681818171876702
Loading...

Bodas do Cordeiro



Rosana Steimbach


Noivos são assim.

Às vezes o noivo vai à casa da noiva.

Ele a visita, eles conversam, ela oferece coisas para ele, e ele as recebe com satisfação.

Ambos compartilham do que tem feito um ao outro.

E assim abrem suas vidas e se sentem completos assim.

Eles brincam, eles cantam, eles matam as saudades. São momentos muito felizes.

Desfrutam com tanta leveza de cada detalhe que parece até que são momentos eternos.

Todo o resto da casa parece estar mudando enquanto eles se relacionam.

E os amigos do noivo se alegram!

Outros dias são ao contrário, é a noiva que vai até a casa do noivo.

Isso é mais raro e por ser assim também é mais intenso.

Percebe-se no noivo uma alegria inefável ao receber a noiva em sua casa.

É como se seu olhar expressasse braços bem abertos para ela. Mas na casa do noivo é diferente. É como se ela se sentisse em terra estranha, por isso ela procura não perder os olhos do noivo, só assim ela se sente acolhida. São momentos simples, únicos, gloriosos e que eles se adoram! Eles ainda são noivos, não moram no mesmo lar. E ainda estão separados por diversas circunstancias e motivos. Mas a distancia de seus lares não impede o seu amor de continuar. A esperança de um dia estarem juntos eternamente é o que faz que cada dia tenha real sentido. Os seus corações estão unidos e é isso que garante o casamento. Seus corpos distantes momentaneamente e não para sempre. Eles se encontram e esses encontros fazem o amor aumentar a fé se fortalecer e a esperança se renovar!

Venham todos os que têm sede!

Mesmo aqueles que não têm dinheiro vêm!

Bodas do Cordeiro!
Artigos 4312112222299789407

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail