681818171876702
Loading...

Mike Murdock volta ao programa do Silas Malafaia em fevereiro. Segurem suas carteiras e objetos de valor!





Vera Siqueira

Já está virando tradição: todo início de ano o Malafaia traz ao seu programa televisivo o “Dr.” Mike Murdock e, no meio do ano, o “profeta de deus” Morris Cerullo. E claro, nesse ano, mesmo com Copa do Mundo e eleições, não poderia ser diferente, afinal o Malafaia, apesar de estar listado pela revista Forbes como um dos pastores mais ricos do Brasil, ainda assim quer o meu e o seu dinheiro.

Assim, o Silas Malafaia já começou a anunciar a vinda de um dos seus professores americanos de Teologia da Prosperidade, aquela teologia tosca e demoníaca que ensina o contrário do que Jesus nos ensinou. Enquanto Jesus ensinava que é muito difícil um rico entrar no Reino dos Céus, a Teologia da Prosperidade diz que Deus quer que os seus seguidores sejam ricos, afinal são filhos do rei, são cabeça e não cauda. Enfim, a Teologia da Prosperidade se apropria de versículos isolados, muitos deles direcionados ao povo judeu em determinada época, e faz seus seguidores pensarem que isso é o que Jesus nos ensinou. Um diabólico embuste, no fim das contas, com o fim de afastar as pessoas do Evangelho de Jesus Cristo.

Abaixo o vídeo de cerca de três minutos, onde o Malafaia anuncia a entrevista especial com o “Dr.” (?) Mike Murdock. Desta vez, para garantir a audiência, ele descreve o tema da mensagem do Murdock: as quatro atitudes para NUNCA (pode ver no vídeo, é isso mesmo), nunca perder o emprego ou arrumar um emprego. Só não fala quanto vai custar para o fiel essa “bênção especial” do tal doutor (em quê?) Mike Murdock.

Sim, pois é claro que vai ter um preço! Desde 2010 o Malafaia traz o Murdock e o Morris Cerullo, e sempre há um preço (alto) que o fiel tem que pagar para receber as bênçãos prometidas. Como estamos falando do Murdock, revejamos os preços anteriores:

- 2010: R$ 1.000,00 em troca de salvação de toda a família, restituição de 7 vezes mais do que perdeu e o aparecimento de alguém muito rico para abençoar o ofertante ;

- 2011: R$ 1.000,00 em troca da pessoa ser sempre honrada, o ganho de uma casa própria totalmente quitada e um manto financeiro para nunca passar necessidade e ser próspero sempre;

- 2012: “xepa gospel” – 12 parcelas de R$ 30,00 em troca de salvação de toda a família (de novo, talvez porque a salvação que eles vendem tem curta duração) e a unção financeira (que não pode faltar). E para quem tem mais fé ($$$), 12 parcelinhas de R$ 1.000,00, que darão direito a bênçãos milionárias ;

- 2013: acabou a promoção – R$ 1.000,00 em troca de uma visitação extraordinária do Espírito Santo, cura de todas as doenças e muito, muito dinheiro (para os empresários que dessem R$ 12.000,00, seus negócios dobrariam ).

Vender bênçãos já é uma grande heresia. O que dizer, então, da venda da salvação para toda a família e da venda de uma visitação extraordinária do Espírito Santo??? De que adianta o Silas Malafaia citar versículos de cor e salteado, se não os compreende (pois se os compreendesse jamais admitiria tal profanação de Deus em seu programa)?




Sabe o que é isso?


“Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; e desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.” – 2 Timóteo 4:3-4

Dia 1o. de fevereiro saberemos o preço de mais uma profanação do Sagrado. O triste é que muitos pagarão o preço do engano.

Mas, se você não quiser gastar seu dinheiro com heresia e profanação, leia grátis, abaixo, o que a Bíblia ensina sobre “nunca perder o emprego”:

“Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” – João 16:33

E sobre “arranjar um novo emprego”:

“Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?” - Mateus 6:26

Ah, e claro, sobre a “importância do dinheiro”:

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.
E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.
E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.
E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,
Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.” – Atos 2:42-47

Esse é o Evangelho que desagrada Malafaia, Murdock, Cerullo e tantos homens e mulheres: o Evangelho da Porta Estreita:

“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.
Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.
Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.
Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.” – Mateus 7:13-23



Originalmente no blog da autora.



Malafaia não vale nada...







 

Silas Malafaia 5187323382141030623

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail