681818171876702
Loading...

O recrutamento massivo de crianças pelo Estado Islâmico



CERI

O avanço do Estado Islâmico (EI) no território do Iraque e da Síria conta, periodicamente, com novas estratégias para consolidar a sua posição. O recrutamento de crianças para as suas frentes de combate não se refere à escassez de combatentes, mas à preparação de futuros soldados para o Califado. Não há informações sobre o número exato de crianças-soldado, mas acredita-se que são centenas. Os meninos são recrutados a partir dos seis anos de idade, passando a executar diversas tarefas que vão desde a participação em combates até à realização de serviços de espionagem. Além dessas atividades, eles prestam serviços na cozinha, são usados para fazer transfusões de sangue em combatentes feridos em batalhas e também são doutrinados para serem suicidas[1].

De acordo com a ONU, o Estado Islâmico tem cometido crimes de guerra, “de um modo sistemático e organizado”[2]. O painel de investigação da ONU concluiu que o Estado Islâmico “prioriza as crianças como veículo para garantir a lealdade a longo prazo, a adesão à sua ideologia e um grupo de combatentes consagrados que irão ver a violência como um modo de vida”[3]. As crianças são recrutadas a partir de propostas de educação gratuita ou são retiradas de suas famílias. As aulas visam apenas o ensino da religião islâmica e o treinamento militar. Em Mossul, no norte do Iraque, as aulas de Educação Física foram substituídas por aulas de Artes Marciais[4].

A ideologia islâmica radical faz parte da preparação dos combatentes do futuro. A doutrinação é um mecanismo adotado pelos radicais para assegurarem a lealdade de seus futuros soldados aos objetivos do Califado. Fred Abrahams, assessor especial da Human Rights Watch, entrevistou um homem, no Iraque, que havia escapado de uma prisão do Estado Islâmico e afirmou ter testemunhado a retirada, pelos insurgentes, de meninos de suas famílias para que eles recebessem treinamento militar e religioso[5]. O EI não esconde a participação de menores de idade entre os seus combatentes. Há vídeos que mostram o aliciamento de crianças e a expectativa de futuro do grupo em relação aos pequenos guerreiros[6].

A Vice News (canal de notícia global) teve acesso a um desses vídeos e conseguiu a manifestação de um homem ligado ao Estado Islâmico que fez a seguinte declaração: “nós acreditamos que esta geração de crianças é a geração do Califado. Se Deus quiser, esta geração vai lutar contra os infiéis e apóstatas, os norte-americanos e os seus aliados”[7]. Neste contexto, torna-se claro que o Estado Islâmico possui um plano que se estende para o futuro, no qual as crianças fazem parte da construção de um Exército de combatentes preparado para hostilizar o Ocidente e tudo aquilo que contraria os ideais do islamismo radical.

Objetivamente, eles estão determinados em consolidar o Califado, através da preparação militar e doutrinária de jovens mujahedin. A ONU e as organizações para os Direitos Humanos não conseguem coibir o aliciamento de menores. Na verdade, a aplicação do Direito Internacional para proteger o ser humano perde eficácia quando se trata de grupos não estatais e, principalmente, quando um desses grupos não reconhece a legitimidade da lei. Enquanto isso, aumentam as dificuldades para neutralizar o Estado Islâmico que, de certo modo, ignora a comunidade internacional e representa um desafio para a ONU e as demais instituições ligadas aos Direitos Humanos.


—————————————————————————

Fontes Consultadas:


[1] Ver:

http://www.foreignpolicy.com/articles/2014/10/24/children_of_the_caliphate_iraq_syria_child_soldiers

[2] Ver:

http://www.haaretz.com/news/middle-east/1.627991

[3] Ver:

http://www.haaretz.com/news/middle-east/1.627991

[4] Ver:

http://www.rferl.org/content/islamic-state-child-fighters/26666558.html

[5] Ver:

http://www.foreignpolicy.com/articles/2014/10/24/children_of_the_caliphate_iraq_syria_child_soldiers

[6] Ver:

http://www.foreignpolicy.com/articles/2014/10/24/children_of_the_caliphate_iraq_syria_child_soldiers

[7] Ver:

http://www.foreignpolicy.com/articles/2014/10/24/children_of_the_caliphate_iraq_syria_child_soldiers

Imagem “Crianças recebem instrução militar em campo de treinamento do Estado Islâmico” (Fonte):

https://cdn1.lockerdome.com/uploads/8d31bbac5450da42d29ca15fc6481d43a7a18d27fc1cdf04d2fd7a12ec4364e7_large

Estes são os facínoras com quem a presidANTA quer negociar...



Notícias 3771619725455895916

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail