681818171876702
Loading...

Liberalismo fustiga a Igreja Presbiteriana nos Estados Unidos. Uma de suas maiores congregações abandona a PCUSA


Rev. John Ortberg

Membros de uma das maiores e mais conhecidas congregações da igreja Presbiteriana (EUA) decidiram deixar  a denominação, mesmo tendo de enfrentar custos da ordem de nove milhões de dólares

A congregação de Menlo Park Presbyterian é baseada na área da baia de São Francisco e é liderada pelo conhecido autor e pastor John Ortberg. É a nona maior igreja presbiteriana dos estados unidos com cerca de 4.000 membros, incluindo a ex-secretária de Estado, Condoleezza Rice, a mulher-forte dos governos dos Bush.

O movimento para deixar a PCUSA foi aprovado por 93 por cento dos membros da congregação, de acordo com a carta enviada por Ortberg a PCUSA. 

Foi determinado que para manter a propriedade onde se localiza a congregação seria necessário ressarcir à PCUSA em 8.890 mil dólares, entre outros aspectos tratados no acordo de saída.

Já há alguns anos a PCUSA vem sofrendo com discórdias na liderança e cismas decorrentes de posições muito liberais de alguns líderes da denominação. Um dos assuntos que mais tem dividido a igreja são os relativos a permissão de ordenação de ministros gays celibatários e a definição de casamento incluindo casais homossexuais. Questões obviamente inaceitáveis para qualquer cristão sério.

Menlo Park Presbyterian
O liberalismo teológico também fustiga a PCUSA. "Surpreendentemente, há muitos pastores PC (EUA)-ordenados que não acreditam, por exemplo, na divindade de Cristo, ou na salvação pela fé em Cristo", afirmou Ortberg em uma declaração oficial da igreja Menlo Park Presbyterian , referindo-se a uma pesquisa de opinião realizada em 2011 entre os membros nacionais da PCUSA. Surpreendentemente, na investigação apenas quarenta e um por cento da amostra concordou com a declaração, "Somente os seguidores de Jesus Cristo pode ser salvo." Um escandaloso indício de que o liberalismo está varrendo a PCUSA.

Os irmãos de Menlo Park Presbyterian votaram para participar de uma nova denominação chamada ECO, uma Aliança de Evangélicos presbiterianos, que já atraiu 115 outras igrejas presbiterianas desde que começou em 2012

A PCUSA tem 1,8 milhões de membros e está perdendo, em média 60.000 por ano, de acordo com a própria denominação



Com informações do Washington Post









 

religião 7621657188187117779

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail