681818171876702
Loading...

Amigos: por que será que rezamos a Deus?


Rabino Henry I. Sobel
Amigos: por que será que rezamos a Deus? Será que nossas orações são um meio de explicar a Deus o que estamos precisando? Será que, se não rezarmos, Ele não saberá o que nos falta? Ou será que o Deus onisciente sabe de tudo, mas só nos concede Suas bênçãos se insistirmos bastante? Será que Deus só nos atende se O lisonjearmos com nossos louvores?

Os rabinos explicam o porquê da oração através de uma parábola: imaginem um homem dentro de um barco, no meio de um lago. O homem segura uma corda bem comprida, cuja outra ponta está amarrada a um poste na margem do lago. Puxando a corda, o homem tenta fazer o barco voltar até a margem. Para quem vê a cena de longe, pode parecer que a margem está se aproximando do barco. Mas é claro que não é isto que está acontecendo: somente o barco está se movendo. Analogamente, as pessoas acham que, ao rezarem, está trazendo Deus para dentro de si. Na verdade, são elas que estão se aproximando de Deus. Nós somos os barcos e Deus é a terra firme.

Deus não precisa dos nossos elogios, mas nós precisamos ser lembrados de Sua grandeza. Ele não se move em função dos nossos pedidos; nós é que nos movemos quando rezamos a Ele. A cada palavra que dirigimos a Deus, é como se estivéssemos dando uma pequena puxada na corda e chegando um pouquinho mais perto d’Ele. E se nossa prece nos aproximar de Deus, então essa prece já foi atendida.

Uma boa semana para vocês.



Destaque 5460476563247479323

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail