi UMA MÚSICA SEQUER que realmente glorificasse a Deus (exceto uma regravação de um hino antigo, daqueles de hinário). Todas as músicas da programação eram antropocêntricas, extrabíblicas e antibíblicas! São estes hinos, infelizmente, que ensinam doutrina em nossos dias! Se algum deles, sucesso nacional, afirmar que Jesus tinha olhos azuis, isso será incorporado à doutrina! Afinal, só para dar UM exemplo sobre os males de um mau ensino via músicas go$pel, por mais que seu discipulador o tenha ensinado a amar seus inimigos, bendizer os que os maldizem, fazer o bem aos que os odeiam e orar pelos perseguidores (Mt 5:44), as músicas ensinam a odiar os inimigos, combatê-los, buscar fervorosamente a Deus em prol de sua destruição etc.

O Youtube está repleto de "pregadores", e assistir suas pregações é uma tarefa que, confesso, para mim está cada dia mais difícil! Nem me refiro mais às infantilidades dos pregadores, ou a nítida personificação de suas personagens (alguns, imitando roupas, trejeitos e tom de voz de seus "ídolos"), suas pantomimas no "palco", mas sim ao CONTEÚDO DOUTRINÁRIO. O desconhecimento teológico é patente, e mesmo quando há certo conhecimento, o desrespeito e o desprezo pela teologia ortodoxa é visível. Até mesmo alguns pregadores que ostentam anel de Doutorado em Teologia pregam heresias tão terríveis e antigas que é impossível que não tenham aprendido no Seminário acerca delas e a sua refutação bíblica! Um importante "após-Tolo" disse há algum tempo que Jesus era CRIATURA de Deus, criado por Ele. Nada de novo! Isto é vestígio dos ensinos de Ário, bispo de Alexandria...

Paulo ensina a Timóteo da necessidade de zelar pela doutrina. Ele afirma: “Tem cuidado de ti mesmo E DA DOUTRINA, persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem” (1 Tm 4:16 - grifos meus). A doutrina que seguimos é fundamental à nossa salvação. Se não for assim, qual o problema em servir a Deus segundo a doutrina mórmon, ou adventista, ou mesmo espírita? A resposta é óbvia: porque tais doutrinas contêm erros em seu âmago que comprometem o todo. E por que seria diferente com a "doutrina evangélica" quando a mesma apresenta igualmente erros colunares?

Paulo ensina que devemos evitar conversas vãs e profanas, pois os que não evitam passarão a impiedade ainda maior. E ele compara a fonte destas conversações vãs e profanas com o FALSO ENSINO transmitido por Himeneu e Fileto, que ensinavam uma grande mentira acerca da ressurreição. Podemos evidentemente aplicar o mesmo princípio a qualquer música ou pregação que se autodenomine santa, mas ensina MENTIRAS DOUTRINÁRIAS em seu âmago! O filtro para se compreender quais são as conversações profanas é a MENTIRA DOUTRINÁRIA. Se a Escritura afirma que Deus é fiel a SI MESMO, e algum hino ou pregação ou ensinamento ensina que Ele é fiel AO HOMEM, está detectado o erro! Se nos é ensinado que devemos DETERMINAR ORDENS A DEUS, e a Escritura ensina que devemos pedir-Lhe humildemente, mais um erro detectado! E assim devemos prosseguir, filtrando o que nos chega aos ouvidos. Todo erro que nos for ensinado nos mostra, sem dúvida, que tal hino, pregação ou ensino se trata de conversação vã e profana, o que deve ser evitado!

Paulo continua falando sobre o estrago que estas conversações profanas fazem, comparando-o com o estrago da GANGRENA em um corpo humano. Gangrena ou necrose gangrenosa é um tipo de necrose causada pela morte de um tecido por falta de irrigação sanguínea, e consequente falta de oxigênio. Isosleva a morte da área afetada! Eis a comparação que Paulo faz acerca destes falsos ensinos! Enquanto muitos procuram minimizar a má influência que as músicas e mensagens go$pel produzem na vida dos crentes, Paulo faz-lhe comparação à GANGRENA... Completamente destruidora, a mensagem composta de erro produz MORTE.

Paulo encerra com uma outra grande verdade: os que são de Deus e proferem Seu Santo Nome se afastam, por instinto, das mentiras, assim como nós nos afastamos imediatamente quando entramos em um ambiente com cheiro de mofo, ou qualquer outro elemento estranho que possa nos fazer mal à saúde!

Você é de Deus? Profere o Nome dEle em sua vida? Afaste-se desta impiedade!

Do blog do [AUTOR]



Capa 7246333282281620217

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail