681818171876702
Loading...

O Estevam Hernandes tem razão! Já os conservadores...



Até o Estevam Hernandes já acha que certos sambinhas de uma nota só já não podem mais dominar a agenda da igreja, ou pelo menos, como a percebemos ao avalia-la a partir das esferas midiática e legislativa. E Deus me perdoe que para me fazer entendido tenha sequer admitido que a Igreja tenha esferas, tanto mais estas tais! 

Mas o leitor sabe que não falo da IGREJA, a testemunha, a coluna, o baluarte da Verdade... Estou falando deste movimento brasileiro cultural-religioso comumente reconhecido pelos que nele se aderem como a última Coca-Cola do Monte Sinai e pelos de fora como a bregolândia anacrônica de Genézio...



E como o próprio deixa bem claro no vídeo acima,   Hernandes entende que a igreja evangélica não tem nesta guerra santa dirigida aos gays a sua prioridade ou propósito. E não tem mesmo! A vasta maioria, até mesmo a banda podre, que o apóstolo tão bem representa, não aguenta mais esta cantinela homofóbica que desvia o foco do povo para o que realmente importa. 

O ódio nunca foi a marca da verdadeira igreja de Cristo e a nossa missão é bem outra, por Seus verdadeiros seguidores muito bem conhecida,  dada pelo próprio Jesus. Conclamar a santidade é coisa de dentro para dentro. Santidade é para ser direcionada para dentro e para fora, sempre em favor do PRÓXIMO! Venha a MIM o Vosso Reino, uma pinóia! Venha a NÓS! 

Ainda assim, é bom constatar que até mesmo os líderes corrompidos preferem virar o disco, ainda que seja para faturar vendendo mezuzás gospel, bíblias de prosperidade e água benzida nos montes, elevada nos lombos de bodes e etecetera e tal. 


E o Hernandes tem toda a razão (Risos!). A maioria dos evangélicos está preocupada com outras coisas e tem outras prioridades e Direção. Tá certo que nem toda gente segue as prioridades de Cristo e a Sua direção... Mas tem muito servo bom  seguindo a Cristo e não a um decoy gospel, feito umas ovelhas bobas...  

 Só não posso concordar com Estevam quando ele afirma que a maioria da igreja deva ser “conservadora por conta dos valores bíblicos...” Disto, meu caro Estevam, discordo veementemente.

Obviamente, denunciamos o pecado em NOSSAS vidas e, sendo por ai, está tudo certo... Queremos ser santos, como o nosso Pai o é. Afora isto, não sei acerca de quais valores bíblicos Hernades se refere quando pretende que o cristão seja um conservador. Seria este conceito mais amplo de ser “conservador”, tão em voga em nossas hostes? Seria este conservador alguém que se opõem ao projeto de justiça de Cristo? Seria este conservador alguém que julgue que não devamos ser agentes de mudança no mundo, mas coniventes com a injustiça, reclusos em nossos guetos? 


Ao que eu saiba, quem segue a Jesus Cristo, o real, o bíblico, jamais será conservador, exceto na consumação dos tempos, quando então estaremos diante do que é perfeito. De resto, o verdadeiro seguidor de Cristo jamais olhará para os valores deste mundo e os desejará conservar, jamais deixará de se irar com as injustiças, o egoísmo e a maldade. Nunca poderá se acomodar com a desigualdade social. Nunca irá desejar conservar as aflições sobre os oprimidos. Nunca, jamais, irá se dobrar ao sistema de injustiça que escraviza os homens e os condena a morte eterna. Sempre fará de suas prioridades, as prioridades de Cristo. Haverá de ser subversivo. Haverá de ser santo e, será assim, não para a sua própria vaidade, não para a sua própria salvação (?!), não para ser maior ou melhor, mas para ser o menor, para ser diácono, para ser sal, luz e ação a serviço de Seu Mestre. 

O verdadeiro seguidor de Cristo sabe, pois assim foi com Jesus, que a primeira resistência à sinalização do Reino em sua geração sempre virá dos religiosos, dos inimigos da Cruz desafiantes da Graça e do Amor. Infames religiosos que não se cansam de admoestar os que querem curar e acolher no sábado. Sábado sem fim. Sábado dos religiosos paralisando a igreja do Senhor por séculos e séculos. Sábado dos que não fazem e não deixam fazer. 


Danilo Fernandes, para o Genizah




 




Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail