681818171876702
Loading...

Pastor dissidente conta como a Igreja Mundial inventou o trízimo

O pastor Gevanildo de Souza contou que Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial, recorre com frequência à distorção de trechos da Bíblia para arrecadar mais dinheiro dos fieis. Como exemplo, citou Isaías 61:7, que diz: "Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; [...] por isso na sua terra possuirão o dobro e terão perpétua alegria”.

Gevanildo com Valdemiro Santiago
Na interpretação de Valdemiro, segundo Souza, esse versículo significa que, para obter a prosperidade, os fiéis precisam dobrar o dízimo e, como oferta, doar 10% do salário, perfazendo 30%, na conta de chegar do fundador da igreja.

Nascia assim o trízimo.

Em dezembro de 2009, período em que as empresas pagam o 13º salário, Valdemiro disse na tv que tinha recebido um recado de Deus: “Chama o meu povo e peça 30% de tudo que Eu lhe der neste mês”.

Souza se desligou da Mundial em julho sob o argumento de que não mais aguentava praticar artimanhas para ir fundo no bolso dos fiéis. “Eu fazia meu melhor no altar, mas, no momento de pedir oferta, não me sentia bem. Ficava enojado.”

Ele deve ter um estômago resistente, porque demorou 12 anos para sentir o mal estar. O ex-motorista de caminhão Souza está na Universal desde 1998, quando a igreja foi criada. Começou com discípulo até se tornar um pastor regional responsável por 14 templos em Araçatuba, interior de São Paulo. Enviava por mês para a sede da igreja cerca de R$ 300 mil.

Ele saiu da Mundial chateado também com o bispo Josivaldo Batista, o segundo na hierarquia da Mundial, que chegou a acusá-lo de receber propinas de pastores para que parte do dízimo ficasse com eles.

Souza contou ao repórter Victor Ferreira algumas malandragens da Universal, como a da distribuição da água benta. “[Orientado por Batista] a gente tinha de dizer assim: “Eu quero 200 pessoas com oferta de R$ 100, que vou dar a água”.

Hoje, Gevanildo de Souza tem a sua própria igreja, a Missionária do Amor, com um templo em Araçatuba.

valdemiro santiago 1218016276873541517

Postar um comentário

Página inicial item

Siga por e-mail