681818171876702
Loading...

Pastor cheirador fala sobre foto polêmica e critica Rock in Rio por não levar bandas Gospel

Lucinho Barreto: 'Se não for radical, não toca o jovem'



O pastor mineiro Lúcio Barreto, 41 anos, conhecido como Lucinho,  desembarcou em Goiânia na segunda-feira (23) para participar de um congresso evangélico destinado a jovens e adolescentes. Criador do lema "Loucos por Jesus", ele ficou famoso depois que uma foto em que aparece "cheirando" uma bíblia foi divulgada nas redes sociais. Ele justificou a atitude polêmica como uma forma ousada de atingir seu principal público: "Se não for radical, não toca o jovem".

Lucinho diz que foto foi tirada cerca de um ano antes de se tornar pública e foi divulgada por amigos. O pastor acredita que a repercussão - tanto positiva, como negativa -, foi exagerada e conta que já fez coisas que considera muito mais “loucas” para levar a palavra de Deus e chamar a atenção dos jovens.

"Quem me conhece sabe as loucuras que já fiz. Subi na mesa da praça de alimentação de um shopping para pregar e também já subi em trio elétrico. Muitas pessoas não entenderam aquela mensagem. O que quis dizer foi que com a mesma força que você 'cheira' cocaína ou fuma crack, também pode adorar a palavra de Deus", explicou.

O pastor responde pela área de jovens da Igreja Lagoinha, em Belo Horizonte (MG). Ao todo, ministra quatro cultos por semana no local, que recebe cerca de 7 mil crianças e adolescentes. Ele confessa que ficou mais conhecido após a divulgação da foto e que o número de pessoas que comparecem as reuniões aumentou. Porém, também ficou maior a quantidade daqueles que reprovaram a atitude dele.

"Esse fato fez com que eu queimasse o filme com muita gente. Muitos adultos me criticaram, falaram que aquilo era um absurdo. Mas com o meu público, os jovens e adolescentes, foi positivo. Com eles, você tem que entrar 'arrebentando', ou então até os estimula a fazer a coisa errada", declara.
Prego com a bíblia em uma mão e o jornal na outra. Sou muito ligado ao que acontece atualmente".

Camisa com mensagem em alusão ao cultura pop vendidas no site do pastor (Foto: Divulgação/Site oficial)

Pastor Pop

O lema "Loucos por Jesus" foi criado por Lucinho há cerca de 20 anos. A ideia, segundo ele, era comunicar o evangelho de forma mais clara para os jovens. "Pensei: eles são loucos por um monte de coisa. Porque não ser louco por Jesus, que a melhor coisa que existe?", questiona.

Para chegar até o seu público-alvo, o pastor criou uma série de alternativas. Uma delas é relacionar assuntos religiosos com elementos da cultura pop. Exemplos disso estão nos produtos vendidos em seu site. Em uma camisa, está escrito: "Se até a Florentina é de Jesus, o que você está esperando?", em alusão a uma música do comediante Tiririca. Outra brinca com um astro do cinema de ação: "Com Jesus venço até o Chuck Norris".

"São iscas que uso para atrair os adolescentes. Prego com a bíblia em uma mão e o jornal na outra. Sou muito ligado no que acontece atualmente e tento ao máximo usar uma linguagem que remeta a eles", destaca.

Rock in Rio

O pastor fez críticas ao Rock in Rio 2013, que se encerrou no domingo (22). Ele reclamou do fato de nenhuma banda de rock do gênero gospel ser convidada para tocar no evento. Além disso, segundo Lucinho, pessoas que estiveram no evento lhe relataram alguns problemas.

"Não acho que deve acabar e também não é uma caça às bruxas, que isso fique bem claro. Chamaram artistas de vários ritmos para tocar, mas nenhum gospel. E outra, pessoas chegaram até mim dizendo que foram roubados, viram outros usando drogas, entrando em coma alcoólico. Aconselho os meus fiéis a não ir, a não ser que seja com os pais", argumentou.





 

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail