681818171876702
Loading...

A MARAVILHOSA DESGRAÇA



Se está doente vai ser curado, se está desempregado vai arrumar emprego, se o casamento vai mal será restaurado, se mora de aluguel vai ganhar casa própria...

Este é um dos grandes problemas do cristianismo brasileiro (pra não dizer universal - não, o trocadilho não foi intencional). O povo só sabe pregar a Cristo através da desgraça. É o famoso evangelho Hollywoodiano: "Venha pra Cristo e tudo vai ficar bem! Vocês serão felizes para sempre!" Ou se preferir, o evangelho Tabajara: "Seus problemas acabaram!"

E quando aparece uma família bem estruturada, um exemplo de boa moral, com a saúde nota 10, mas que não tem a fé em Cristo, o crente não sabe o que fazer... "Meu Deus, e agora? Como vou falar de Cristo se não tem desgraça?"

Nossos púlpitos precisam começar a ensinar Cristo através da graça, e não da desgraça, para que as pessoas se acheguem a Deus pelo que ele É e não pelo que ele pode dar. Quando procuramos a igreja por causa do milagre, da bênção ou pra tocar nas vestes de Jesus, sabe o que acontece? Cristo sobe no barco e se afasta da multidão...

A Bíblia nos ensina que Cristo morreu por todos e abençoa a todos, independente do que fazemos ou deixamos de fazer. Você é bom moço? O amor de Cristo por você permanece intacto. Você é um assassino ateu? Idem. A salvação não vem por obras ou bom comportamento, mas pela fé, e só! O Evangelho não é pó mágico e Jesus não é gênio da lâmpada. Os problemas não acabam quando conhecemos a Cristo, o que acontece é que tendo certeza de quem Ele é, posso descansar diante das tempestades. Meu futuro é certo e não é deste mundo!

Quando entendemos a graça reconciliadora, vamos aos poucos aprendendo a encarar os problemas a partir da ótica de Cristo, por isso ficam mais leves e por vezes até somem. Dando lugar ao Espírito e não a carne, a possibilidade da desgraça cai, e muito! É isso que é acontece. Não é mágica, é o viver em Cristo. Voltamos ao ser original, a imagem e semelhança de Deus. Deixamos de ser conhecedores do bem e do mal e confiamos essa tarefa ao único que deveria ter ficado com ela. E Deus, através de Jesus, nos diz como ser uma boa mãe, boa esposa, boa profissional, boa vizinha, boa amiga...

Os milagres podem vir? Claro! Ele veio para libertar os cativos, dar vista aos cegos, curar os enfermos? Sim! Mas esta não deve ser essência de nossa pregação. Fomos chamados a pregar a MARAVILHOSA GRAÇA. Se o milagre vier, bem, se não vier, devemos glorificar a Deus da mesma maneira!

"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus!"


Dani Marques é colunista do Genizah




 

Apologética 131351249265677616

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail