681818171876702
Loading...

Genizah no acampamento da Casa da Rocha. Foi uma BENÇA ermãos!


Por Carlos Lima

Estive juntamente com Rubinho Pirola no acampamento da Casa da Rocha representando o Genizah num papo sobre apologética e Reino de Deus. Danilo, por questões familiares, não pode estar presente.

*Antes de qualquer coisa não poderia deixar de dizer que dispensa comentários estar com Rubinho, conhecer suas histórias é de fato apenas um prenúncio da grande história de Deus na, e através da, vida dele.

Zé Bruno &Cia acertaram no olho da mosca quando elegeram o mote TurnOff! para ser não só discutido, mas principalmente encarnado no âmago da sua congregação.

Tema esse que eu, de livre e espontâneo pensamento, poderia condensar na palavra da verdade que diz:

‘Não ameis o mundo, nem o que nele há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele’.

Ora, qualquer um poderia argumentar que esse assunto já é gasto em demasia no nosso meio, contudo só afirma assim quem ainda não se deu conta de que o espírito de mundo deita, rola e faz a sua cama peçonhamente macia onde a grande maioria dos ‘evangélicos’ reclinam suas cabeças.

Porque ainda se pensa mundo como categoria geográfica, enquanto o espírito do príncipe desse mundo é de fato o modus operandi e vivendi dos ajuntamentos, que muito embora tenham o nome de jesus, do Verbo Encarnado cheio de Graça e Verdade não se tenha absolutamente nada.

Por isso se diz: “O mundo JAZ no maligno”, sendo que, a inescapabilidade da igreja se torna cada dia mais evidente, posto que se vê a insígnia de morte cintilar no seu peito, e muito pior, incrustada na sua alma.

Contudo, quanto mais vivo essa minha vida fugaz, mais posso crer na seguinte promessa:

“ ... as portas do inferno não prevalecerão contra a Igreja do Senhor”.

Meninos, eu vi!

É com olhos marejados que posso lhes asseverar o reconhecimento dos remanescentes da Igreja do Senhor na Casa da Rocha. Pude presenciar que sim, há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos.

Quero sempre trazer à memória o que me pode dar esperança, e antes que se passe pela mente fértil de alguém que isso possa se tratar de um puxa-saquismo barato, atesto que o intuito principal é que você, através desse testemunho, saiba dos milhares de joelhos que não se dobraram a autoridades auto-proclamadas, e das bocas que se recusaram a beijar as mãos apostólicas cheias de anéis batizados em seus clubes com águas importadas do lago de narciso.


Ainda me dói nas entranhas da alma, saber das vítimas de pedofilia espiritual, estupradas diuturnamente, em suas consciências, em nome de jesus sob o estratagema de satanás. Esqueceram-se de que melhor seria para eles que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra, e que fossem lançados ao mar, do que fazer mal a um dos pequeninos. 


... Ó déspotas! Estais encantados pelo deus da cegueira, cuja principal faculdade é se travestir de anjo de luz...


Meninos, eu vi!


Que o outrora Bispo Primaz, ex-Deputado José Antonio Bruno, agora prefere ser chamado apenas de Zé, sendo reconhecido, através da carinhosa descontração e relacionalidade saudável de seus jovens, como tal.


O Zé, ainda comete o destemor de convidar o Genizah para dialogar com sua comunidade e como se não bastasse conclama a todos que amem a apologética e a use contra ele sempre que necessário for.


Da mesma maneira que esse que vos fala reconhece o espírito que atua nos filhos da desobediência, discerne também um coração humilde, inclinado a obedecer ao Senhor  através da Sua Palavra e a incentivar a encarnação a Sã doutrina de Cristo de forma integral como estilo de vida dos seus.

Despeço-me propondo o caminho da maturidade que aconselha o esquecimento das coisas que para trás ficam, e o avanço para as que estão diante de nós estão, prosseguindo sempre para o alvo que é Cristo.

Recebam nosso abraço e apoio sempre, todos os que com intrepidez se levantam contra a ditadura da perversidade reinante, dispostos a morrer para si mesmos à semelhança dos bravos que morreram para que a verdade chegasse até nós, em nome daquele que nos amou e a si mesmo se entregou por nós.







 

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail