681818171876702
Loading...

Resposta de geneticista a Silas Malafaia



Que fique muito claro a todos os leitores e comentaristas que a exibição do vídeo a seguir se deve, unicamente, a sua abordagem CIENTÍFICA da questão e oferece uma resposta a comentários pseudo-científicos de Silas Malafaia que superam os limites do pregador fiel. Sobre a posição bíblica a respeito do assunto, todos nós, crentes, concordamos com a mesma coisa e como aprendemos com o apóstolo Paulo, que tinha o seu  "espinho na carne" e, para este, não recebeu cura ou alívio,  carregamos a nossa cruz e seguimos a Cristo, sujeitos às mazelas de nossa natureza caída. 

Diversas condições que são promotoras de comportamentos pecaminosos têm origem na combinação de fatores genéticos, comportamentais, exógenos,  espirituais, etc. e que, no fim das contas, são o resultado da queda. Trazer o debate, na igreja, para a esfera dos fatores desencadeadores acaba por desviar o foco do pecado para o das agendas dos ativistas. Nossa agenda é a de Cristo! Tudo o mais procede do maligno! 

Aquele em que temos crido, livra das drogas, cura câncer  e ressuscita, se assim quiser, e às favas as predisposições genéticas, os comportamentos aprendidos, desenvolvidos, os traumas e tudo mais que nos disponha aos vícios, fragilize o nosso corpo ou nos empurre o desejo incontrolável de dar o fiofó!  Para além de todas as causas e todas as decisões, está a nossa fé Naquele que é capaz de mudar o caráter e as circunstâncias, ainda que neste ambiente de dor em que vivemos. 

O resto é assunto para médicos, terapeutas, etc.

Bom é saber calar onde a Palavra cala e pregar com audácia aquilo que está, de fato, escrito.



Pregue as Escrituras Malafaia! 

A homossexualidade é pecado e fim de papo! Não misture as coisas que, como vimos, não dá certo! As questões da nossa regra de fé e prática são esgotadas na Palavra e, pronto!  Não havemos de convencer o mundo ao arrependimento. Isto é tarefa do Espírito. A nossa missão é o IDE.







PS 1: Eu defendo o design inteligente. Creio em um Deus criador e, claro, Ele é inteligente, rs.

PS 2: Lembrei deste vídeo do mano Caio, com o qual concordo totalmente:






Em 5/02 (21:00h) haviam  mais  de 130 comentários ainda não liberados para este post.   A liberação é lenta porque a equipe hoje está desfalcada e temos de ler tudo antes de publicar . Contudo , um dos  comentários recebidos merece destaque. Um olhar verdadeiramente cristão e inteligente.   Reproduzimos a seguir o comentário da leitora Rilda Santos:


Rilda Santos escreveu:
Graça e paz meus irmãos e amigos.

Diante dessa polêmica em torno dos vídeos e da posição oficial do editor do Genizah, Danilo, procurei rever os vídeos, reler a posição do site. Peço permissão ao Danilo então para ponderar algumas coisas.

Creio que está havendo grande problema de compreensão de tudo o que o Danilo (não sou advogada dela, enfatizo, ele não necessita de um, rsrsrs) expôs. Temos dois problemas com relação à polêmica em torno de Silas Malafaia no programa De Frente Com Gabi, que gostaria de expôr:

1 - Silas Malafaia baseou-se em fatos que, segundo ele, são frutos de pesquisas científicas, contudo, não apresentou as fontes confiáveis.
2 - O referido geneticista baseou-se em fatos que, segundo ele, são de frutos de pesquisas da comunidade científica internacional.
3 - O site Genizah postou um vídeo do reverendo Caio Fábio onde ele fala sobre a questão do homossexualismo (ou homossexualidade, como queiram chamar) procurando desvencilhar-se de pre julgamentos quaisquer.
4 - O site Genizah posicionou-se como contrário à prática, considerando-a, à luz da Bíblia, pecado.

Irmãos, creio que este momento é muito bom para trazer o assunto no meio do cristianismo brasileiro e para que possamos amadurecer à luz das Sagradas Letras sobre tal polêmica. Pesquisei sobre o geneticista. Ele tem sua fonte de pesquisa que, ao meu ver (leio assuntos sobre genética, mas não tenho conhecimento amplo sobre o assunto) tem suas bases. Elas são verdadeiras? São 100% confiáveis? Não podemos afirmar. Até mesmo porque os que acompanham a comunidade acadêmica e científica sabem que toda pesquisa é feita no intuito de se provar algo. E isso pressupõe algum pre-conceito de algo que já está pre-definido pelos que querem provar seu parecer. Essa é a sua linha. Há outras diferentes.

Silas Malafaia (caso prove suas fontes confiáveis de pesquisa acadêmica) está correto? Também não sabemos, pois as descobertas da ciência transformam-se a cada nova descoberta. Elas podem tomar novos rumos.

Qual é o ponto de atrito então? O ponto é que Silas não mostrou as fontes. O geneticista mostrou. Quem tem a razão? Não sabemos? Porque há homossexuais? Tampouco sabemos. Isso leva-nos ao ponto mais importante que, creio foi o que Danilo procurou extrair de tudo isso:

A Bíblia é clara ao tratar sobre o tema. Cada um, segundo sua relação com Deus e seu próprio pecado, dará o rumo que assim desejar para com o tema. E cada um prestará contas a sós naquele dia. Com relação a isso o site foi claro, conciso. Não importa se é por questões de genética, opção, etc. O mundo sofre e geme por causa da queda, o ser humano é um ser corrompido, corruptível e corruptor, completamente depravado (desprovido da graça divina). Por isso, quando Deus chama à vida, as palavras do mestre são: "Aquele que quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me."

Outro ponto igualmente importante que observo é sobre o respeito à dignidade do homossexual enquanto ser humano. Independente do caminho que ele escolheu seguir, ele é um ser humano como os demais: trabalha, paga seus impostos, contribui para o crescimento da nação. Deve ser respeitado.

A tarefa de todo cristão não é convencer, é a de anunciar as Boas Novas. Quem convence é somente o Espírito Santo de Deus. Somente Ele e ninguém mais: em alguns casos, Deus transforma, mas em outros não. E nem por isso a pessoa deve seguir na prática de seus pecados. Somente Ele sabe o porque muda uns e outros não. E em tudo o que Ele faz, faz com propósitos eternos. E tudo, absolutamente tudo converge para o bem dos salvos e para a glória Dele somente. Nossa posição como salvos em Cristo é sermos firmes no que diz a Palavra. Ponto! O mundo está caído, corrompido. O que é bom, é bom, o que não é, não é. Não importa se é adquirido ou não. Esse não é o ponto central. É periférico.

Iremos perder nossa fé nas Sagradas Letras por isso? Se realmente alguém for predisposto geneticamente ao erro, seja ele qual for, é porque Deus quer que ele fique nessa prática? Acaso Deus se contradiz?

Irmãos, sejamos maduros. Nossa fé deve ser maior que tudo isso. Se há seres fora do nosso planeta, sigamos louvando e adorando confiantes ao Criador; se a pessoa nasce com predisposição à homossexualidade, sigamos louvando e adorando ao Criador. Ou confiamos em Deus e Seu Cristo através do poder do Espírito Santo ou daqui a um tempo, o que será da próxima geração? Vejam como a ciência evoluiu! Vejam como o conhecimento aumentou! E nosso comprometimento, devoção, leitura e pesquisa nas Sagradas Letras devem seguir esse mesmo ritmo. Não podemos mais ficar presos a argumentos tão preconceituosos e sem base real.

Isso é o que penso. Espero, sinceramente, não ter ofendido a ninguém.
























Danilo Fernandes, para o Genizah



 

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail