A importância da velhice

Jorge Oliveira 

As pessoas idosas são importantíssimas numa comunidade. Vivemos na sociedade que privilegia a novidade, a juventude, em detrimento da velhice. Cada vez mais existem empresas e organismos que contratam pessoas até uma cerca idade (“jovem e com muita experiência!”). Há uma ditadura da juvenilidade instalada.

Não sei se é o peso dos meus anos, mas cada vez mais valorizo a velhice. Claro que não penso que a idade traga por si só uma espécie de sapiência mágica. Ernest Hemingway no seu livro "O Adeus às Armas" diz que “a sabedoria dos velhos é um grande engano. Eles não se tornam mais sábios, mas sim mais prudentes.” É certo que existem jovens que são sábios e há alguns velhos que são loucos e imprudentes. Mas geralmente um velho tem a temperança, a frugalidade e o saber que só os anos da vida podem dar. É precisamente esta prudência e moderação que torna os velhos indispensáveis numa comunidade, numa empresa, numa instituição, numa igreja.

Uma igreja sem jovens, sem crianças, é uma igreja doente, pobre e amortecida mas por outro lado, uma igreja sem velhos, é uma igreja desequilibrada, inconsequente e imponderada. Falta-lhe história, prudência e raízes. É esse desequilíbrio comunitário que por vezes vai originar muitos desvios, exageros e absurdos. Muita parra, mas pouca uva e sumo. Pode ser uma igreja com muita força, energia e actividades, mas falta-lhe sensatez, maturidade e sabedoria.

Importa pois valorizar o saber antigo e honrar as pessoas mais velhas. Embora a velhice não seja um posto (como se dizia outrora no serviço militar), “coroa de honra são as cãs”. Ouçamos pois os mais velhos e aprendamos com a sua experiência de vida.


"Os que estão plantados na Casa do SENHOR florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice ainda darão frutos; serão viçosos e florescentes, para anunciarem que o SENHOR é recto; ele é a minha rocha, e nele não há injustiça." (Salmos 92:13-15)



 No Canto do mano Jô, em Portugal.



2 Comentários

Anônimo disse...

A PAZ:

AMADOS INFELIZMENTE VIVEMSO EM UM PAIS QUE NÃO CULTIVA A HISTORIA, E QUE AINDA NÃO ACORDOU PARA A REALIDADE DE RESPEITAR SEU PROGENITORES.
OREMOS.

PR CLAUDIO ACCONCI
12 97258223

Anônimo disse...

Perfeito!

Postar um comentário