681818171876702
Loading...

Minha igreja entrou na esculhambação. Podes me indicar outra?


Zilton Alencar
Estou aqui, mais uma vez, às voltas com mais uma irmã em Cristo, aconselhando-a. Ela, meio que desesperada, me chamou hoje no chat do Facebook. Pela primeira vez ela o fez para tratar de assuntos relacionados à fé.

Ela me comunicou que seu “pastor” avisou que agora em diante aderirá às Campanhas e unções neopentecostais. Conhecedora da verdade das Escrituras, esta irmã se encontra terrivelmente incomodada e me pergunta:

“E agora, para onde vou? Em minha cidade, não temos Igrejas bíblicas; temos a ***** (denominação conhecidíssima em todo o País), mas que está pior que uma Universal! A igreja aonde congrego era a última que ainda resistia às heresias do neopentecostalismo, mas agora, abraça tais doutrinas falsas, e comunica o fato de púlpito! Para onde vou, irmão Zilton?”.

Confesso que não tive o que responder de imediato!

Sou uma pessoa que aconselha muitas pessoas neste Brasil através das redes sociais, e passo por este problema: para onde enviar as ovelhas feridas? Aonde irão congregar? Em alguns locais, nem mesmo reuniões adenominacionais existem (os chamados pejorativamente de desigrejados, e alguns são realmente caricatos e dignos de tratamentos pejorativos, mas me refiro aos grupos sérios). As Igrejas pentecostais históricas se rendem aos moveres antibíblicos do neopentecostalismo, e até algumas chamadas “igrejas tradicionais”, algumas que até Cessacionistas são, estão se dobrando a certas práticas que me desautorizam a enviar qualquer ovelha para lá!

Então, surgiu em minha mente uma pergunta, e a lancei no meu mural do acebook: Você é católico mas assim como Lutero, lendo as Escrituras, descobriu a salvação pela fé e creu em Cristo. O problema é que em sua cidade ou localidade só tem a Igreja Católica (da qual você ainda faz parte), uma Igreja Mórmon, um Salão do Reino das Testemunhas de Jeová e uma Igreja(sic!) Universal. Em qual destas você congregaria?

A maioria das respostas que recebi no Face foi: “eu congregaria em casa!”. E eu concordo! Não é possível encontrar-se com Cristo e congregar em uma “igreja” aonde o Evangelho genuíno, o puro leite não falsificado, não é pregado.

Mas... E se na placa da Igreja em questão está escrita “IGREJA EVANGÉLICA”, e mesmo assim lá não é pregado o Evangelho verdadeiro? Posso congregar em uma “igreja” destas??

Gostaria de seguir o mesmo raciocínio: se numa Igreja Mórmon, por exemplo, aonde a doutrina verdadeira não é pregada, eu não devo congregar, por que deveria fazê-lo em qualquer outra, mesmo que debaixo do status de “Evangélica”, aonde a verdade igualmente não é pregada?

No caso, qual a diferença entre pregar uma falsa doutrina dentro de uma “igreja” Mórmon e dentro de uma “igreja” cuja placa diz ser Evangélica? A placa santifica a doutrina? O nome, o status, justifica o erro?

Por que uma heresia pregada em uma igreja como a Mórmon ou como a das Testemunhas de Jeová é uma heresia, mas a mesma heresia, ou pior, pregada dentro de uma “igreja” que se autodenomina “Evangélica” é perdoável, suportável e até justificável?

Por que temos tanto cuidado e pavor em mandar um novo convertido para congregar em uma Igreja Mórmon, considerando as heresias que são pregadas lá, e não temos o mesmo cuidado e pavor ao permitir que ele congregue em uma “igreja” apóstata?

Vale a pena aconselhar uma pessoa assim a não congregar, ficar em casa, e correr o risco de vê-la esfriar da fé ou mesmo desviar-se da fé por não estar unida a outras pessoas que comungam da fé cristã, ou correr o risco de mandá-la a uma “igreja” apóstata e ela se desviar da sã doutrina, abraçando doutrinas de homens e de demônios?

É uma pena, mas... antigamente, diante de um novo "convertido", aconselhávamos: "procure uma Igreja evangélica próxima a sua casa", mas hoje este conselho é impraticável, já que o joio tomou conta da maioria das "igrejas" a ponto de não visualizarmos mais o trigo!

Assim, se eu puder aconselhar a esta irmã, será:

Fique em casa. Procure um grupo adenominacional sério, e passe a congregar com eles, nos lares. Caso não exista em seu meio um grupo assim, procure criá-lo junto com alguns outros irmãos que anseiam pelo Evangelho genuíno, um grupo de oração e estudo da Palavra em seu lar. Só não se meta em, no futuro, querer transformá-lo em "igreja". Se um dia o Senhor levar uma Igreja séria à sua Comunidade, quem sabe você e seu grupo encontram um novo ambiente de adoração genuína ao Senhor...

Suporte, irmã, a perda! Sei que é difícil, dificílimo, abandonar uma comunidade aonde fizemos muitas amizades, da qual e dos quais até a nossa vida social depende. Entretanto, mais vale a perda do que conviver com o erro, achando-se que estamos adorando a Jesus...

Sirva a Cristo, e não desista. Por mais doloroso que seja, Cristo é a melhor opção!

Desculpem, mas minha consciência não permite dar um conselho diferente! Para mim, encaminhar a ovelha para um covil de lobos é um pecado gravíssimo, que eu farei tudo o que me estiver ao alcance para não cometer!



O Zilton é Esquizilton, mas boa gente!




Capa 3979240564653818142

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail