681818171876702
Loading...

Série falsos profetas: O profeteiro louco de Jacarepaguá!



Renato Vargens


Um dos denominados apóstolos que mais tem se destacado pela propagação de doutrinas escusas é o angolano Miguel Ângelo, que apesar de possuir tantos títulos e “doutorados” , tem conduzido a Igreja de Cristo a desvios doutrinários absolutamente equivocados.

Para início de conversa Miguel Ângelo arroga para si ter tido revelações especiais do próprio Deus, e com essa unção única expõe suas doutrinas a esta geração. Veja o que ele afirma em um dos seus livros:

“Eu estou pregando e ensinando o que nunca ninguém pregou, porque ninguém sabia disto”. “Esta é a razão da minha existência na obra de Deus, pregar com tenacidade nas rádios, na TV, nos púlpitos e em todos os lugares onde vou.” (Predestinação Uma Visão de Deus, p. 16, volume XIV, Série Crescendo em Graça).

“Pela primeira vez no Brasil em cento e cinqüenta anos de evangelho, se manifesta esta palavra de graça que vai colocar a igreja de Jesus no seu devido lugar.”(Rudimentos de Obras Mortas, p. 32, volume 24, Crescendo em Graça)

Se não bastasse isso esse falso profeta tem ensinado a PRÉ-EXISTÊNCIA DOS HOMENS - ANJOS QUE TOMARAM CORPOS. Para o Apóstolo Miguel Ângelo os homens eram anjos que se tornaram homens. Veja a sua interpretação apostólica no texto abaixo:

“Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? Faze-mo saber, se tens entendimento. Quem lhe fixou as medidas, se é que o sabes? Ou quem a mediu com o cordel? Sobre que foram firmadas as suas bases, ou quem lhe assentou a pedra de esquina, quando juntas cantavam as estrelas da manhã, e todos os filhos de Deus bradavam de júbilo?”. Jó 38:4-7

Segundo Miguel ângelo, o livro de Jó dá um aspecto muito similar entre o anjo e o filho de Deus.

"Já começamos a perceber que nós, filhos de Deus, pertencemos aquele um terço de anjos que receberam corpo, mas que antes estavam lá, rejubilando, no ato da criação. Éramos anjos desde antes da fundação do mundo, tínhamos corpo angelical. Esta parte composta por anjos revestidos de corpo físico, uma parte são judeus herdeiros por eleição, outra parte são gentios predestinados, os quais preparou de antemão para a salvação por herança.” (Ministério dos Anjos, p. 4, série Crescendo em Graça, 3o. edição, volume XI).

Miguel Ângelo para justificar que éramos preexistentes como anjos e que tomamos corpo humano, cita a passagem de Gênesis 1.26 como se nós fôssemos criados à imagem dos anjos e não à imagem de Deus.

“Vale lembrar que, quando Deus disse, façamos o homem a nossa imagem e semelhança, Ele estava falando com serafins e querubins.”. Continua Miguel Ângelo a revelar nossa preexistência como anjos: “Nós temos uma pré-existência como anjos, e além do mais, temos privilégio de ser revestido de carne, tendo, portanto,a medida de homem e de anjo.” “O meu tempo foi em 1953, quando nasci. O meu espírito, este ser angelical se revestiu de carne. E assim foi com cada um dos filhos de Deus, no seu devido tempo.”... “Portanto, em termos espirituais, nós somos anjos, os quais Deus permitiu que tivessem corpo. Infelizmente, muitos desconhecem esta revelação e até têm receio de falar a respeito.”

Esse profeta da mentira ensina também que SOMOS DEUSES:

"Já era uma grandeza sermos ao mesmo tempo anjos e homens, mas temos uma condição maior ainda: somos deuses. " “Há membros do povo de Deus, dizendo que o Salmo 82 é dos mórmons. Mas eu quero dizer que este Salmo é nosso. Salmo 82.1, 6: Deus assiste na congregação divina. Eu disse: Sois deuses. Sois todos filhos do Altíssimo.”... “Ele nos criou para nos portarmos como deuses, ou seja, tendo a imagem e semelhança dele.” (Ministério dos Anjos, p.61, série Crescendo em Graça, 3a. edição, volume XI).

Como deus que é, Miguel Ângelo escreve sobre sua autoridade: “A doutrina da graça de Deus me revelou uma convicção tão grande que eu, a toda hora, estou dando ordem aos anjos.”

Para piorar a situação esse falso profeta excluiu o batismo de seu credo doutrinário, casou-se novamente, sem explicar os reais motivos do seu divórcio, além de propagar doutrinas anticristãs e antibíblicas cujo foco é a exaltação de seu prórpio nome e ministério.

Isto posto, afirmo que Miguel Ângelo, não é um pastor evangélico e nem tampouco os seus ensinamentos são cristãos.


Renato Vargens colabora com o Genizah


Nota de Danilo: Ouvir a seu respeito de Miguel Angelo de pessoas próximas a ele, foi um dos fatores que me motivaram a iniciar o Genizah. A minha indignação diante de uma campanha de sua igreja para compra de automóveis inspirou meu primeiro artigo. Miguel Ângelo foi a minha mula falante.
Leia o artigo.


Heresias 6860063744466269566

Postar um comentário

Página inicial item