681818171876702
Loading...

CAPACIDADE CRIATIVA OU ABERRAÇÃO INTERPRETATIVA?





Altair Germano




É brincadeira o que alguns pregadores estão fazendo com o texto bíblico, usando e abusando de alegoreses, tudo em nome de uma pseuda revelação espiritual na leitura texto sagrado. São verdadeira aberrações interpretativas, que fazem a própria Bíblia gemer.

Pregadores precisam entender, que como porta vozes de Deus, devem ser fiéis ao que o texto bíblico realmente diz, considerando as questões históricas e gramaticais, para só então fazer a devida aplicação, sem maiores apelações.

É incrível o que alguns conseguem fazer com vasos, panelas, peixe frito, fogueiras, camas, colunas, árvores, cachorros lambendo chagas, túnicas, varas, potes, etc.

Criatividade sem responsabilidade, em termos de interpretação e pregação bíblica, é algo muito sério. Dizer o que Deus não disse na Bíblia, é agressão, deturpação e manipulação textual. É falta de temor.

Longe de demonstrar capacidade criativa, o que os tais pregadores/ensinadores fazem, são, na realidade, aberrações interpretativas.

Esse tipo de alimento não nutre a igreja, só enche barriga.

Leia sobre Interpretação Bíblica em:

A HERMENÊUTICA DE CALVINO (Martorelli Dantas)A HERMENÊUTICA DE BULTMANN (Esdras Bentho)HISTÓRIA DA INTERPRETAÇÃO CRISTÃ DA BÍBLIA (Monergismo)INTERPRETAÇÃO ALEGÓRICA Wikipédia)LUTERO AINDA FALA: UM ENSAIO EM HISTÓRIA DA INTERPRETAÇÃO BÍBLICA (Augustus Nicodemus)

Leia sobre abusos exegéticos e interpretativos em:

O SEU NOME NÃO É JÁ
PENSO
VERBORREIA EXEGÉTICA
PAPAGAIOS NÃO PENSAM



Fonte:  Altair Germano



Apologética 1658745379721756568

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail