681818171876702
Loading...

Presidente do Irã surpreende ao desejar feliz ano novo a judeus via Twitter


UOL


O presidente do Irã, Hassan Rouhani, usou seu perfil no microblog Twitter para desejar um feliz Rosh Hashaná - o Ano Novo Judaico.

"Agora que o sol está prestes a se pôr aqui em Teerã, desejo a todos os judeus, em especial os iranianos, um Rosh Hashaná abençoado", diz a mensagem do chefe de Estado postada na quarta-feira (4). Desde então, a mensagem foi retuitada mais de 4.000 vezes.

O chanceler iraniano, Javad Zarif, confirmou à emissora de TV "CNN" que os tuítes são de autoria de Rouhani. Cobrado por uma internauta que disse a ele que "o Ano Novo seria melhor se o Irã parasse de negar o Holocausto", o ministro de Relações Exteriores negou que seu país fizesse isso.

"O Irã nunca negou (o Holocausto). O homem que se acreditava que negasse agora se foi. Feliz Ano Novo", disse Zarif.

Ahmadinejad e o Holocausto
O "homem que se acreditava que negasse" o Holocausto é o antecessor de Rouhani na presidência do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, crítico de Israel e adepto do revisionismo.

Em mais de uma ocasião, Ahmadinejad afirmou que o Holocausto foi um "mito", assim como os atentados de 11 de setembro de 2001 ao World Trade Center, nos EUA. À época, a ONU chegou a advertir o iraniano, e a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, repudiou a negação.

Rouhani, atual presidente do Irã, é visto como alguém de perfil mais moderado que Ahmadinejad.




Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail