681818171876702
Loading...

CASA DE DEUS, DIA DO SENHOR e OUTRAS MENTIRAS

Dani Marques


"Bom é estar em tua casa Senhor, bom é louvar teu Santo Nome...."
"Alegrei-me quando me disseram: vamos, vamos à casa do Senhor..."
"Na casa de meu Pai há unção e há poder..."
"Venham à Casa de Deus!"
"Domingo/Sábado é dia de estar na casa de Deus"
"Domingo é o Dia do Senhor"


Já ouviu isso em algum lugar? Vamos ver o que a Bíblia diz sobre o assunto:

"Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?" 1 Coríntios 3:16

"O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens." Atos 17:24

"Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós". Romanos 8:9

"Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?" 1 Coríntios 6:19

"Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta: ‘O céu é o meu trono, e a terra, o estrado dos meus pés. Que espécie de casa vocês me edificarão? diz o Senhor, ou onde seria meu lugar de descanso? Não foram as minhas mãos que fizeram todas estas coisas?" Atos 7:48-50

"Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai....Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade". João 4:21-24

Acho curioso quando pastores ou padres terminam suas celebrações dizendo: "Senhor, despede-nos na sua santa paz!" Bom, seguindo essa lógica, quando vamos embora Deus fica lá na casa dele esperando ansiosamente a nossa volta, correto? E Ele deve ficar bem feliz quando os irmãos resolvem fazer reuniões durante a semana, assim não se sente tão sozinho... Querido, gostaria de te dizer que Deus habita em gente, não em prédio. Ele nos permite ter espaços que viabilizem nossos encontros, mas não mora neles. O templo não é uma construção repleta de vitrais, com altar de mármore e bancos de madeira, não! O pior, é que em cima dessa mentira, constroem-se muitas outras: "O altar é lugar sagrado!" ou "Não pode vir a igreja de bermuda ou boné, pois é lugar santo!" A Bíblia que eu leio me ensina que o santuário é meu corpo e que lugar sagrado é meu coração!

Deus havia abandonado o templo e escolhido João Batista como o seu sumo sacerdote. Ele era a Sua voz que anunciava a vinda de Cristo e agora vivia no deserto e não na "Casa de Deus". Vestia roupas feitas de pêlos de camelo, comia gafanhotos e mel do campo, ou seja, era totalmente desapegado a lugares e bens materiais, ao contrário de Anás e Caifás, que eram ricos, viviam no luxo e foram sumos sacerdotes politicamente escolhidos. O templo, a antiga Casa de Deus, não existe mais: "Ao sair Jesus do templo, disse-lhe um de seus discípulos: Mestre! Que pedras, que construções! Mas Jesus lhe disse: Vês estas grandes construções? Não ficará pedra sobre pedra, que não seja derrubada" Marcos 12.41-44; 13.1-2. E o templo foi destruído pelas tropas do General Tito Flávio, em 70 D.C., restando apenas hoje o Muro das Lamentações.

Quando estou junto com meus irmãos, ali é culto, ali é igreja, ali é momento de adoração, e isso pode acontecer na minha casa, numa praça, num restaurante e inclusive dentro de uma construção com cara de "igreja". Deus não precisa de um dia especial, de vitrais, altares ou cruz no topo do prédio para se manifestar ou ser adorado, o que Ele deseja é um coração sincero e contrito: "Os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás." Salmos 51:17. Tenho uma tia muito querida que costuma cultuar à Deus admirando a bezeza da sua criação: uma bela paisagem, um céu estrelado, flores, passarinhos cantando... Nesse momento ela para, conversa com Deus, chora e o adora por tão grande amor. 

Não, não existe lugar e momento certo para cultuar a Deus. Nossa vida deve ser um culto diário! Restringir esse privilégio a um dia da semana chega a ser herético. A única recomendação que encontramos na Bíblia a respeito deste assunto é: "Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas encorajemo-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia." Hebreus 10:25. Lembrando que a palavra igreja vem do grego ekklesia, que significa "ajuntamento ou reunião de pessoas" (cristãs ou não). Dito isso, vamos pensar juntos: este versículo NÃO quer dizer que "faltar nos cultos de domingo é pecado", que "deixar de ir ao culto para ficar em casa ou passear com a família é pecado", que "você precisa estar nos cultos da manhã e da noite", que "se fizer outras coisas ou for à outros lugares no 'Dia do Senhor' receberá o castigo devido" e etc. Olhando para vida de Cristo e seus ensinamentos, não encontro nada que comprove essas afirmações.

Então, o que o autor de Hebreus quis dizer com esta recomendação? Que não podemos caminhar sozinhos. Precisamos de suporte, de sustento: "Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou" (Colossenses 3:13). Não fomos feitos para viver, mas para conviver. Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo são um relacionamento e, como fomos criados a Sua imagem e semelhança, Ele também se manifesta através de nossos relacionamentos. Congregar significa carregar a carga do outro, chorar e rir juntos, exortar em amor, dividir o pão. O que tem, divide com o que não tem: "Quem tem duas túnicas reparta-as com quem não tem nenhuma; e quem tem comida faça o mesmo" (Lucas 3:11). Comunhão é permitir que o Senhor se manifeste através dos dons que Ele mesmo nos deu para que o corpo seja edificado. Uma mão sozinha não é corpo, um pé sozinho não é corpo e, quando um dedo se machuca, todo corpo chora junto e trabalha para sua recuperação. Isso é congregar. Percebe como é muito mais profundo do que bater ponto de domingo/sábado em um local específico?

Antes de subir aos céus, Jesus nos deixou a seguinte ordenança: "Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém." Mateus 28:19-20. Uma pessoa sozinha não consegue fazer discípulos de Cristo. Esta é uma ordem para a Igreja, para o Corpo Vivo. E foi por este motivo que "ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo". Efésios 4:11-13

A partir do momento que recebemos a nossa salvação, precisamos desenvolver essa salvação, e esse processo só é possível através dos nossos relacionamentos. O discípulo em formação, precisa passar pelo evangelista, pelo apóstolo, pelo pastor, pelo profeta, pelo mestre e etc. E quando a comunidade é saudável, ela nos ajuda nessa caminhada de crescimento e aprendizado, mas sempre nos estimulando a olhar para fora e fazer diferença na história da humanidade. A comunidade que não ampara a viúva e o órfão, não visita os enfermos e presidiários, não supre a necessidade do pobre, não investe em missões e não ensina seus membros a fazerem diferença nos seus círculos de amizade, virou clube. Não vivem o que pregam. Costumo dizer que o ato de congregar, de estar junto, é como um posto de combustível. Precisamos abastecer nosso tanque para conseguir rodar na estrada da vida levando o amor de Cristo à todos aqueles que nos cercam, especialmente através do nosso testemunho de vida. E esse exercício de comunhão também pode (e deve!) acontecer com meus vizinhos, familiares, amigos do trabalho, da faculdade... Não precisa ser num local específico e em dias específicos. Não mesmo!

Mas Dani, e aqueles versículos que dizem:

Melhor é um dia nos teus átrios do que mil noutro lugar; prefiro ficar à porta da casa do meu Deus a habitar nas tendas dos ímpios.
Salmos 84:10

"Lembra-te do dia de sábado, para santificá-lo. Êxodo 20.8"

Se alguém ainda utiliza esses versículos para justificar dias e locais específicos, é porque ainda não compreendeu o sacrifício de Cristo na Cruz. Recomendo a estes que leiam o Novo Testamento pelo menos umas dez vezes, especialmente os livros de Romanos, Gálatas e Hebreus, e ore para que o Senhor abra seu entendimento. Fazer parte de uma comunidade é algo precioso e necessário para nosso desenvolvimento espiritual, mas quando nos colocamos novamente sob jugo de escravidão, estamos negando descaradamente o sacrifício de Cristo na Cruz. No tempo da Graça ser Igreja é um estilo de vida, não um lugar, e a expressão "Dia do Senhor" perde o sentido, pois TODOS os dias são Dele e para Ele!

"Ó gálatas insensatos! Quem os enfeitiçou? Não foi diante dos seus olhos que Jesus Cristo foi exposto como crucificado? Gostaria de saber apenas uma coisa: foi pela prática da lei que vocês receberam o Espírito, ou pela fé naquilo que ouviram? Será que vocês são tão insensatos que, tendo começado pelo Espírito, querem agora se aperfeiçoar pelo esforço próprio? Será que foi inútil sofrerem tantas coisas? Se é que foi inútil! Aquele que lhes dá o seu Espírito e opera milagres entre vocês, realiza essas coisas pela prática da lei ou pela fé com a qual receberam a palavra?" Gálatas 3:1-5

"Mas agora, conhecendo a Deus, ou melhor, sendo por ele conhecidos, como é que estão voltando àqueles mesmos princípios elementares, fracos e sem poder? Querem ser escravizados por eles outra vez? Vocês estão observando dias especiais, meses, ocasiões específicas e anos!" Gálatas 4:9-10

"Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão." Gálatas 5:1



Coração de Pedra/ João Alexandre:





Dani Marques é colaboradora do Genizah



 

Apologética 1982646646271427853

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail