681818171876702
Loading...

No divã com Malafaia (PARTE 3)




 Marcelo Lemos



Tem gente achando que os apologistas brasileiros não resistiriam a um encontro “cara a cara” com o Pastor Malafaia, que anda espalhando por aí tê-los desafiado. O desafio é uma farsa, mas alguém me escreveu que um grande nome como Caio Fábio talvez consiga vencê-lo; o resto de nós - simples mortais - seríamos engolidos pelo dinossauro assembleiano. Talvez. Pena o Malafaia não ter coragem de tirar a prova...


Pelo que percebi no pouco tempo que visualisei seu site, pelo que vejo seu olhar "reformado" está bem próximo do ecumenismo anglicano! O malafaia tem que ser contestado sim, ninguém é incontestável, mas a não ser o Caio Fábio, dificilmente ele não engoliria vcs!” (Comentário de um visitante do meu blog).

Seus fãs tem mais fé nele do que o próprio Silas. Sim, o pastor fez um desafio, que acontecerá em um palco, e com um único ator: ele mesmo. Assim, não haverá qualquer espaço para algumas questões que realmente importam. Por exemplo: ele explicará as palavras dos atores norte-americanos em suas grandes campanhas financeiras?

Podemos fazer uma previsão bem segura do conteúdo da mensagem que ele gravou para “desafiar” os apologistas.

(                Certamente ele vai dizer que Deus tem poder de prosperar.

(                Certamente vai dizer que acredita na “lei da semeadura”.

(                E certamente vai frisar que nem todos serão financeiramente abençoados.

Vou repetir o ultimo ponto: ele dirá que jamais garantiu que todos serão abençoados com mais dinheiro (e isso é muito importante em sua defesa). A importância desse argumento é esta: uma vez não ensinar que todos podem ser abençoados no “bolso”, ele não tem nada haver com a nefasta Teologia do Tio Patinhas (se bem o que pato muquirana nunca vendeu Bíblias de 900 pratas!).

Entretanto, esse argumento de defesa (que ele já usou várias vezes, aliás) é completamente mentiroso.

Por exemplo, apostaria que ele não tentará explicar a falsa profecia de Morris Cerullo em seu programa de Televisão. Faço questão de postar o vídeo aqui. Observem que o falso profeta em momento alguns diz que “alguns serão prósperos”, ou diz “Deus não tem planos de prosperidade para todos vocês”. Ora, isso quebraria o encanto, não é mesmo? O falso profeta garante que a unção financeira está sendo derramada sobre “meu povo”, e induz o telespectador a conclusão de que a “Semente” é o canal de acesso para o suposto derramamento de “verdinhas”.











“Se você quer que Deus te dê a unção financeira, a unção financeira dos Últimos Dias, eu quero que você pegue esse telefone, eu quero que você faça um compromisso para semear 900 Reais!”

“Quando você semear o que Deus está lhe pedindo hoje, vai receber da parte de Deus algo que você nunca recebeu antes!”

O pastor Silas pode chamar isso do que bem entender, eu chamo de Falsa Profecia, ou para ser mais acadêmico, de Teologia da Prosperidade.

Aguardemos. Talvez eu erre. Contudo, imagino que ele irá tentar se diferenciar de gente como Edir Macedo – só para dar um exemplo – alegando que jamais garantiu que todos que “semeiam” virão a ser financeiramente abençoados. Sim, penso que ele dirá isso. E posso visualizar a multidão de fãs aplaudindo-o no chiquérrimo auditório alugado para a encenação. Contudo, o vídeo acima é a prova ‘provada’ de que ele aderiu, sim, a Teologia das ‘verdinhas’ (e não estou falando do verde das florestas).
            
É possível que Malafaia conseguisse devorar os blogueiro vivos, afinal, nem todos temos a oratória de um Caio Fábio - se bem que ele deve temer o barbudo por razões de bastidores, e não de teologia. Porém, mesmo sem Caio Fabio, acho que um ou dois blogueiros podem dar conta do recado, especialmente se o Malafaia não os impedir de pedir ajuda aos univers.. ops!... ao Youtube!
            
Finalizando, um detalhe para que ninguém diga que Malafaia foi enganado por Cerullo: quando a câmera, por volta dos três minutos, focaliza a expressão de Malafaia, podemos vê-lo balançando afirmativamente a cabeça, num sinal de concordância com a falsa profecia. Tive a ligeira impressão de estar olhando para um daqueles bichinhos de pelúcia que o motorista da frente teima em colocar no vidro traseiro para nos atazanar...











Marcelo Lemos, o ainda desocupado do Olhar Reformado, para o Genizah





Silas Malafaia 461852963008646071

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail