681818171876702
Loading...

Atenção Brasília: Um Judas na bancada evangélica




Ronaldo Fonseca, da Assembleia de Deus, deputado federal ( PROS-DF).


Explico.

Logo, você entende e se revolta.

E não há muito o que argumentar. Basta o leitor dar um click no vídeo abaixo e assistir à belíssima  apresentação do deputado da família, combatente do kit gay, do PL122 e outras ameaças à família. Tudo no melhor crentês possível!

Em linhas gerais, o deputado e presidente do “PROS” se vende como o paladino da causa evangélica. E o leitor que busca um deputado conservador, comprometido com as causas da família cai na armadilha do deputado que sobe o palanque com a Bíblia nas mãos e, logo adiante, dá as mãos ao PT.




Então, o que você diria se soubesse que apesar de todo este discurso contra os ataques  à moral e aos bons costumes o tal deputado fez uma coligação com o PT no Distrito Federal? Coligação esta que, pelas regras do jogo eleitoral, ao votar no referido deputado, o seu eleitor, um evangélico iludido do Distrito Federal, estará ajudando a eleger os deputados do PT?

É ISTO MESMO! Na frente, o nobre deputado  diz combater os projetos anti-cristãos do PT e, por trás, se coliga com o PT.

Ao votar em Ronaldo, você ajuda a eleger deputados federais do PT pelo Distrito Federal. E não quaisquer deputados! Mas e, exatamente, aquela deputada por trás das mesmíssimas obscenidades que o senhor Ronaldo Fonseca denuncia em seu vídeo eleitoral: A deputada Érika Kokay (PT-DF).

Cirurgia de troca de sexo para crianças


Kokay é a coligada de Ronaldo Fonseca
A senhora KOKAY, juntamente com o Sr. Jean Wyllis são autores do projeto de Lei 5002/2013 - LEI DE IDENTIDADE DE GÊNERO. Uma aberração propondo facilitar aos gays todo o processo de mudança de sexo, da troca de nome e documentos até as cirurgias necessárias. Incluindo neste benefício também menores de idade. A principio, os menores teriam de ter a autorização de seus pais ou tutores, contudo, caso estes se recusem a dar a autorização, o menor poderá recorrer a Defensoria Pública.


Reforçando: Mesmo se não houver consentimento dos pais para que a criança troque seu nome e faça a cirurgia de mudança de sexo, essa criança pode autonomamente procurar a defensoria pública para garantir que sua vontade seja atendida.

Confira AQUI o inteiro teor do PL diretamente no site da Câmara.

Pelo projeto, fica garantido e desburocratizado o direito da criança de ser tratada conforme o gênero escolhido por ela. Por exemplo, se nasce homem e quiser ser tratado como mulher basta ir ao cartório, sem demasiadas burocracias e mudar seu prenome de João para Maria, e por conexão todos os documentos serão modificados em adequação ao novo nome. Dai é só iniciar o tramite para marcar a cirurgia de mudança de sexo.

Obviamente, o deputado Ronaldo Fonseca, a julgar pelo vídeo acima deve ser contra a mais esta obscenidade do PT. Contudo, decide coligar o seu pequeno partido, no qual manda e desmanda, com o PT e, com isto, favorecer o coeficiente eleitoral do PT.

E você, meu caro leitor evangélico, que teme que a senhora KOKAI e o senhor Wyllis se reelejam, certamente, nunca imaginou que certos membros da bancada evangélica ao invés de lutarem para manter esta corja longe do Congresso Nacional, ao contrário, enquanto vendem uma imagem de crente no vídeo acima, tal feito um Judas, se vende por 30 milisegundos de TV e contribui para entregar as nossas crianças nas mãos do mal.

 Os ateus não precisam se preocupar em eleger KOKAY. Os evangélicos irão ajudar!

Quem pode explicar isto?




política 7993624510615262164

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail