681818171876702
Loading...

A caneta ungida para concursos e outras tretas


Povo de Deus,

Pense numa caneta poderosa!

Este pessoal da seita Universal do Macedão Aborteiro não cansa de arrumar uma treta para enganar um leso.

E pensar nas minhas noites mal dormidas nos tempos de vestibular, nas provas do mestrado e as teses! Tss. Tss. Bastava comprar uma caneta desta ai do vesgo, já ungida, ainda levava pro meu amigo Feliciano dobrar a unção e... Pronto. Quinze anos na praia! Diplomas na parede, só no sapatinho de fogo! Sou um abestado mesmo de não ser da IURD. Isto é que é seita boa!



Toinho, meu amigo lá perto da paróquia do Rubinho, em Beraba, vizin de Berlândia foi quem deu a solução para o causo. Foi no tal pastô e perguntou quanto era a caneta:

- O dízimo do salário anual do concurso que tu vais prestar, adiantado, na fé de Cerrullo, Caetano, Gil e Malafaia.

- Mas pastô é muito! É a conta certa do meu sítio, mais a malhada e o arreio da mãe da malhada e a dentadura da sogra.

- Pois se o irmão não tem fé, não vai passa no concurso para fiscal da prefeitura, não vai deixar de ser peão!

O Toinho matutou, matutou, rezou para seu Edi Maiscedo e disse:

- Dá cá a caneta que eu vou fazer um cheque.

- Cheque Toinho?

- Craro! Se a caneta é boa o dinheiro vem desta conta que num é minha, do banco que num é meu, deste cheque todinho preenchido na fé, dum nome de um fio de uma rapariga que virou bispo.


E eu fico aqui a me perguntar se quando o pilantra do Malafaia pede uma semente de um aluguel para “deus” ajudar e liberar a bença para comprar a casa própria, se não é a mesma safadeza ou a diferença é o Cerrullo e a dublagem tabajara do Alencar...

Já você, ficou a se perguntar qual seria o tal elemento sagrado, não é mesmo? 

É extrato de burrice decantado na vadiagem, meu fio!




Dauturia de Danilo do Genizá
Dica do vídeo do Maximiliano Mendes




humor 2383244701852961631

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail