681818171876702
Loading...

A nova estratégia de Marketing da Igreja Universal

por Johnny Bernardo

Com características cada vez mais próximas de uma seita destrutiva, a Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) está em pleno desenvolvimento de uma nova estratégia de Marketing, liderada por seu bispo maior, Edir Macedo. Com a evolução da construção do Templo de Salomão (77% da construção já foi concluída) e a notícia de que Macedo mandou construir um túmulo no subsolo do Templo de Salomão (TS), para futuramente depositarem seus restos mortais, a meta da IURD é criar uma nova marca de liderança, um diferencial em relação às demais denominações evangélicas brasileiras.

Na Mundial do Poder de Deus o chapéu de vaqueiro aos poucos passou a ser associado à imagem do apóstolo Valdemiro Santiago, em uma jogada de Marketing somente superada pelo novo visual do bispo Edir Macedo. Segundo nota do portal iG, de 26/8/2013, os fieis da IURD foram surpreendidos pela aparição do Bispo com um item pouco ligado a sua costumeira imagem: a barba. Seria coincidência o fato de que o término da construção do TS está próximo? Ou seria, como escreve o colunista do RD1, do iG, Rogério Frandolozo, um simples “relaxamento”?

Surpreende pelo o fato de que o visual adotado por Macedo não condiz em nada com sua história eclesiástica e do perfil exigido de seus liderados. Parece mais que claro que o Bispo pretende associar sua imagem ao TS, em uma guinada que tem como foco à busca da liderança nacional, da consolidação dos planos da IURD para o Brasil. Ao mesmo tempo, intensifica-se a oposição à Igreja Católica (como demonstra um vídeo postado recentemente pela Igreja no YouTube, onde associa o papa à besta, e a ICAR à prostituta do Apocalipse). Ao focar em um adversário, e desenvolver uma nova imagem para seu líder, a IURD assume cada vez mais características de uma seita destrutiva.

Com uma legião de fieis controlados pelos representantes hierárquicos de Edir Macedo uma nova postura destrutiva terá espaço nos próximos meses ou anos, com a centralização da fé em torno do TS. O Bispo demonstra possuir transtornos de personalidade, frieza emocional, identificáveis ao longo de sua vida, como no relato de que ele pretendia cometer suicídio no período de seu trânsito religioso, quando passava por várias denominações religiosas. Macedo é um hábil manipulador de massas e enquadra-se em um perfil desenvolvido pelo pesquisador estadunidense Michael Green.

Em sua maioria, as seitas do mal ou destrutivas são fundadas por uma única pessoa que retém todo o poder na organização. Comumente, os líderes de novas seitas conseguem essa posição por terem, em algum momento, ideias contrárias ou extremas às de uma religião de que participaram antes. Depois de se retirarem ou serem banidos de seus antigos grupos, eles decidem criar um novo culto, apoiados por alguns membros solidários que os seguiram. Entre as principais características do líder de uma seita destrutiva destacam-se o carisma, o magnetismo pessoal e o entusiasmo pela causa que defende, ou “produto” que vende. Dono de uma habilidade que faz com que as pessoas o sigam sem questionamentos, comanda seus fieis como seus devotos. Praticamente endeusado, o líder se torna o comandante supremo e a sua vontade deve ser obedecida. (Seitas modernas, 2001, p. 14)

O bispo Edir Macedo possui basicamente todas as características do perfil descrito por Green, e com um agravante: seu desejo de poder, de domínio religioso, o torna uma figura passível de análises ainda mais profundas, de seu perfil psicológico, de liderança. A nova estratégia de Marketing da Igreja Universal poderá representar um perigo ainda maior, dada a continua centralização na figura do Bispo, o líder – nas palavras de Green – “supremo da Igreja”. É preciso muita cautela e está mais que na hora de uma intervenção pública, federal, nas neopentecostais, e em especial na Universal. Nos EUA, a influência de igrejas neopentecostais já fugiu ao controle público, e no Brasil a situação não parece ser diferente. Manipulação, controle social, diminuição da capacidade de discernimento, são as marcas da Igreja Universal do Reino de Deus.




Johnny Bernardo é jornalista, pesquisador da 
religiosidade brasileira e colaborador do Genizah

universal 7939675673235305982

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail