681818171876702
Loading...

A Babilônia está caindo





Hoje, a própria TV Globo admitiu o golpe na audiência da sua novela Babilônia. 

Taí um nome de trama infeliz para o gosto dos crentes até em dia de sol, piora muito, se já no primeiro capítulo, colocam na tela duas vovós se atracando aos beijos. Não podia dar noutra coisa.

O boicote dos crentes organizados pelos pastores midiáticos esculhambou o IBOPE da atração. “Babilônia” deu um grande susto na Globo na noite de quarta-feira (25). A trama de Gilberto Braga marcou audiência um pouco menor que a novela da faixa das 19h, “Alto Astral”. O novo novelão da faixa das 21h registrou média de 24,9 pontos, ante 25,3 pontos do folhetim das 19h. Cada ponto equivale a 67 mil domicílios na Grande SP.


A verdadeira boa nova


Sinceramente, não estou nem aí pra Babilônia... Não vejo novela desde a década de 80. Entrementes  muito me agrada ver a mobilização nas redes sociais sendo capaz de impor a políticos, mídias, governos. líderes religiosos e empresas a sua vontade, levantando bandeiras, emparedando os ditadores modernos em todas as esferas. 

E, no momento, pouco importa a qualidade das reivindicações. É tudo fruto de um processo de crescimento.  O importante é que a criança aprendeu a andar. Com o tempo, melhoramos o passeio. Seja lá o que for capaz de mobilizar cidadãos a correr atrás, juntos e misturados, isto sempre será um passo na consolidação do estado democrático de direito.

Eu refuto fortemente as fórmulas bolivarianas na forma de coletivos pelegos manipulados pelo estado. Isto ai não é democracia, isto não é participação popular autentica. Isto é comunismo revisitado. 

Me alegram as manifestações cívicas embaladas por objetivos convergentes, onde líderes despontam pela via da competência, circunscritos ao processo em questão, sem muita chance para o carreirismo ou a coaptação estatal. Gosto dos movimentos pontuais que contribuem para o fortalecimento da cidadania e levam a movimentos sociais autônomos sobre os as quais, o governo não consegue exercer tutela.

Claro, que sempre haverá alguma manipulação, como foi no caso do movimento de repudio a esta novela global, entretanto, sempre será necessária alguma faísca para o fogo começar... O processo democrático nas redes sociais tende à maturidade e, com esta, serão aprimorados os filtros de relevância das pessoas, diluindo o poder dos  manipuladores contumazes. 

Um povo que corre atrás dos seus direitos, processa empresas e governos, se mobiliza, boicota, toma as ruas, levanta bandeiras, bate panelas, etc,...  Exercita as atitudes cívicas que fazem as grandes nações. 

Se as pessoas quiserem uma novela que possam assistir com a sua família, vou apoiar. Se as pessoas quiserem um governo corrupto, a mesma coisa. O bom é ver a cidadania em movimento, de pé, sem se render aos líderes populistas que lhes querem ˜coronelar".



Danilo Fernandes, para o Genizah






Apologética 4032055746593521595

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail