681818171876702
Loading...

Tsunami no mercado das feiras gospel: A Globo vai invadir a praia.


EXPOCRISTÃ 2010 -        FOTO GENIZAH
GENIZAH
Danilo Fernandes

Braço especializado em eventos e feiras das organizações GLOBO fará feira gospel em 2013

Editoras, gravadoras e expositores tradicionais de feiras cristãs receberam em suas caixas postais o convite para o lançamento da Feira Internacional Cristã – FIC - o mais novo projeto da Geo Eventos empresa de eventos e feiras das organizações Globo a ser realizado no próximo dia 27/11. 

A Geo Eventos é também a empresa organizadora do controverso – para dizer o mínimo – Troféu Promessas (prêmio e festival). 

A nova feira está projetada para julho de 2013 e pretende rivalizar com a tradicional Expocristã (da EBF Eventos), um produto que vem perdendo força desde 2010 com o abandono de alguns de seus expositores de maior peso, em especial, os do segmento literário. Desde maio, Associação dos Editores Cristãos  realiza a sua própria feira: a FLIC - Feira Literária Cristã.

A entrada da Geo eventos poderá ser o empurrão que faltava para uma mudança drástica no setor. Além dos problemas com as editoras, a Expocristã tem enfrentado dificuldades com vários de seus expositores tradicionais de outros segmentos (ministérios, gravadoras, serviços e mobiliário, entre outros). As reclamações envolvem a organização geral do evento e as decisões de mix de expositores, provocando muita dispersão no foco promocional da feira, atraindo um público muito heterogêneo. O resultado é que alguns expositores têm sofrido prejuízos, apesar da boa presença de público na feira.

Segundo um tradicional expositor da Expocristã –ausente nas duas últimas edições – a mudança do local da feira foi outro fator importante para a retração do evento: “O novo local não oferece boas condições de conforto e o espaço é menor de maneira que os problemas da vizinhança inapropriada só se agravaram. Não é possível vender livros ao lado de um show de pagode gospel e mais uma romaria de shofares. Fica um carnaval, uma briga de caixas de som e, no fim das contas, a convivência fica ruim para todos.”

Este ano, até mesmo alguns expositores ligados ao segmento da  música se declararam decepcionados. Os shows paralelos minguaram e faltou divulgação, alegam alguns. Lançamentos de CDs e coletivas só alcançaram público razoável no sábado. Já os grandes “ministérios” que sempre estiveram presentes na Expocristã, quem sabe  com a perspectiva de “pescar” no aquário alheio, estavam ausentes na última edição, provavelmente, em virtude da elevação dos preços do metro quadrado de exposição. A perda sofrida nos segmentos mais lucrativos deve ter inviabilizado a manutenção de condições mais camaradas para o grupo “evangelístico”.

Briga de foice em quarto escuro


Um fato “curioso” é que a Geo Eventos chegou a ser parceira da EBF no lançamento do Troféu Promessas há dois anos passados. Eu tive a oportunidade de presenciar o lançamento do projeto - ocorrido durante um fórum patrocinado pela EBF para o qual eu fui convidado a palestrar. Na ocasião, o prêmio foi apresentado ao público presente ao fórum por representantes das duas empresas (GEO e EBF). Algum tempo depois esta parceria foi desfeita e, agora, a Geo lança a sua própria feira para concorrer com a antiga parceira.

Vai ser briga de foice em quarto escuro. A Geo Eventos cometeu (e ainda comete) uma série de erros estratégicos em seu Troféu Promessas e ainda enfrentará a enorme rejeição dos evangélicos pelas organizações Globo. Certos expositores ficarão temerosos - e com razão -  de se envolver com esta parceria “zicada” pela religiosidade. Ademais, o novo concorrente já deixou claro que não entende nada de evangélico. Será uma surpresa atrás da outra. Eles nem imaginam no que estão se metendo (Quem lê, entenda. Risos!). Já a EBF, mesmo sendo “ungida” está desgastada com muita gente.

Ou seja, "eles que são gospel que se entendam", mas eu vou buscar o meu banquinho de marketeiro para assistir a este UFC Gospel. Não aposto em ninguém (até porque, crente não joga!), mas se eu fosse apostar, iria esperar para colocar as minhas fichas quando a TERCEIRA aparecer. Sim, pois haverá uma TERCEIRA EMPRESA nesta arena! É só esperar. A oportunidade é evidente. Se quem está no mercado não se recauchutar muito, vai dançar. E eu não estou falando de lift besta não! É coisa de cirurgia plástica à La Ângela Bismarck... Geral. Do contrário, fiquem atentos, pois alguém com um olho vesgo, a espinhela caída e um canivete de escoteiro leva esta parada fácil, basta que não tenha  "uma zica histórica" com os evangélicos.






 

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail