681818171876702
Loading...

O camburão passou na Maranata e carregou os pastores


Prédio onde mora o presidente da Maranata.
(Foto: Leandro Nossa/ G1ES)

Pastores da Igreja Maranata são presos no Espírito Santo

Eles são suspeitos de coagir e intimidar testemunhas e autoridades.
Presidente, líder afastado, pastor e advogado estão entre os detidos.


G1


Quatro pastores da Igreja Maranata foram presos na manhã desta terça-feira (12), em Vila Velha, Espírito Santo, em uma operação conjunta entre o Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES) e Policia Federal. Os detidos são suspeitos de coagir e intimidar testemunhas e autoridades que investigam a igreja por crimes como estelionato, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

Entre os presos, estão o presidente afastado Gedelti Gueiros, que teve o benefício da prisão domiciliar devido à idade avançada; o atual presidente Elson Pedro dos Reis e o pastor Amadeu Loureiro, que foram encaminhados para o Centro de Triagem de Viana; e o advogado Carlos Itamar Coelho Pimenta, que ficará no Quartel da Polícia Militar, em Maruípe, Vitória.

Segundo o MP-ES, foram emitidos quatro mandados de prisão e sete, de busca e apreensão. A operação aconteceu em quatro pontos de Vila Velha. Na casa do presidente, a polícia permaneceu por mais de duas horas até o comparecimento do advogado do detido.

O G1 tentou falar com os advogados dos detidos, que não se manifestaram. A igreja também foi procurada no início da manhã e ainda vai se pronunciar sobre o caso.



é o dizimoduto









 

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail