681818171876702
Loading...

Libertem José Dílson e Zeneide


ONG Rio de Paz inicia movimento pela libertação de missionários brasileiros

José Dilson e sua assistente, Zeneide, estão presos desde novembro no Senegal.

Há 21 anos em missões humanitárias, ele nunca teve problemas com a Justiça.

O missionário é diabético e está em condições insalubres.



A ONG Rio de Paz inicia movimento popular pedindo a libertação de dois missionários brasileiros presos no Senegal. Antonio Carlos Costa embarca na próxima semana para Dakar e deve se encontrar com a família de José Dílson, preso em novembro do ano passado com sua assistente, Zeneide. Também haverá a tentativa de se encontrar com o missionário na cadeia.

A prisão foi feita depois que o pai de um dos meninos retirados das ruas pelo projeto fez uma denúncia à polícia. Na época, alguns senadores chegaram a ir ao país, de maioria sunita, mas não houve nenhuma evolução prática do caso. Agora, o processo tem outro tema: a legalização do projeto social em que trabalhavam.


Na época, as autoridades brasileiras chegaram a se manifestar, mas “foi um espasmo”, diz o presidente da ONG Rio de Paz. Antonio Carlos Costa, questiona o silêncio nos últimos 4 meses: “Ouvimos manifestações oficiais, por exemplo, para defender um traficante brasileiro preso na Indonésia, o que eu considero legítimo. Mas esse caso tem o agravante de serem pessoas inocentes, missionários em uma missão humanitária. É muito importante que o governo brasileiro se sensibilize para a importância de uma ação rápida e efetiva.”



Presbiteriano, José Dílson trabalha há 21 anos como missionário em países da África, para onde levou toda a família. Os filhos dele nasceram no continente africano. Nem ele nem a assistente Zeneide, também presa, jamais tiveram problemas com a polícia ou com a Justiça. O presidente da ONG Rio de Paz conheceu o trabalho do missionário em Niterói, por meio de amigos em comum.


Link da Petição, lançada no último sábado, que já tem mais de 20 mil assinaturas: LIBERTEM JOSÉ DILSON E ZENEIDE



Ps. A foto acima foi batida na Igreja Presbiteriana Betânia, em Niterói, da qual o missionário José Dilson é membro.








 

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail