681818171876702
Loading...

SOLTEIRAS A PROCURA DE UM MARIDO CRISTÃO!


"Estou apaixonada! Ele é tão bonito, tão correto e honesto. Está sempre na igreja, é filho de pastor, sempre envolvido nas programações. É o cara que sempre sonhei. Vou investir!" Esta é uma frase que costumo ouvir com bastante frequência. Nem sempre com as mesmas colocações, mas sem dúvida regada pelos mesmos desejos e sentimentos. As vezes o rapaz em questão não é filho de pastor, mas é líder do louvor. Em outras, não frequenta nenhuma igreja, mas demonstra ter muita fé em Deus e engajamento em trabalhos sociais. Em alguns relatos, o rapaz é um bom filho, trabalhador e honesto, e com frequência costumo escutar: "Ele disse que está disposto a frequentar a minha igreja. Já ouvi tantos casos de maridos que se converteram depois de casados... Talvez esta seja a minha missão!" Bom, como sou casada, já passei por esta fase e estou cansada de ouvir relatos de mulheres que, quando solteiras foram iludidas e inebriadas pela paixão, creio que seja de vital importância um chacoalhão amoroso nas damas solteiras desesperadas por um marido. O meu desejo é fazer com que voltem imediatamente ao planeta terra, evitando assim que mais vidas e famílias sejam destruídas.
A paixão é natural, saudável e deliciosa, mas não posso deixar de dizer que é igualmente perigosa. O desespero pelo casamento, o desejo sexual ou o medo de ficar sozinha, normalmente são os grandes responsáveis pela destruição de centenas de lares e vidas, por isso resolvi deixar este alerta. Se você se encontra nessa situação, peço de todo o meu coração que clame a Deus para que sua razão fale mais alto que a emoção.
Já ouvi dezenas de relatos de rapazes aparentemente corretos, frequentadores de igreja, honestos, bem intencionados e etc, que depois de casados fizeram da vida da esposa um inferno: adultério, homossexualidade, masturbação, ciúmes doentio, vícios, pornografia, perversão sexual, comodismo, entre outros. Por isso digo que a prioridade neste momento é orar pedindo a Deus forças, sabedoria e domínio próprio. Coloque os dois pés no chão e se ligue nos detalhes.
Antes de namorar, ficar ou transar com um rapaz (sendo que considero as duas últimas opções insanidade mental para as conhecedoras do Evangelho), precisa conhecê-lo muito bem. Deve descobrir quais são os seus hábitos, seu caráter, como lida com sua família, trabalho, sexualidade e etc. Frequentar uma igreja e suas programações não quer dizer absolutamente nada! Já atendi casos de meninas que foram abusadas na infância por pastores casados, com filhos e que eram referência de cristão na cidade. Também já ouvi relatos de namorados certinhos, que frequentavam as programações da igreja, mas que na lua-de-mel disseram à esposa: "A partir de hoje não vou mais a igreja. Fiz isso só pra te agradar e conquistar. Agora chega!". Tive a oportunidade também de ouvir testemunhos de mulheres abusadas sexualmente por seus maridos "cristãos" viciados em sexo anal, e que tiveram a sua vida destruída física e emocionalmente.
Portanto, o que deve ser observado neste momento é o caráter da pessoa e o relacionamento dela com Deus. Perceba se ele realmente tem buscado viver de acordo com o que Cristo ensinou, mas para isso, você precisa conhecer a Cristo, obviamente. Leia o Novo Testamento de cabo a rabo, de cima pra baixo e de frente pra traz, especialmente os Evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João. Vá aprofundando a amizade aos poucos, com calma, não permitindo que a paixão atropele as coisas. Não tenha pressa, neste momento ela é sua pior inimiga. Por outro lado, a oração e sabedoria vinda de Deus serão suas maiores aliadas.
Aqui estão cinco conselhos importantes e essenciais. Leve cada um deles em consideração no momento de tomar a sua decisão. O homem perfeito não existe, mas se permitir que Deus direcione suas decisões, evitará grande sofrimento e fará com que a experiência do casamento seja especial e edificante. Um homem cheio de Deus é aquele que busca a santidade e não vive de aparências. E ser santo não significa não pecar, mas sim viver com integridade. Um homem íntegro erra, claro, mas é capaz de assumir seus erros, pontos fracos e de buscar ajuda, especialmente em Deus. O casamento pode se tornar uma das experiências mais fantásticas e transformadoras da sua vida se estiverem vivendo no centro da vontade de Deus. Sou prova viva disso!
Bom, vamos ao que interessa: 
"1. Ele vai impactar você espiritualmente? Se o rapaz não tem um relacionamento sério com Deus, pare por aí, mesmo que ele pareça estar aberto a mudanças. Uma decisão tomada no ímpeto da paixão poderá custar o seu desenvolvimento espiritual, abrir espaço para inúmeras tentações, sufocar a sua vida de oração, fazer com que seu tempo de estar com os irmãos na fé se torne difícil e causar enormes conflitos familiares no futuro. Se o rapaz em questão for declaradamente cristão, ele irá acompanhá-la em oração, leitura bíblica, cultos familiares e nos momentos de estar com os irmãos na fé? Ou você vai viver por conta própria? Ele fará do crescimento espiritual uma prioridade ou fará com que outras coisas venham em primeiro lugar? Ele vai se preocupar com o estado de sua alma para que possa ajudá-la a crescer em santidade e amor a Cristo, ou deixará isso com seu pastor/padre? Ele vai liderar seus filhos nisto ou você terá que tomar a dianteira? Muitas mulheres se casaram com homens imaturos espiritualmente, pensando que isto não seria um grande problema ou que o marido mudaria com o passar do tempo... Elas estavam enganadas e hoje carregam grandes cicatrizes. A saúde de sua eternidade está em jogo. Pense cuidadosamente.

2. Ele vai impactar você emocionalmente? O rapaz em quem você está pensando irá encorajá-la, amá-la, ser gentil e tentar compreendê-la, ou vai querer sair com os amigos quando você estiver tendo uma noite difícil? Ele vai te ouvir quando você estiver lutando com algo ou estará preocupado com o videogame? Ele ficará irritado quando você chora ou vai pegar lenços para enxugar as suas lágrimas e te dar um abraço? Ele vai buscar entender que você é, provavelmente, mais delicada do que ele, mais sensível aos problemas e comentários, ou ele vai, regularmente, sair pisando em seus sentimentos? As mulheres possuem necessidades emocionais, é de sua natureza. Qualquer rapaz que seja indiferente a seus sentimentos e autoestima é egoísta e deve ser descartado.

3. Ele vai impactar você fisicamente? O rapaz com quem você está irá te prover as necessidades básicas? Ele será capaz de te abrigar, vestir e alimentar? Será capaz de trabalhar em qualquer lugar para que não falte o sustento do lar? Um homem que não provê para seu lar é pior que um infiel (I Tm. 5:8). Você pode ter que ajudar a aliviar a sobrecarga financeira, mas, a menos que seu marido esteja inválido ou em alguma outra circunstância incomum, você não deve ter que carregá-la sozinha. Perceba também como ele lida com as dívidas. Ele assume seus compromissos? Atrasa pagamentos? Omite informações importantes? Seu extrato bancário é acessível à você ou trancado a sete chaves?
O homem que está na sua mira se preocupará com seu corpo ou abusará dele? Se ele te dá pequenos tapas, chutes, empurrões ou beliscões enquanto namoram, saia dessa. É quase garantido que ele vai abusar de você depois do casamento, inclusive quando estiver grávida. Estatísticas comprovam isso. Ele vai cuidar e proteger o seu corpo ou vai feri-lo? O homem com quem você está irá cuidar de você sexualmente? Ele vai honrar o leito conjugal em fidelidade física e mental ou vai flertar com outras, alimentar o vício em pornografia, forçá-la a certos tipos de sexo ou mesmo deixá-la por outra mulher? Ele vai ser carinhoso e gentil com você na cama? Você nem sempre pode prever estas questões, mas se as sementes ou práticas já estão presentes, cuidado. Casais de noivos precisam conversar abertamente sobre o assunto para que não hajam tristes surpresas após o casamento. Seu corpo necessita de cuidados e proteção.
 
4. Ele vai impactar você mentalmente? O homem em quem você está pensando será uma fonte de preocupação ou ele vai ajudá-la a lidar com suas preocupações? Ele vai incentivar o seu desenvolvimento intelectual ou vai negligenciá-lo? Ele vai valorizar suas opiniões e ouvir o que você está pensando ou vai ignorar os seus pensamentos? Ele vai te ajudar a controlar o estresse de modo que sua mente não fique tão sobrecarregada ou vai deixar você lutar com os problemas sozinha? Ele vai cuidar de você e ser atencioso se você estiver enfrentando tensão mental ou vai ignorá-la? Eu conheço uma mulher que pôde lidar com a gravidez e com o parto muito bem fisicamente, mas a depressão pós-parto exerceu um impacto enorme em sua mente. O marido ignorou isso, continuando a ter mais filhos, até que sua esposa acabou numa instituição para portadores de deficiência mental. Você pode pensar que o lado intelectual ou mental de um casamento é de pouca importância. Ele é mais importante do que você imagina! Considere-o seriamente.

5. Ele vai impactar os seus relacionamentos? Como é seu relacionamento com sua mãe? Seu pai? Você os ama? Seu namorado os ama? Imagine daqui a dez anos: você diz ao seu marido que sua mãe está vindo passar o fim de semana. Ele estará animado? Desapontado? Zangado? Fazendo piadas maldosas com seus amigos? Claro, o marido deve vir em primeiro lugar na sua prioridade de relacionamentos, assim como vocês dois devem deixar pai e mãe e se unirem, mas os pais ainda são uma grande parte do quadro. Quaisquer que sejam os sentimentos negativos dele sobre seus pais agora, provavelmente serão ampliados após o casamento, acredite! Seu casamento irá fortalecer ou prejudicar – até mesmo destruir – a sua relação com seus pais. As pessoas que te conhecem melhor e te amam, podem ser cortadas do seu convívio por um marido que as odeia. O mesmo acontece com irmãs e amigas. Elas serão bem-vindas em horários razoáveis em sua casa? O rapaz com quem você está irá encorajar seus relacionamentos saudáveis com outras mulheres, ou vai ficar com ciúmes de suas amizades? Ele vai ajudar você a aconselhar mulheres mais jovens e ser grato quando às mulheres mais velhas aconselharem você, ou ele vai depreciar essa prática? Não sacrifique bons relacionamentos por causa de um rapaz que não consegue valorizar as pessoas que você ama e que amam você. E o que a família dele pensa a seu respeito? Estão de acordo com este relacionamento? Tratam-na com amor, aceitação e carinho? Se a resposta for negativa, descarte a ideia imediatamente ou prepare-se para receber altas doses de rejeição (se é que isto é possível), colocando em risco sua saúde física, mental, espiritual e o seu próprio casamento.

Esta é apenas uma amostra das formas que um marido pode abençoar ou amaldiçoar sua esposa. Os efeitos são de longo alcance, de longa duração e podem ser maravilhosos ou insuportáveis. É verdade, não existem homens perfeitos, mas sim, existem grandes homens, verdadeiros homens de Deus! E é melhor estar solteira ao longo da vida do que casar com alguém que irá tornar sua vida um fardo. A solteirice pode ser ótima. O casamento com a pessoa errada um pesadelo!

Não esteja tão desesperada para se casar a ponto de deixar que seu casamento seja uma tristeza. Se você estiver em um casamento infeliz, existem maneiras de obter ajuda. Mas se você não é casada, não se coloque nesta situação. Não se case com alguém cuja liderança você não pode seguir. Não se case com alguém que não está buscando amá-la como Cristo amou a igreja. Case-se com alguém que conhece e demonstra o amor de Cristo, à você e aos que o cercam."¹

As decisões e atitudes tomadas durante a vida de solteira são como peças de um quebra-cabeça que se encaixarão na sua vida de casada. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!

Daniela Marques

¹Pro Rebecca VanDoodewaard. Website: www.thechristianpundit.org. Original: It Matters Whom You Marry. Traduzido por Arielle Pedrosa e gentilmente cedido pelo blog Mulheres Piedosas. Por iPródigo.com. Original: Com quem você se casará é importante! (adaptado e comentado por Daniela Marques)
 
 
 
 
 





 

relacionamento 4727433936009255166

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail