681818171876702
Loading...

Namoro Cristão

Fernando Ortega

"...tomem cuidado para não ficarem sozinhos..."

Essa é a frase dita em muitas igrejas para casais de namorados.

Namoro não é tema em muitas igrejas. Percebo isso à medida que recebo e-mails, comentários, twitts e visito igrejas. Alguns fazem perguntas tão simples que me assustam. Como um tema tão importante não é discutido abertamente nas igrejas? Infelizmente, se adolescentes e jovens não aprendem nada disso na igreja, vão aprender nas escolas, faculdades e até filmes...

Um rio de dúvidas existe no coração de um casal de namorados cristãos: “é de Deus?”, “Pode beijar?”, “Diferença entre paixão e amor”, “Como adorar a Jesus com meu namoro?”, etc... E muitas igrejas ficam de braços cruzados ou com medo de falar do assunto.

A falta de informação somada aos tabus faz com que estes jovens envolvam-se em relacionamentos sem qualquer compreensão de sua importância. Dessa forma, são levados por sua carência ou pela "onda" de amigos que iniciaram um relacionamento.

Certa vez, um rapaz me contou sobre sua alegria em estar namorando. Dizia que estava feliz, que tinha lido o Não Morda a Maçã (meu blog) e que também queria ter o seu relacionamento verdadeiramente voltado a Deus. Fiquei muito contente com a declaração. Foi quando me informou a idade deles: Ele 25 e ela 15.... em seguida, me perguntou se tinha alguma dica. Pensei, "190" porque isso é caso de polícia!

Uma sociedade tão incentivada a viver conforme mandam os prazeres, influencia jovens a fazerem o mesmo, esquecendo o que Paulo diz em sua carta aos romanos no capitulo 12 verso 1 e 2:

Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

A mentalidade abraçada pela necessidade de suprir sua carência e não renovada pela palavra de Deus, faz com que estes queridos entrem em relacionamentos tão rápidos quanto saem. Em vez de filhos de Deus, se tornam atores da novelinha juvenil “Malhação”. Ao final, o que resta são marcas e choros que tardam o crescimento espiritual.

Nos seminários que ministro e no blog eu digo:

A sua sabedoria em escolher um cônjuge será determinada pelo seu nível de intimidade com DEUS.

Antes de um jovem buscar ter intimidade com um cônjuge, ele deve buscar ter intimidade com DEUS.

Creio que o relacionamento deve conduzir ao casamento e esta relação deve levar este casal para mais perto de Deus. Caso isso não seja realidade no namoro cristão, não vejo propósitos eternos nele.

Recebo e-mails de irmãos que praticaram sexo no namoro e de outros que tratam suas namoradas como se fossem um corrimão. Seria falta de orientação quanto ao verdadeiro propósito do namoro cristão?

Podemos ver isso na pesquisa feita pelo BEPEC - Bureau de Pesquisa e Estatística Cristã e Genizah / Cristianismo Hoje:









Aos casais de namorados e noivos digo: “Não é pra você levar sua namorada mais perto de você, é pra levá-la mais perto de DEUS!”

Há quem diga que a solução é a chamada “côrte”, onde o casal procura evitar o toque físico e, obviamente, beijo está fora de cogitação. Não penso dessa forma. Não a falta do toque ou do beijo que vai levar um casal de namorados cristãos a não pecar e sim um relacionamento intimo com Deus e seu Santo Espírito. É Ele, o Espírito Santo, quem deve coordenar o relacionamento do casal. Nessa linha, escrevi um post chamado “Jesus o vela”, onde falo de Jesus não sendo aquele cara chato no meio da relação mas, como a luz que conduzirá o relacionamento à luz de sua palavra.

Meu desejo, é que o Senhor seja manifesto nos relacionamentos. Sim, espero que casais cristãos reflitam através de seu relacionamento o amor, a graça e a misericórdia de Jesus. Isso é adorar a Jesus com seu namoro, noivado ou casamento. Creio que a verdadeira felicidade do casal está em, primeiramente buscar a felicidade de Jesus (adoração) através de seu relacionamento.

Quanto ao conselho inicial, prefiro dizer "o Espirito Santo é educado, se ele ver que vocês estão nos amassos num namoro cristão, Ele simplesmente deixará o namoro de vocês."



Fernando Ortega é editor do naomordamaca.com e colaborador do Genizah


namoro cristão 4040779211614340369

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail