681818171876702
Loading...

Pr. Marcos Pereira é flagrado em conversas intimas com as suas peguetes na igreja. Malafaia, como sempre, mete o bedelho

"Tô com saudade do seu rabo". Disse Marcos Pereira, segundo escuta autorizada pela justiça



Redação Genizah 

Preso desde o dia 7 sob acusação de dois estupros e coação, o líder da igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias, pastor Marcos Pereira, foi flagrado em gravações telefônicas autorizadas pela Justiça em diálogos com duas mulheres membros da igreja — uma delas seria casada —, diz a Polícia Civil.

Num dos diálogos, ele se refere a uma garota, que segundo as investigações é filha de traficante e tem 16 anos, como ‘sem vergonha’. Numa conversa, ele pede à mulher que leve a menor para Copacabana e explica até o caminho a ela. Em outra conversa, o religioso têm um diálogo picante com a mulher. 

No bate-papo, ele diz que não foi para o bairro da Zona Sul mais cedo porque estava passando mal. A mulher diz, então, que está fazendo um pagamento. “Faz, então, o pagamento e depois tu pega a F., aquela sem vergonha, e leva ela”, teria dito Marcos na gravação, segundo a investigação. 

A mulher diz que talvez não saiba chegar a Copacabana. O religioso, então, afirma que a adolescente sabe chegar ao bairro. Marcos tem um apartamento na Avenida Atlântica avaliado em R$ 8 milhões.

Segundo as investigações, no imóvel ele promovia orgias e também violentaria vítimas. O pastor Marcos é réu em dois processos na 1ª e 2ª varas criminais de São João de Meriti. Ele também é investigado por homicídio. 

Irmão de pastor suspeito de estupro responderá por injúria e ameaça

Imagem: desmascaradospelaverdade
Allan Mariano dos Santos, irmão de Marcos Pereira, pastor acusado de estupro, responderá por injúria e ameaça depois de ter publicado nesta segunda-feira, por meio de uma rede social, mensagens ofensivas contra três mulheres que acusaram Marcos de abuso sexual. É o que afirma Delmir Gouveia, delegado da 64ª DP (São João do Meriti). Se for comprovado que Allan teve envolvimento no processo de seu irmão, ele também poderá ser indiciado por coação. Ele pode pegar até três anos e seis meses de detenção.

O pastor, suspeito de estuprar seis fiéis, dizia às vítimas que elas estavam "possuídas" e que a cura para este "mal" era a relação sexual com um religioso. Ele é um dos homens que administram a Assembleia de Deus dos Últimos Dias.

Com a palavra, Silas Malafaia


Quer dizer que se um pastor errar todos são errados? Claro que não”, afirmou o suposto representante dos evangélicos no Brasil.

“Um gay em Santa Catarina abusava de crianças há anos, a imprensa mal falou do caso, vamos ver quantos dias vão falar do caso do pastor. Pode algum pastor falhar, errar a igreja de Jesus é invencível, vai continuar crescendo. Nossa fé não esta baseada em homens, e sim, em Deus”.

“Como posso acusar ou defender alguém se não tenho domínio dos fatos? Não sou criança nem irresponsável. Sou vítima de calúnias, não vou cair nessa. Não julgo nem defendo ninguém pelo que a imprensa diz, conheço o jogo perverso de interesses escusos que estão por trás...você que é massa de manobra da opinião publica, e nos chama de ignorantes”, disparou.

Silas Malafaia escreveu um artigo sobre o caso onde declara. “Com que intenção a prisão do pastor foi feita em plena Via Dutra, e com repórteres já presentes? Mesmo não tendo domínio de todos os fatos, o Verdade Gospel e o Pr. Silas Malafaia, mediante aos fatos mencionados aqui, acham estranhíssimo a prisão do Pr. Marcos Pereira”.


Confira a gravação da escuta autorizada pela justiça:






Redação Genizah - com informações Extra/O Dia/SRZD


 

Matérias 9221604019140718124

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail