681818171876702
Loading...

Pastor da Igreja Batista Central do DF é preso por estelionato

 O pastor Rubens Ferreira de Moraes, da Igreja Batista Central de Brasília SGAS 603 Avenida L2 Sul - Brasília/DF) foi preso nesse sábado (31/12) por agentes da 1ª Delegacia de Polícia da Asa Sul do DF.

Ele é acusado de integrar uma quadrilha de estelionatários. A polícia não divulgou quais foram os golpes praticados pelo líder religioso, de 51 anos, mas o investiga também por receptação de produtos roubados e falsificação de documentos. 

O pastor também está envolvido em outros 10 inquéritos policiais e já tinha mandados de prisão em aberto. Natural do Pará, Rubens Ferreira é membro da Igreja batista Central de Brasília desde 1999 e fou ordenado pastor ali em 2001. 

Em virtude do escândalo, o presidente da igreja, Pastor Ricardo Espíndola exonerou o antigo pastor e já não se encontra qualquer referência ao seu nome ou mesmo fotografias no site da igreja. Veja aqui.


Veja a reportágem da TV Globo local  AQUI


Por meio de um comunicado, a direção do templo informou que a medida foi tomada com base nas investigações do Ministério Público, muito embora, por todos estes anos de convivência jamais tenha sido notada qualquer atitude desabonadora à sua conduta na igreja e na comunidade.

Como pode ser constatado no seu portal, a Igreja Batista Central de Brasília oferece certas excentricidades incomuns para uma igreja batista tradicional, entre estas: um ministério profético para viagens a Israel e um ministério de finanças CROWN, um curso permanente com a finalidade de “ensinar às pessoas os princípios financeiros de Deus”. 




Genizah, com informações das agências.

caso de polícia 5657749034369940166

Postar um comentário

Início item
Instagram


Siga por e-mail