Reverendo Antônio Elias - Série Homens de Deus



O Rev. Antônio Elias foi uma das maiores figuras evangélicas do século XX. Pouco Antes de morrer, tive privilégio de ouvi-lo pela última vez em um encontro de Pastores. Apesar da idade avançada, o Reverendo, como carinhosamente era chamado, pregou por mais de 1 hora, levando-nos a momentos de êxtase e quebrantamento.

Antônio Elias nasceu em 11 de maio de 1910, em Aparecida do Monte Alto (SP), e faleceu no dia 21 de dezembro de 2007, em Niterói (RJ). Era casado com Maria José de Almeida Elias e juntos tiveram quatro filhos: Lúcio Antônio, Lucília, Paulo Cézar e Teófanes.

Formou-se em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul, em Campinas (SP) em 1943 e foi ordenado ao sagrado ministério pelo Presbitério Oeste de São Paulo, em janeiro de 1944.

O pastor iniciou seu trabalho como missionário da Junta de Missões Nacionais, em Teófilo Otoni (MG). Atuou também como plantador de igrejas na região sul do país e no estado de São Paulo.

Em 1958, foi nomeado pelo Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil Organizador de Campanhas Evangelísticas, tendo em vista as comemorações do Centenário da Igreja Presbiteriana do Brasil.

Naquele ano, Rev. Antônio Elias assumiu a direção da Primeira IP de Niterói e, mesmo assim, não deixou de prosseguir com o trabalho de plantação de igrejas.

A Igreja Presbiteriana Betânia, a Betâninha, a Presbiteriana do Sinai além de dezenas de outras mais foram plantadas por esse grande homem de Deus. Junta-se a isso que Antônio Elias possuía uma relação familiar exemplar, tendo servido como modelo de vida a inúmeros pastores de renome no Brasil.

O Rev. Antônio Elias publicou dois livros: "Testemunhos Vivos" e "Sementeira da Palavra".

Sem sombra de dúvidas Antônio Elias foi um dos heróis da fé da Igreja Evangélica Brasileira.


***
Renato Vargens nos honra sendo colaborador de Genizah


Nota de Danilo Fernandes: Reverendo Antônio Elias foi um homem extraordinário, um servo fiel. Eu o vi apenas umas duas vezes, mas logo percebi estar diante de um verdadeiro profeta. Tanta sabedoria e uma humildade desconcertante. Seus sermões eram Cristo do início ao fim, não importava o tema. Rev. Antônio Elias foi também um grande mestre, basta dizer que foram discipulados por ele grandes homens da igreja, entre tantos: Caio Fábio, Robinson Cavacanti e Antônio Carlos Costa.

4 Comentários

Anônimo disse...

PR. ANTONIO ELIAS fez parte de minha vida, pois ele esteve em minha família durante muitos anos;participei de sua igreja e ele realizou meu casamento;além de também ter feito o de meus pais.
Sua simplicidade e amor são marcas eternas em quem teve o privilégio de conviver com ele e ouvir suas pregações!!Ele dizia que perguntava a Deus qual gravata usar!!!!Isto é dependência!

Vinicius Morais disse...

Paz!

Glória a Deus pela vida dele!
Não o conheci, mas posso ver pelo texto que foi um servo fiel até o fim.

Que bom que nos nossos tempos ainda existem ministros e ministérios que usam como termômetro as Sagradas Escrituras.

Abs,
Vinicius Morais
----
Visite: Refletindo a Graça
http://refletindoagraca.blogspot.com/

Anônimo disse...

O vi pregar por umas 3 vezes. O corpo estava limitado pela idade, já a mente, era precisa e exalava jovialidade.

Pregava o evangelho puro e simples. Não estava interessado nas mensagens rebuscadas que alguns usam para parecer que muito sabem. Era imitador de Cristo.

Conforme disse o Danilo, ele discipulou o Caio Fabio (o Pai), quando da sua conversão em Niteroi. Esse (Caio Fabio) foi outro heroi da fé, creio que cabe sobre ele outro post. Sua esposa Lacy D'Araujo (a tia Lacy) recentemente escreveu um livro sobre ele.

Aracy disse...

as vezes bate uma nostalgia...mas o bom é q Deus ainda levanta pessoas sérias e comprometidas com a simplicidade.É só procurar sem cessar q encontraremos.
Aracy

Postar um comentário