681818171876702
Loading...

A oração de um teólogo liberal



por Jairo Filho



Bultmann e Gondim são meus pastores e a ditadura de dúvidas não me faltará.

Deitar-me faz em poesias do teísmo aberto, guia-me mansamente à pluralidade da religiosidade pagã.

Ecumeniza minha alma; guia-me pelas veredas da relativização da verdade, por amor a todo e qualquer nome dado entre os homens.

Ainda que eu ande pelo vale hermenêutico do método gramático-histórico, não temerei mal algum, porque o método histórico-crítico está comigo, os mitos e as histórias profanas de velhas caducas me consolam.

Preparas uma controvérsia perante mim na presença dos meus inimigos reformados e conservadores, unges a minha cabeça com incredulidade, a minha caipirinha transborda.

Certamente o universalismo e o ecumenismo me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei nas bibliotecas mascaradas de ONG encharutadas de boemia por longas noites




Enviado pelo [AUTOR] da oração irônica. Obviamente, não um fã do teísmo aberto e nem de Gondim.









 
humor 1333202277074571860

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail